sábado, 11 de julho de 2009

PAPO DE CULTURA - Ione Jaeger









QUERO QUE UM CÃO ME ADOTE



Acho que não vai ser fácil,
Sou 100% vira-lata,
passei por várias raças até me tornar o que sou;
Não sou filhote,
na verdade, aos olhos de um cão
estou perto de 350 anos
Já não enxergo tão bem,
preciso de óculos para vê-lo bem;
Bonita, só quando estou feliz,
se estou meio tristinha,
me acho assim-assim;
Nem sempre estou alegre,
haverá dias
que não irei correndo fazer festa para ele,
haverá dias que precisarei ficar quietinha,
às vezes sozinha,
às vezes ao seu lado...
Em muitos, muitos outros,
cantarei bem alto
dançarei com ele,
até ficarmos cansados
e vamos dormir felizes.


Ana Martha – Campinas/SP

FOCO CRISTÃO - Cristian Dahmer




VENHAM A MIM

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.”
(Mateus 11. 28-30, Bíblia Sagrada, Versão Almeida Revista e Corrigida).

Neste texto, o Espírito Santo de Deus me tocou a escrever um pouco do Seu amor para conosco. O trecho acima é uma passagem onde o Senhor Jesus nos diz que podemos ir até Ele, não importa como somos, nem o quão oprimidos estamos. Ele garante que nos aliviará de todas as cargas que carregamos. A palavra ‘jugo’ pode significar opressão, ou ainda submissão. Quer dizer, “tomai sobre vós o meu jugo” significa que Jesus nos convida a sermos submissos a Ele. Complementa dizendo que devemos aprender com Ele, pois é manso e humilde de coração. E termina dizendo que a autoridade dEle sobre nós é suave e o fardo (as exigências) que Ele nos dá é leve.

Traduzindo tudo isso, Jesus nos diz que Ele é um Pai bondoso e humilde, e quer aliviar as nossas cargas. O que são essas cargas? São os nossos problemas, os nossos erros, nossos pecados, nossas rejeições. O fato é que Jesus nos convida a ficar debaixo da Sua autoridade, porque se não estamos sob o jugo dEle, estaremos sob o jugo do Diabo. Não existe meio termo: ou estamos com Deus, ou com o Diabo. Jesus afirma em Mateus 6. 24 que “ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” ‘Mamom’ é uma entidade considerada o “deus das finanças”. Claro que ter dinheiro não significa servir ao mal, mas o amor ao dinheiro, a avareza, isso sim é uma das formas de servir a Satanás. E notem que, o avarento, não necessariamente é aquele que é rico ou que guarda todo o dinheiro que ganha. Existem muitos pobres e pessoas que não tem uma moeda no bolso, no entanto, gastam consigo mesmas tudo o que tem e o que não tem. Estas pessoas também são dependentes do dinheiro, são apegadas às coisas materiais, precisam delas para serem felizes, e não são capazes de se desligar do que tem em favor do próximo. Isso também é avareza. Mas ‘Mamom’, nessa afirmação de Jesus, representa tudo que vem do Diabo: adultério, mentira, etc. Jesus sabe que o jugo do Diabo é pesado, pois o mal só trabalha para escravizar o ser humano e destruir aquele que é a coroa da criação de Deus. O Diabo não pode tocar em Deus, por isso, para atingir o Criador, ele usa as Suas criaturas, a quem Deus ama.

Talvez você esteja lendo esse texto agora e sua vida não esteja bem. Talvez você esteja vivendo na prostituição, tanto paga como gratuita. Você busca nos parceiros algo que esteja faltando há muito tempo dentro de você e isso te faz sofrer. Talvez você esteja usando drogas, não só proibidas, mas também álcool, cigarro, remédios. Usando essas porcarias que só fazem mal ao seu corpo. Você quer largar, mas não consegue. Pode ser que você esteja vivendo no adultério, traindo sua esposa ou seu esposo por viver um casamento infeliz. Talvez você viva na homossexualidade, buscando parceiros para um sexo casual pela internet, mas quando tudo acaba você se sente sozinho e rejeitado por todos. Quem sabe você é escravizado pelo dinheiro, apegado a ele, com dívidas; tem medo de perder tudo, ou medo de que faltará algo. É com todos esses, que estão cansados e oprimidos pelo jugo do Diabo, que Jesus disse “vinde a mim”.

Quando encontrei Jesus, eu vim de uma vida destruída. Pornografia, sexo casual, dívidas, traição, etc. Nunca fui uma pessoa ruim, segundo os padrões de comportamento aceitos pela sociedade, mas as coisas que eu fazia iam contra os princípios dAquele que me criou e morreu por mim. Além disso, essas atitudes estavam me escravizando e me deixando infeliz. Eu estava equivocado, e quando eu tive a oportunidade de conhecer o Senhor Jesus, Ele me conduziu a outro caminho, sob o Seu jugo, que posso garantir, é muito mais leve que o jugo que está sobre esse mundo. Ele não me obrigou a nada, eu não precisei mudar da noite para o dia, Ele apenas me mostrou o Seu caminho e eu escolhi. Então, meu querido irmão, falo com você: Pode ser que você esteja sofrendo e não vá buscar o Senhor Jesus em uma igreja porque tem medo de que terá que obedecer a uma série de regras que você não entende. Ou tem medo que os pastores preguem contra a homossexualidade, prostituição, adultério, e você não quer largar essa vida. Ou você acha que Jesus não vai te perdoar, pois você reconhece seus erros e sabe que fez coisas abomináveis. Eu afirmo a você que todos esses medos têm origem em um único ser, Satanás, pois só a ele interessa que você não se liberte, que você continue sofrendo nesse mundo. Jesus te chamou! Venha como você está, não importa o que você seja, o que tenha feito ou o que pensa! Ouça a voz de Jesus, pois Ele te ama, e te perdoa se você for ao Seu encontro.

Caso você tenha dúvidas, comentários, ou queira se cadastrar para receber por e-mail os artigos semanais, mande um e-mail, sem anexos, para: meubaluarte@gmail.com . Deus abençoe a todos com libertação, entendimento e salvação!
CRISTIAN DAHMER

SEU DINHEIRO - Luiz Percy Denardin




Denardin Assessoria Empresarial Ltda.



MERCADO FINANCEIRO 10.07.09

Segue abaixo, novo comentário do William, economista e empresário domiciliado nos USA nos últimos 30 anos.

"Apos varias viagens nos dois paises em um, Estados Unidos do Norte e do Sul se chega a conclusao de a economia americana é como um moribundo que apesar das injeções psicologicas de “estimulo” só abre os olhos de vez em quando. A cada mes entre 500 a 600 mil pessoas perdem o emprego aumentando assim a concorrencia na fila dos que procuram emprego diariamante. Conversando com amigos que fazem parte desta populacao infeliz , muitos ja não se dão ao trabalho de enfrentar este exercito sem destino, simplesmente preenchem via Internet as informações obrigatorias para manter o salario desemprego que por sinal só é garantido por 12 meses. Com rarissimas exceções ninguem está empregando. Do pacote de estimulo de 787 bilhoes de dolares somente 100 bilhoes foram gastos, e por isso é impossivel verificar o sucesso do plano. Neste momento já se fala em um segundo pacote. As previsoes indicam que o indice de desemprego chegará a casa dos 9% no terceiro quarto do ano. Em termos de empresa de medio porte a saida é inventar, pois so vai permanecer o empresario que estiver sintonizado com a nova dinamica de marketing. O conceito antigo de venda nao se aplica mais. Daqui para frente a forma de trabalhar será totalmete redesenhada e adaptada a realidade da crise.."




Bolsas norte americanas novamente fecham sem tendência definida.


Lá fora, após enfrentar recuo ao longo do dia, as principais bolsas norte-americanas encerraram a sessão sem definição de tendência, com os índices Dow Jones e S&P 500 caíndo, enquanto o Nasdaq subiu. Em dia de agenda movimentada, os destaques ficaram por conta de novos sinais preocupantes acerca da economia do país, segundo a Universidade de Michigan, o índice preliminar da confiança do consumidor norte-americano recuou para 64,6 pontos em julho frente aos 70,8 pontos registrados no mês anterior, resultado este que interrompe uma sequência de quatro meses sem registros de contração.

Os temores com o setor financeiro também influenciaram, de um lado, ações de bancos como Bank of America caindo 2,55% e Citigroup 2,6%, de outro, papéis como os do Financial Bear subindo 5,7%. Em mais uma sessão de poucas referências na agenda, os mercados escolheram pela mesma apreensão demonstrada nos últimos dias. Apesar do FMI (Fundo Monetário Internacional) revisar para cima suas perspectivas para a economia, prevaleceu o sentimento de cautela em relação à recuperação.

Nos Estados Unidos, a espera pela temporada de resultados revela perspectiva negativa em relação aos números. Embora com melhora em Wall Street ao final do dia, a impressão ruim voltou a impactar o mercado de commodities, com novo tombo para o petróleo e metais básicos. Na Europa, a divulgação do PIB (Produto Interno Bruto) da zona do euro, que apontou queda anual de 4,9%, reforçou os questionamentos quanto à capacidade de recuperação econômica, pressionando os mercados da região. O FMI prevê uma recuperação da economia global mais acelerada do que a projetada anteriormente. Em suas projeções atualizadas, o fundo espera que o PIB global registre um avanço de 2,5% em 2010. Porém, neste ano, a retração econômica poderá atingir 1,4%.

Finalmente, no que se refere a montadoras, hoje foi a apresentada a nova GM, que foi dividida em duas empresas distintas, a General Motors Company e a Motors Liquidation Company, que estará voltada para a negociação das dívidas com o restante de seus credores.




Já o Petróleo, novamente teve suas cotações apresentando perdas pela sexta sessão consecutiva, fechando a maior queda semanal nos preços desde janeiro, acumulando 10% de desvalorização. O maior pessimismo dos norte-americanos em relação a economia apontado pela indicador alimenta as teses de redução do consumo do produto nos EUA, o maior demandante mundial de óleo bruto, aliado a divulgação do relatório da EIA (Energy Information Administration), em que a agência aponta o aumento, pelo segundo mês consecutivo, da produção de petróleo nos países membros da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo. Em Londres o BRENT fechou a US$ 60,44 ( queda de 1,08% ) , e em Nova York, na Nymex fechou cotado a US$ 59,78 por barril ( queda de 0,86% ).



Por aqui, o retorno do feriado teve como marca a instabilidade nos mercados internacionais, com o indice doméstico acompanhando as perdas de Wall Street por boa parte da sessão., sendo que sómente no final do dia, conseguiu inverter tendência com ajuda dos ativos da Petrobras, que ignoraram o novo recuo do petróleo no mercado internacional. O destaque positivo ficou por conta das ações ordinárias da Rossi Residencial, que acumularam sua décima primeira alta das últimas 13 sessões, ativos estes que lideram o desempenho do Ibovespa no acumulado do ano, com valorização de 150% em 2009. Oscilando entre os 48.714 pts e os 49.326 pts, com um modesto volume financeiro de R$ 3,57 bilhões, o IBOVESPA acabou acabou fechando aos 49.221 pontos, representando uma modesta alta de 0,09% em relação ao fechamento anterior. No diário hoje em movimento lateral, permanece em Linha de Tendência de Baixa.

Já o dolar comercial, após operar o dia inteiro em alta, o dólar comercial reduziu os ganhos no final da sessão e marcou novo avanço frente ao real. A moeda norte-americana fechou cotada hoje a R$2,0000 apresentando avanço de 0,50% em relação ao fechamento anterior. No mes acumula valorização de 1,99%, e no ano de 2009 desvalorização de 14,33%. No mercado paralelo retrocedeu e foi negociada a R$2,1400, representando um ágio de 07,00% em relação ao dólar comercial.

INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - queda de 0,45%
Standard & Poor's 500 - queda de 0,40%
Nasdaq - alta de 0,20%
FTSE 100 - queda 0,76%
Nikkei - queda de 0,04%
Merval - queda de 4,07%
WINFUT queda de 0,30% - 49.300,00 pontos - no ano 29,74%
IBOVESPA alta de 0,09% - 49.220,78 pontos - no ano 31,08%
Segue ao lado o fechamento de hoje dos principais ativos com o resultado acumulado de 2009 :
- PETR4 alta de 1,92% - 29,67 ( MIN 28,90, MAX 29,67 ) no ano 29,47%
- VALE5 queda de 0,43% - 28,05 ( MIN 27,62, MAX 28,17 ) no ano 17,41%
- GGBR4 queda de 0,68% - 19,04 ( MIN 18,90, MAX 19,44 ) no ano 26,43%
- ITUB4 queda de 1,15% - 30,00 ( MIN 29,65, MAX 25,66 ) no ano 14,94%
- CSNA3 queda de 0,20% - 40,50 ( MIN 39,90, MAX 40,94 ) no ano 39,66%
- USIM5 queda de 3,98% - 37,59 ( MIN 37,59, MAX 39,36 ) no ano 41,74%
IBOVESPA - Caiu quase 1,00% nos primeiros 10 min do pregào quando atingiu a minima do dia. Inverteu a passou o restante do intraday entre altos e baixos, acabou fechando aos 49.221 pontos, representando uma alta de 0,09% em relação ao fechamento anterior. No diário hoje em movimento lateral, permanece em Linha de Tendência de Baixa.
MIN do dia 48.714 pontos / MAX do dia 49.326 pontos.




A vida é como jogar uma bola na parede.
Se for jogada uma bola verde ela retornará verde.
Se for jogada uma bola azul ela retornará azul.
Se for jogada uma bola fraca ela retornará fraca.
Se for jogada uma bola com força ela retornará com força.
Por isso nunca jogue uma bola de forma que não esteja pronto para recebê-la.
A vida não dá e nem empresta.
Não se comove e nem se apieda.
Tudo o quanto que ela faz é retribuir e transferir,
aquilo que nós lhe oferecemos.Albert Einstein

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Tarcísio participa de assinatura de termo para construção da Unidade de Pronto Atendimento



Ato ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, e contou com presença do ministro da Saúde, José Gomes Temporão

O prefeito Tarcísio Zimmermann e a secretária municipal de Saúde, Clarita de Souza, acompanharam na manhã desta sexta-feira, dia 10 de julho, a assinatura de um termo para construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas em Novo Hamburgo. O ato teve a presença do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e ocorreu no Palácio Piratini, em Porto Alegre. Com isso, a Administração garantiu R$ 2,6 milhões para a implantação da nova obra, que deve contemplar uma área de abrangência de até 200 mil habitantes. Além disso, a nova unidade (que será instalada no bairro Canudos) deve ter 700 metros quadrados e atender até 200 pessoas por dia em casos de urgência e emergência. Quando estiver pronto, o complexo deverá contar ainda com pelo menos quatro médicos por turno, além de enfermeiros e técnicos em enfermagem.

Segundo Tarcísio, a Saúde é uma das maiores preocupações do governo e a nova UPA será um importante acréscimo aos serviços da cidade. “Teremos uma articulação melhor com os postos de saúde. Isso é essencial para um atendimento de qualidade. A unidade vai melhorar a situação do setor para todo o futuro”, destacou o prefeito. Para a secretária Clarita, é fundamental que o acesso aos serviços de Saúde fique cada vez mais fácil para a população. “Agora teremos uma estrutura física adequada para os procedimentos, além de equipamentos novos. Esta é uma obra muito aguardada”, declarou. Já o ministro da Saúde parabenizou os prefeitos presentes e informou que Novo Hamburgo está entre as 16 cidades que terão liberados os recursos para a UPA ainda em 2009. No ano que vem, outras cidades ganharão suas unidades. “No total, teremos um investimento de R$ 34,4 milhões e o custeio com a manutenção destes complexos será de R$ 37 milhões anuais”, declarou Temporão.

Tarcísio acredita que a liberação dos recursos para o novo pronto atendimento deva ocorrer em breve, mas ainda não há data definida. Até que isso ocorra, a Administração continuará trabalhando com a reorganização da Saúde no município. Nos próximos dias deverá ser agendada uma audiência particular entre o prefeito com o ministro Temporão. O encontro servirá para apresentação do pacto pela Saúde. O mesmo documento já foi entregue ao governo do Estado, e tem o objetivo de renegociar recursos devidos para Novo Hamburgo. O ato no Palácio Piratini, também contou com a governadora Yeda Crusius e o secretário Estadual de Saúde, Osmar Terra.

GRIPE : SITUAÇÃO EM NOVO HAMBURGO PERMANECE ESTÁVEL

Sexta-feira, 10 de julho de 2009, às 15h

Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo
Secretaria da Saúde
Departamento de Vigilância Sanitária

Situação no município permanece estável

O número de casos diagnosticados e confirmados com a nova gripe em Novo Hamburgo não teve alteração nas últimas 24 horas. O Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde (SMS) não registrou nenhum novo caso de infecção pelo vírus Influenza A (H1N1) e o total de pessoas que já tiveram a gripe permanece em cinco (todos já liberados). Também não houve aumento no número de monitorados pela SMS, que somam 57. Além disso, oito pessoas com suspeitas de contágio continuam em isolamento domiciliar.

Secretaria da Cultura abre votação para escolha do Patrono




A secretaria da Cultura deu início nesta sexta-feira a votação para a escolha do Patrono da 27ª Feira do Livro de Novo Hamburgo, que ocorre de 9 a 18 de outubro. Segundo a secretária de Cultura, Anita Lucas de Oliveira, a proposta para esta edição da feira é que a oportunidade de escolha do patrono seja dada à comunidade. “Fizemos uma pesquisa baseada em alguns pré-requisitos que a comissão organizadora da Feira estipulou. Conversamos com entidades, escolas, grupos culturais e setores públicos chegando aos quatro nomes de escritores que agora irão para votação”, explica Anita.
A secretária informa ainda que a comissão, que em diversas reuniões debateu o assunto, chegou a conclusão de que o patrono tem que ser alguém que conheça a cidade e que esteja diretamente envolvido com a feira. “Buscamos alguém ligado a Novo Hamburgo ou a região porque este ano haverão diversas atividades pré-feira, juntamente as escolas e instituições, e que certamente necessitarão da presença do escolhido”, argumenta Anita. A feira, tradicional no município e uma das maiores da região, já teve como padrinhos escritores como Letícia Wierzchowski, Moacyr Scliar e o escritor e professor Ernest Sarlet. A votação para eleger o próximo patrono do evento está sendo realizada no site www.novohamburgo.rs.gov.br e segue até o dia 31 de julho. Abaixo segue o perfil dos quatro candidatos ao título.

Carlos Urbim
Jornalista e escritor de livros infanto-juvenis. Nasceu em Santana do Livramento, mudando-se aos 19 anos para Porto Alegre. Foi durante dez anos, editor de cadernos do jornal Zero Hora. Atualmente é editor do Departamento de Multimídia de História da RBS/TV e desenvolve pesquisa e produção de textos para documentários e programas especiais. Publicou obras como “Um Guri Daltônico”, “Patropi”, “Uma Graça de Traça” e “Diário de um Guri”. Em seus livros utiliza a poesia como forma de cativar os pequenos leitores. Seus personagens tem fortes vínculos com o cotidiano gaúcho.

Liti Belinha
A escritora, professora e poetisa hamburguense já é destaque no mundo literário. Participou de diversos concursos e de inúmeras coletâneas literárias nacionais e internacionais. Foi classificada com destaque em publicações de inúmeros estados brasileiros, bem como no Uruguai e Argentina. Não faltaram menções honrosas em concursos de contos e poemas que caracterizam, em especial, seu talento e expressão literária.

Henrique Schneider
O escritor e advogado hamburguense, nasceu em 1963. Escreveu livros como o sucesso “Contramão” (Livro do Ano em 2008 na categoria Narrativa Longa pela Associação Gaúcha de Escritores - Ages), “Pedro Bruxo”, “A segunda pessoa” e o também premiado “O Grito dos Mudos”. O trabalho mais recente de Schneider são os textos do livro de fotos Novo Hamburgo – a cidade se revela, dos fotógrafos Joel e Isa Reichert. Desde 2003, mantém a coluna Vida Breve e nos últimos dois anos promoveu circuitos de leituras patrocinados pelo Centro Universitário Feevale, que passou por cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Montevidéu e Buenos Aires.

Fabrício Carpinejar
Carpinejar nasceu em 1972, na cidade de Caxias do Sul. É poeta, cronista, jornalista e professor, mestre em Literatura Brasileira pela UFRGS. Atualmente vem sendo aclamado por escritores do porte de Carlos Heitor Cony, Millôr Fernandes, Ignácio de Loyola Brandão e Antonio Skármeta como um dos principais nomes da poesia contemporânea. É autor de livros de poesia como "As Solas do Sol", "Terceira Sede” e "Como no céu/Livro de Visitas", livros de crônica como "O Amor Esquece de Começar" e dos infantis "Porto Alegre e o Dia em que a Cidade Fugiu de Casa" e "Filhote de Cruz-credo".

Prefeitura implanta Cadastro Específico de Pessoas com Deficiência


Prefeitura implanta Cadastro Específico de Pessoas com Deficiência


Com a finalidade de contribuir para a superação das barreiras que impedem o acesso de Pessoas Portadores de Necessidades Especiais (PPDs) ao mercado de trabalho em Novo Hamburgo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Tecnologia e Turismo (SEDETUR), através da Diretoria do Trabalho implantou hoje, dia 10 de julho, o Cadastro Específico de Pessoas com Deficiência da Agência Municipal de Emprego (AME). A iniciativa conta ainda com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e da Coordenadoria de Políticas Públicas para Pessoas Portadoras de Deficiência (CPPPD).

O ato de apresentação ocorreu na sede da AME, no Centro da Cidadania, e contou com a presença de diversos representantes da comunidade que também são portadores de necessidades especiais. “Queremos que esta iniciativa torne-se efetivamente uma política pública que reconheça o direito e a cidadania do portador de deficiência”, destacou o diretor de Trabalho da AME, Paulo Haubert, durante o lançamento. O hamburguense e portador de deficiência física, Peterson Brito da Silva, 18 anos, foi o primeiro a se cadastrar no sistema. A Lei de Cotas determina que organizações com mais de cem empregados preencham de 2 a 5% de seu quadro de funcionários com pessoas portadoras de deficiência. No entanto, segundo o coordenador da CPPPD, Darwin Kremer, as agências particulares não trabalham com deficientes, apesar de muitos serem completamente capacitados para desenvolver diversas funções.

A Agência Municipal de Empregos fica no Centro da Cidadania, na Rua David Canabarro, 20, e atende das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Mais informações através do telefone (51) 3524-4872.

4ª festa em homenagem ao Dia do Padeiro

A Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, por iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Tecnologia e Turismo (SEDETUR), realizará uma grande festa para homenagear os profissionais da área de panificação e confeitaria.
O evento ocorre no dia 15 de julho, das 15 às 18 horas, e será aberto ao público em geral. Neste dia será montada uma mesa ao ar livre na Praça do Imigrante, onde será servido um café da tarde com a colaboração das confeitarias, padarias e estabelecimentos comerciais e com a ajuda das demais secretarias do município. Ocorrerá ainda neste dia o Concurso da Torta, onde o confeiteiro que produzir o melhor prato será premiado. As tortas também serão posteriormente distribuídas ao público.

Data: 15 de julho de 2009
Horário: 15 às 18 horas
Local: Praça do Imigrante, no Centro de Novo Hamburgo

SEDETUR promove palestra para profissionais que trabalham na irregularidade

Na próxima quinta-feira, 16 de julho, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Tecnologia e Turismo (SEDETUR) promoverá uma palestra gratuita com o objetivo de apresentar o Programa Micro-empreendedor Individual, o MEI. A programação será orientada pelo SEBRAE, e é voltada para os profissionais que trabalham na irregularidade, como pintores, doceiras, eletricistas, entre outros. A programação ocorrerá no auditório do Espaço Cultural Albano Hartz (Calçadão Oswaldo Cruz), com início marcado para as 19 horas.

Samba e exposição temática de Novo Hamburgo

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Tecnologia e Turismo (SEDETUR) realizará neste sábado, dia 11 de julho, uma exposição temática do município para a escola de samba Protegidos da Princesa Isabel. A entidade do bairro Rondônia terá Novo Hamburgo como tema principal no Carnaval 2010. Além disso, a Protegidos da Princesa Isabel desfilará no 1º Grupo Especial de Porto Alegre, dando visibilidade ao município a nível estadual. A exposição contemplará ainda uma palestra sobre Novo Hamburgo, ministrada pela Diretoria de Turismo, apresentação de banners e materiais explicativos, e exibição de audiovisual. O encontro ocorre às 18 horas na cobertura de ensaios da escola de samba.

PAPO DE CULTURA - Ione Jaeger





Comovente: A equipe de futebol que preferiu morrer a perder






A história do futebol mundial inclui milhares de episódios emocionantes e comovedores, mas seguramente nenhum seja tão terrível como o protagonizado pelos jogadores do Dinamo de Kiev nos anos 40. Os jogadores jogaram um partida sabendo que se ganhassem seriam assassinados e, no entanto, decidiram ganhar. Na morte deram uma lição de coragem, de vida e honra, que não encontra, por seu dramatismo, outro caso similar no mundo.

Para compreender sua decisão, é necessário conhecer como chegaram a jogar aquela decisiva partida, e por que um simples encontro de futebol apresentou para eles o momento crucial de suas vidas.

Tudo começou em 19 de setembro de 1941, quando a cidade de Kiev (capital ucraniana) foi ocupada pelo exército nazista, e os homens de Hitler aplicaram um regime de castigo impiedoso e arrasaram com tudo. A cidade converteu-se num inferno controlado pelos nazistas, e durante os meses seguintes chegaram centenas de prisioneiros de guerra, que não tinham permissão para trabalhar nem viver nas casas, assim todos vagavam pelas ruas na mais absoluta indigência. Entre aqueles soldados doentes e desnutridos, estava Nikolai Trusevich, que tinha sido goleiro do Dinamo.

Josef Kordik, um padeiro alemão a quem os nazistas não perseguiam, precisamente por sua origem, era torcedor fanático do Dinamo. Num dia caminhava pela rua quando, surpreso, olhou um mendigo e de imediato se deu conta de que era seu ídolo: o gigante Trusevich.

Ainda que fosse ilegal, mediante artimanhas, o comerciante alemão enganou aos nazistas e contratou o goleiro para que trabalhasse em sua padaria. Sua ânsia por ajudá-lo foi valorizado pelo goleiro, que agradecia a possibilidade de se alimentar e dormir debaixo de um teto. Ao mesmo tempo, Kordik emocionava-se por ter feito amizade com a estrela de sua equipe.

Na convivência, as conversas sempre giravam em torno do futebol e do Dinamo, até que o padeiro teve uma idéia genial: encomendou a Trusevich que em lugar de trabalhar como ele, amassando pães, se dedicasse a buscar o resto de seus colegas. Não só continuaria lhe pagando, senão que juntos podiam salvar os outros jogadores.
O arqueiro percorreu o que restara da cidade devastada dia e noite, e entre feridos e mendigos foi descobrindo, um a um, a seus amigos do Dinamo. Kordik deu trabalho a todos, se esforçando para que ninguém descobrisse a manobra. Trusevich encontrou também alguns rivais do campeonato russo, três jogadores da Lokomotiv, e também os resgatou. Em poucas semanas, a padaria escondia entre seus empregados uma equipe completa.

Reunidos pelo padeiro, os jogadores não demoraram em dar o seguinte passo, e decidiram, alentados por seu protetor, voltar a jogar. Era, além de escapar dos nazistas, a única que bem sabiam fazer. Muitos tinham perdido suas famílias nas mãos do exército de Hitler, e o futebol era a última sombra mantida de suas vidas anteriores.

Como o Dinamo estava enclausurado e proibido, deram um novo nome para aquela equipe. Assim nasceu o FC Start, que através de contatos alemães começou a desafiar a equipes de soldados inimigos e seleções formadas no III Reich.

Em sete de junho de 1942, jogaram sua primeira partida. Apesar de estarem famintos e cansados por terem trabalhado toda a noite, venceram por 7 a 2. Seu seguinte rival foi a equipe de uma guarnição húngara, ganharam de 6 a 2. Depois meteram 11 gols numa equipa romena. A coisa ficou séria quando em 17 de julho enfrentaram uma equipe do exército alemão e golearam por 6 a 2. Muitos nazistas começaram a ficar chateados pela crescente fama do grupo de empregados da padaria e buscaram uma equipe melhor para ganhar deles. Trouxeram da Hungria o MSG com a missão de derrotá-los, mas o FC Start goleou mais uma vez por 5 a 1, e mais tarde, ganhou de 3 a 2 na revanche.

Em seis de agosto, convencidos de sua superioridade, os alemães prepararam uma equipe com membros da Luftwaffe, o Flakelf, que era uma grande time, utilizado como instrumento de propaganda de Hitler. Os nazistas tinham resolvido buscar o melhor rival possível para acabar com o FC Start, que já gozava de enorme popularidade entre o sofrido povo refém dos nazistas. A surpresa foi grande, porque apesar da violência e falta de esportividade dos alemães, o Start venceu por 5 a 1.
Depois dessa escandalosa queda do time de Hitler, os alemães descobriram a manobra do padeiro. Assim, de Berlim chegou uma ordem de acabar com todos eles, inclusive com o padeiro, mas os hierarcas nazistas locais não se contentaram com isso. Não queriam que a última imagem dos russos fosse uma vitória, porque acreditavam que se fossem simplesmente assassinados não fariam nada mais que perpetuar a derrota alemã.
A superioridade da raça ariana, em particular no esporte, era uma obsessão para Hitler e os altos comandos. Por essa razão, antes de fuzilá-los, queriam derrotar o time em um jogo.


Com um clima tremendo de pressão e ameaças por todas as partes, anunciou-se a revanche para 9 de agosto, no repleto estádio Zenit. Antes do jogo, um oficial da SS entrou no vestiário e disse em russo:
- "Vou ser o juiz do jogo, respeitem as regras e saúdem com o braço levantado", exigindo que eles fizessem a saudação nazista.

Já no campo, os jogadores do Start (camisa vermelha e calção branco) levantaram o braço, mas no momento da saudação, levaram a mão ao peito e no lugar de dizer: - "Heil Hitler!", gritaram - "Fizculthura!", uma expressão soviética que proclamava a cultura física.

Os alemães (camisa branca e calção negro) marcaram o primeiro gol, mas o Start chegou ao intervalo do segundo tempo ganhando por 2 a 1.

Receberam novas visitas ao vestiário, desta vez com armas e advertências claras e concretas:
- "Se vocês ganharem, não sai ninguém vivo". Ameaçou um outro oficial da SS. Os jogadores ficaram com muito medo e até propuseram-se a não voltar para o segundo tempo. Mas pensaram em suas famílias, nos crimes que foram cometidos, na gente sofrida que nas arquibancadas gritava desesperadamente por eles e decidiram, sim, jogar.

Deram um verdadeiro baile nos nazistas. E no final da partida, quando ganhavam por 5 a 3, o atacante Klimenko ficou cara a cara com o arqueiro alemão. Deu lhe um drible deixando o coitado estatelado no chão e ao ficar em frente a trave, quando todos esperavam o gol, deu meia volta e chutou a bola para o centro do campo. Foi um gesto de desprezo, de deboche, de superioridade total. O estádio veio abaixo.
Como toda Kiev poderia a vir falar da façanha, os nazistas deixaram que saíssem do campo como se nada tivesse ocorrido. Inclusive o Start jogou dias depois e goleou o Rukh por 8 a 0. Mas o final já estava traçado: depois dessa última partida, a Gestapo visitou a padaria.

O primeiro a morrer torturado em frente a todos os outros foi Kordik, o padeiro. Os demais presos foram enviados para os campos de concentração de Siretz. Ali mataram brutalmente a Kuzmenko, Klimenko e o arqueiro Trusevich, que morreu vestido com a camiseta do FC Start. Goncharenko e Sviridovsky, que não estavam na padaria naquele dia, foram os únicos que sobreviveram, escondidos, até a libertação de Kiev em novembro de 1943. O resto da equipe foi torturada até a morte.

Ainda hoje, os possuidores de entradas daquela partida têm direito a um assento gratuito no estádio do Dinamo de Kiev. Nas escadarias do clube, custodiado em forma permanente, conserva-se atualmente um monumento que saúda e recorda àqueles heróis do FC Start, os indomáveis prisioneiros de guerra do Exército Vermelho aos quais ninguém pôde derrotar durante uma dezena de históricas partidas, entre 1941 e 1942.

Foram todos mortos entre torturas e fuzilamentos, mas há uma lembrança, uma fotografia que, para os torcedores do Dinamo, vale mais que todas as jóias em conjunto do Kremlin. Ali figuram os nomes dos jogadores. Abaixo a única foto que se conserva da heróica equipe do Dinamo e o nome de seus jogadores. Goncharenko e Sviridovsky, os únicos sobreviventes, junto ao monumento que recorda a seus colegas.






Na Ucrânia, os jogadores do FC Start hoje são heróis da pátria e seu exemplo de coragem é ensinado nos colégios. No estádio Zenit uma placa diz "Aos jogadores que morreram com a cabeça levantada ante o invasor nazista".









Poster propaganda da revanche.







Esta é a história da dramática "Partida da Morte". O cineasta John Huston inspirou-se neste fato real para rodar seu filme "Fuga para a vitória" (Escape to Victory) de 1982 que chamou muita atenção à época do lançamento porque dele participaram grandes nomes do cinema como Michael Caine, Sylvester Stallone e Max Von Sydow, mas muito mais pela participação de algumas estrelas do futebol, como Bobby Moore, Osvaldo Ardiles, Kazimierz Deyna e Pelé. No filme John Huston fez o que não pôde o destino: salvar os heróis.

CHIQUINHA - COLUNISTA SOCIAL


O NOSSO SENADO


Porto Alegre, sexta-feira, 10 de julho de 2009 - 10h40min
Revista britânica The Economist chama Senado de "casa de horrores"

A longa lista de escândalos do Senado brasileiro chegou às páginas da revista britânica The Economist, uma das mais conceituadas do mundo. Com o sugestivo título de "Casa de Horrores", a publicação relembra o escândalo dos atos secretos, a residência de R$ 4 milhões omitida pelo presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), da Justiça Eleitoral, os negócios de crédito consignado de seu neto José Adriano Sarney, dentro do Senado, além da farra das passagens aéreas e o castelo de R$ 5 milhões não declarado à Receita Federal pelo ex-diretor Agaciel Maia.

Com o irônico subtítulo "O que os parlamentares britânicos podem aprender com os senadores brasileiros", a reportagem começa lembrando outros detalhes da vida no Senado com que os brasileiros já estão acostumados: 10 mil servidores para tomar conta de apenas 81 senadores, plano de saúde gratuito e vitalício para os parlamentares, auxílios-moradia generosos. "Um ex-servidor conta que seus colegas costumam dizer que o Senado era como uma mãe para eles. Outros o comparam a um clube", diz a revista. The Economist conta, ainda, que senadores de todos os espectros políticos estão envolvidos, citando o caso de Arthur Virgílio (PSDB-AM), que teve uma conta de seu hotel em Paris paga por Agaciel Maia. Sarney, na reportagem, é apontado como um "sobrevivente" e o prognóstico da revista é de que ele deverá manter a cadeira de presidente do Senado, lembrando a defesa do senador feita pelo presidente Lula e seu interesse em manter o PMDB como aliado. "Em um período em que a economia apenas começa a ressurgir de uma recessão, a saga dos atos secretos lembra aos brasileiros que seus políticos nunca impõem austeridade a eles mesmos. Também por relembrar os defeitos de alguns aliados de Lula e sua disposição para fechar os olhos a escândalos quando isso lhe serve", finaliza The Economist.



Imagem INTERNET

DIRETO DO RIO DE JANEIRO - Nelson Tangerini



Clube ou igreja?

Lavagem cerebral:
Escolhinhas do Flamengo se espalham por toda a cidade
do Rio de Janeiro.
Não vai demorar muito e elas serão milhões
em todo o território brasileiro
e no exterior.
Aprenderam com o Bispo Edir Macedo,
da IURD.
A que ponto chegou a alienação e o fanatismo.
E o pior.
A imprensa do Rio está contaminada.
Só se fala em flamengo, mais nada.
Fluminense, Botafogo, Vasco da Gama,
Bangu, América... não existem.

SALÃO DE ARTES DE NOVO HAMBURGO




SALÃO DE ARTES DE NOVO HAMBURGO


O Salão de Artes de Novo Hamburgo é uma realização da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo através da Secretaria de Cultura – SECULT . Nesta edição será realizada em parceria com a Festa Nacional do Calçado e terá como tema ARTE/SAPATO. Novo Hamburgo é conhecida como “Capital Nacional do Calçado” e é este o mote do tema deste salão que pretende explorar este universo tão rico. Os selecionados terão seus trabalhos expostos em duas mostras: na Festa Nacional do Calçado que tem uma previsão de público de 160 mil visitantes e no Espaço Cultural Albano Hartz . Os premiados também serão expostos durante a Courovisão, feira de tendências do setor coureiro-calçadista.


REGULAMENTO

Da participação
Poderão participar artistas residentes em todo o território nacional, brasileiros e estrangeiros.
É vetada a participação de membros da comissão organizadora e pessoas vinculadas à organização do evento.

Da inscrição
1- Cada artista, ou grupo de artistas, poderá inscrever-se com até 03 obras, produzidas entre 2007 e 2009, nas seguintes modalidades: escultura; objeto; pintura; desenho; cerâmica; gravura; fotografia; vídeo-arte; instalação.
2- As obras inscritas deverão, obrigatoriamente, versar sobre o tema Sapato.
3- O artista deverá entregar a ficha de inscrição e um portfólio contendo:
a- 01(uma) fotografia de cada obra que deseja inscrever, em formato 10 x 15 cm , com ficha técnica e texto elucidativo.
b- Currículo artístico resumido que contenha as seguintes informações, quando houver, nessa ordem:
a) Nome artístico, nome completo, cidade e ano de nascimento;
b) Formação em artes (cursos formais ou informais);
c) Principais exposições individuais;
d) Principais exposições coletivas (incluindo salões);
e) Prêmios;
f) Obras em coleções institucionais;
g) Principais atividades na área artística/cultural;
c. Breve explanação sobre as obras inscritas.
d- Nos projetos em grupo, o portfólio deverá conter as informações requisitadas no item b de todos os integrantes.

5- As inscrições poderão ser feitas até a data limite de 17 de agosto de 2009, diretamente na SECULT, ou remetidas pelo correio, para o endereço Rua Eng. Ignácio C. Plangg, 66, Bairro Centro, Novo Hamburgo, CEP 93510-120, e será considerada válida a data limite do carimbo do correio. Após esta data não serão mais aceitas inscrições.


Da seleção
As propostas serão avaliadas por uma comissão de seleção, composta por cinco membros representativos da área cultural.
A divulgação do resultado da seleção ocorrerá dia 21 de agosto de 2009 no site www.novohamburgo.rs.gov.br no link da Secretaria de Cultura e por e-mail.
O portfólio inscrito não será devolvido, pois será utilizado para cadastro da SECULT.


Da entrega dos trabalhos
Os trabalhos selecionados deverão ser entregues até dia 31 de agosto de 2009, no Espaço Cultural Albano Hartz, Calçadão Oswaldo Cruz, 122, Centro, Novo Hamburgo das 14h às 18h.
As obras deverão ser entregues em perfeitas condições de serem expostas, obrigatoriamente identificadas com a etiqueta que acompanha a ficha de inscrição e prontas para a montagem (ganchos, moldura se necessário). A comissão organizadora fica isenta da responsabilidade por eventuais danos ocasionados pelo não cumprimento desta orientação.

Das obras
As obras bidimensionais não deverão exceder a medida de 200cm x 200cm.
As obras tridimensionais poderão ter, no máximo, 150cm altura x 100cm de largura x 100cm de profundidade.
As instalações poderão ter, no máximo, 200cm de altura x 200cm de largura x 200cm de profundidade.

Da montagem
A montagem da exposição será executada pela SECULT.
No caso da obra necessitar de montagem especial, a comissão organizadora marcará dia e hora para o artista montar o trabalho. Caso seja indispensável o uso de algum equipamento especial, o artista deverá fornecê-lo.

Da retirada das obras
A retirada das obras será impreterivelmente nos dias 19 e 20 de outubro de 2009, no Espaço Cultural Albano Hartz.
A SECULT não se responsabilizará pelas obras que não forem retiradas no dia marcado.
Os artistas de outras localidades deverão combinar com a SECULT o envio e a retirada de seus trabalhos.
A entrega e retirada das obras, e as despesas de transporte, correrão por conta do artista.






Da premiação

Prêmio salão ARTE/SAPATO no valor de R$ 5.000,00 (Aquisição)
3 Menções Honrosas no valor de R$ 1.000,00
Prêmio Júri Popular no valor de R$ 2.000,00 (votação durante a FENAC)

Demais considerações:
• A SECULT isenta-se de qualquer responsabilidade sobre eventuais danos causados às obras durante o período de exposição das mesmas.
• Os casos omissos serão resolvidos pela comissão organizadora.
• O envio da proposta implica na aceitação total deste regulamento.
• As decisões do júri são irrecorríveis.

Cronograma

Inscrições: até 17 de agosto de 2009.
Divulgação do resultado da seleção: 21 de agosto de 2009.
Entrega das Obras: 31 de agosto de 2009.
Abertura do Salão na FENAC: 05 de setembro de 2009 às 20 horas
Período da exposição na FENAC : 05/09 a 13/09 de 2009
Período da exposição no Espaço Cultural Albano Hartz: 29/09 a 17/10 de 2009.
Exposição dos premiados na Courovisão: 29/09 a 1º/10 de 2009.
Entrega do prêmio Júri Popular: 29 de setembro de 2009 na Courovisão
Devolução das Obras: 19 e 20 de outubro de 2009.



SALÃO DE ARTE DE NOVO HAMBURGO



FICHA DE INSCRIÇÃO Nº............. (não preencher este campo)

Nome completo: .....................................................................................................................
Nome artístico.........................................................................................................................
Endereço.................................................................................................................................
CEP......................... Cidade.................................................................................... UF.........
Fone.........................................Fax........................................ Celular....................................
E-mail......................................................................................................................................

________________________________________________________________________
Obra 1
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano...........................
Texto elucidativo
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Obra 2
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano...........................
Texto elucidativo
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Obra 3
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano...........................
Texto elucidativo
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Data: __/ __/ 2009.



Assinatura: __________________________________________________






Recorte e cole no verso da obra.

Artista......................................................................................................................................
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano...........................


Artista......................................................................................................................................
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano........................... ________________________________________________________________________

Artista......................................................................................................................................
Título da Obra.........................................................................................................................
Técnica...................................................................................................................................
Dimensões............................................................................................ Ano...........................
________________________________________________________________________

SEU DINHEIRO - Luiz Percy Denardin


Denardin Assessoria Empresarial Ltda.



MERCADO FINANCEIRO 09.07.09

"Uma pesquisa de opinião pública não substitui o pensamento."
Warren Buffet


"Há um grande conforto em investir com o rebanho, pois todos concordam com voce. Contudo, quando voce investe com o rebanho, tem que se preocupar com a hora em que o rebanho deixará a festa. porque , assim como na escola secundária, ninguém fica popular para sempre. Geralmente não sobra muito potencial de crescimento em uma ação depois ela se torna realmente popular, o que significa que você correu um grande risco por uma aposta com baixa taxa de retorno. Se você for um investidor pensante, como Warren procurará ações que venham passando por uma fase impopular, porque ali você encontrará a queridinha de amanhã sendo vendida hoje a um preço reduzido, o que equivale a um baixo risco de perder seu dinheiro e a um grande potencial."




Bolsas norte americanas sem folego ao final, fecham com ganhos.


Lá fora, as principais bolsas norte-americanas não terminaram o pregão de hoje com tranqulidade em terreno positivo, ao contrário do que parecia durante a tarde, com os índices perdendo força na etapa final e com o Dow Jones próximo à estabilidade. Apesar das referências positivas, os investidores mostraram cautela, tendo dificuldades em afastar a sombra pessimista em torno dos resultados corporativos no segundo trimestre, Até porque as vendas mensais de varejistas mostraram sinais nocivos no consumo e desagradaram investidores. AOs ativos da Limited Brands, dona da Victoria Secret, depois da empresa revelar que suas vendas caíram 12%, contra as estimativas de declínio na faixa de 7,9%., amargaram queda de 3,97%. No que se refere a indicadores, os numeros foram mais positivos, com o número de pedidos de auxílio-desemprego foi menor que o esperado pelo mercado na última semana. com o Initial Claims registrou 565 mil novos pedidos, número inferior às estimativas, que estavam em torno de 603 mil, e a medição passada foi revisada para 617 mil.


Já o Petróleo, após seis dias consecutivos de queda e uma incursão durante a sessão abaixo dos US$ 60 pela primeira vez desde o fim de maio, voltou a subir encerrando a maior série de desvalorização da commodity desde dezembro de 2008. Em Londres o BRENT fechou a US$ 60,24 ( alta de 0,83% ) , e em Nova York, na Nymex fechou cotado a US$ 60,41 por barril ( alta de 0,45%). John Kilduff, da MF Global, observou sem surpresa, os preços subiram após seis sessões de baixa seguidas e observou que "Isto sugere simplesmente que o mercado havia caído de maneira excessiva, e não que a tendência mudou".





Bovespa sem pregão no dia de hoje, por motivo do feriado no estado de São Paulo.
Já o dolar comercial, quebrou uma série de cinco altas seguidas e fechou em queda nesta quinta-feira, sessão que contou com um volume de negócios reduzido por conta de um feriado no Estado de São Paulo, a principal praça de negócios no País. A moeda norte-americana recuou 0,99%, e foi negociada a R$ 1,9910, após acumular valorização de 4,2% nas últimas cinco sessões.

INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - alta de 0,06%
Standard & Poor's 500 - alta de 0,15%
Nasdaq - alta de 0,20%
FTSE 100 - alta de 0,37%
Nikkei - queda de 1,38%

quinta-feira, 9 de julho de 2009

INCENTIVO AOS NOVOS TALENTOS NA MÚSICA

BANDA MÃE DO LADRÃO


Pessoal, não custa relembrar e pedir + uma vez....


Assunto:
-Banda Mãe do Ladrão, uma das 6 escolhidas no Estado do RS/no Festival Coca Cola Park


O número de acessos será determinante para uma nova etapa que a Coca Cola estará promovendo em Gramado no próximo mes de agosto.
Se puderem, e quiserem, -eu como mãe que sou, peço em nome de ...- aceitamos ajuda no volume de acessos (segue link... Band Coaching - Teaser Banda Mãe do Ladrão).





http://www.youtube.com/watch?v=sKNfZ79nc3M


Obrigada,


Angela

SEU DINHEIRO - Luiz Percy Denardin



Denardin Assessoria Empresarial Ltda.



MERCADO FINANCEIRO 08.07.09


Bolsas norte americanas fecham sem tendência definida.


Lá fora, Em mais uma sessão de poucas referências na agenda, os mercados escolheram pela mesma apreensão demonstrada nos últimos dias. Apesar do FMI (Fundo Monetário Internacional) revisar para cima suas perspectivas para a economia, prevaleceu o sentimento de cautela em relação à recuperação. Nos Estados Unidos, a espera pela temporada de resultados revela perspectiva negativa em relação aos números. Embora com melhora em Wall Street ao final do dia, a impressão ruim voltou a impactar o mercado de commodities, com novo tombo para o petróleo e metais básicos. A agenda externa deu destaque para a apresentação do Consumer Credit, que recuou menos que o esperado na medição referente ao mês de maio. O início da temporada de resultados voltou a pautar os negócios, com destaque para as ações da Alcoa, que esperaram pela apresentação do balanço no final desta sessão com tímida alta de 0,53%.

A indefinição dos índices norte-americanos também revela movimentos isolados no setor financeiro. De um lado, ações de bancos como Bank of America caindo -2,55%, Citigroup 2,6%, de outro, papéis como os do Financial Bear subindo +5,7%. Na Europa, a divulgação do PIB (Produto Interno Bruto) da zona do euro, que apontou queda anual de 4,9%, reforçou os questionamentos quanto à capacidade de recuperação econômica, pressionando os mercados da região. O FMI prevê uma recuperação da economia global mais acelerada do que a projetada anteriormente. Em suas projeções atualizadas, o fundo espera que o PIB global registre um avanço de 2,5% em 2010. Porém, neste ano, a retração econômica poderá atingir 1,4%.


Já o Petróleo, teve seu sexto pregão consecutivo de queda na quarta-feira, configurando a maior série de desvalorização desde o mes de dezembro. Em Londres o BRENT fechou a US$ 60,43 ( queda de 4,40% ) , e em Nova York, na Nymex fechou cotado a US$ 60,14 por barril ( queda de 4,43% ).


Por aqui, em sua quinta queda consecutiva, embora com as perdas amenizadas ao final do dia, indice doméstico voltou a fechar no campo negativo. Com o cenário de instabilidade externa , as atenções ficaram divididas com novo recuo das ações da Petrobras, que pressionaram o indice , além da forte queda dos contratos de petróleo, os ativos repercutiram divulgação da agência Moody's, que após colocar o rating soberano do Brasil em revisão positiva, declarou que a nota global "A3" da estatal não deve ser afetada pela decisão. Desatque positivo para os papéis da NET, que dsiarama após a decisão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) de permitir a cobrança do aluguel do equipamento relativo ao ponto extra na TV por assinatura.Oscilando entre os 48.455 pts e os 49.845 pts, e hoje sem a participacão estrangeira, com um volume financeiro de R$ 5,03 bilhões, menor patamr desde 15 de maioo IBOVESPA acabou fechando aos 49.456 pontos, seu menor patamar desde o dia 15 de maio último, representando uma forte queda de 0,61% em relação ao fechamento anterior. No diário, em Linha de Tendência de Baixa no canal lateral (49.493 / 52.155).


Já o dolar comercial, após ter iniciado a sessão em queda, passou a operar no campo positivo e ampliou seus ganhos durante a tarde, fechando com alta pela terceira sessão consecutiva. A moeda norte-americana fechou cotada hoje a R$2,0110 apresentando forte avanço de 1,00% em relação ao fechamento anterior. No mes acumula valorização de 2,55%, e no ano de 2009 desvalorização de 13,86%. No mercado paralelo avançou e foi negociada a R$2,1500, representando um ágio de 06,91% em relação ao dólar comercial.

INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - alta de 0,18%
Standard & Poor's 500 - queda de 0,17%
Nasdaq - alta de 0,06%
FTSE 100 - alta de 0,51% em 09/07
Nikkei - queda de 1,38% em 09/07
Merval - queda de 3,90%
WINFUT queda de 1,23% - 49.450,00 pontos - no ano 30,13%
IBOVESPA queda de 0,56% - 49.177,55 pontos - no ano 30,96%
Segue ao lado o fechamento de hoje dos principais ativos com o resultado acumulado de 2009 :
- PETR4 queda de 0,82% - 29,11 ( MIN 28,50, MAX 29,65 ) no ano 27,45%
- VALE5 alta de 1,51% - 28,17 ( MIN 27,35, MAX 28,92 ) no ano 17,92%
- GGBR4 queda de 0,42% - 19,17 ( MIN 18,65, MAX 19,42 ) no ano 27,29%
- ITUB4 queda de 0,52% - 30,35 ( MIN 29,82, MAX 30,71 ) no ano 16,28%
- CSNA3 queda de 1,14% - 40,58 ( MIN 39,80 MAX 41,57 ) no ano 39,93%
- USIM5 queda de 1,53% - 39,15 ( MIN 38,90, MAX 40,86 ) no ano 47,62%
IBOVESPA - Subiu 0,73% até por volta das 11:10 horas , quando obteve a máxima do dia. Inverteu e desabou at'por volta das 13:00 horas quando atingiu a mínima do dia . A partir dai , voltou a subir e recuperando parte das perdas do dia acabou fechando aos 49.4177 pontos, representando uma queda de 0,56% em relação ao fechamento anterior. No diário, em Linha de Tendência de Baixa e perdeu o SUP do canal lateral (49.493 / 52.155).
MIN do dia 48.455 pontos / MAX do dia 49.845 pontos.

Professora da Feevale recebe Prêmio Extraordinário de Doutorado na Espanha

Pesquisa "A práxis da educação ambiental como processo de decisão pedagógica: um estudo biográfico com professoras de Educação Infantil no Brasil e na Espanha" está disponível na biblioteca do Campus I

A professora Marília Andrade Torales, da Feevale, acaba de receber o Prêmio Extraordinário de Doutorado, pela Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha. O prêmio é concedido anualmente para as melhores pesquisas de doutorado defendidas em diversas áreas de conhecimento.


A docente e pesquisadora do Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes (ICHLA), que também atua no Programa de Pós-Graduação em Qualidade Ambiental, recebeu a premiação pela defesa da tese intitulada "A práxis da educação ambiental como processo de decisão pedagógica: um estudo biográfico com professoras de Educação Infantil no Brasil e na Espanha". As teses de doutorado foram avaliadas em duas etapas: a primeira pela própria banca de defesa da tese e a segunda por uma comissão especial constituída por especialistas da universidade. Neste ano, de todas as teses defendidas apenas nove foram aprovadas para a segunda fase.


Além do valor da premiação, a pesquisadora recebeu uma certificação extra em seu título de doutorado, atestando o recebimento do Prêmio Extraordinário de Doutoramento. Segundo Marília, essa conquista tem um significado importante, pois sua tese foi a primeira a ser defendida no Programa Interuniversitário em Educação Ambiental e esse prêmio dificilmente é dado a estrangeiros na Espanha. A premiação também é um reconhecimento pela qualidade da pesquisa realizada e o envolvimento da pesquisadora com outras comunidades científicas, já que, para o desenvolvimento de sua tese, também contou com formações complementares em Portugal, na França e no Canadá.


Saiba mais:


A pesquisa está disponível, para consulta, na biblioteca do Campus I da Feevale (Av. Dr. Maurício Cardoso, 510, Bairro Hamburgo Velho, Novo Hamburgo).

quarta-feira, 8 de julho de 2009

PAPO DE CULTURA - IONE JAEGER



CURRÍCULO DO ACADÊMICO RUI CARDOSO NUNES

Rui Cardoso Nunes nasceu na Fazenda do Chapéu, de propriedade de seus pais Jorge Cardoso de Oliveira e Maria Nunes de Oliveira, no atual município de Jaquirana, antigo distrito de São Francisco de Paula, RS. É jornalista, poeta, ensaísta e dicionarista. É membro efetivo da Academia Rio-Grandense de Letras; da Estância da Poesia Crioula; da Casa do Poeta Rio-Grandense; da União Brasileira de Escritores do Rio Grande do Sul; da Academia de Artes, Ciências e Letras; da Academia Gauchesca de Letras; da Federação Brasileira de Entidades Trovistas; da Associação Gaúcha de Escritores Independentes e da Associação de Cultura Literária de Porto Alegre.





É sócio, também, da Associação Rio-Grandense de Imprensa e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Porto Alegre. É, ainda, membro das seguintes entidades culturais: Academia de Letras de Uruguaiana, Associação Uruguaianense de Escritores e Editores, Clube de Poesia de Uruguaiana, Instituto Histórico e Geográfico de Uruguaiana, Academia de Letras da Fronteira Sudoeste do Rio Grande do Sul, Academia Internacional de Letras "3 Fronteiras", Academia Internacional de Heráldica e Genealogia, Academia Internacional de Ciências Humanísticas, Clube Internacional de Boa Leitura, Centro de Estudo e Difusão Cultural "Romaguera Corrêa" e Federação das Entidades Culturais Fronteiristas. LÁUREAS: Prêmio "Ilha de Laytano" - de 1986, atribuído pela Fundação "Ilha de Laytano"; Prêmio de Lexicografia 1984/1985 - outorgado pela Federação das Entidades Culturais Fronteiristas; Placa de Prata e Ouro, com a seguinte inscrição: "O povo serrano agradece, a Rui Cardoso Nunes, o trabalho de divulgação do município. Luiz A Salvador, Prefeito Municipal de São Francisco de Paula - 19/09/85". Mérito Poético 1977 - Conferido pelo Clube de Poesia de Uruguaiana. Placa de Prata e Ouro, com os seguintes dizeres: "Ao Acadêmico Rui Cardoso Nunes, homenagem de admiração e carinho. Colégio Nossa Senhora da Glória - 10/ 10/1974." OBRAS: Poesia. Desafio (1949); Almas Penadas (1951); Queimadas (1957); Museu das Taperas ... e Áporos Transcendentais (1962); Alma Gaudéria (1977); Garimpeiro de Quimeras (1983); Poesias Desgarradas (23 ed. 1985); Aparte (1985); Da Terra ao Infinito «(1986); Campechanas (1988); Apojo (1995); Poetas da Estância do Infinito (1996) e Tropeiros de Sonhos (2001). Prosa. Dicionário de Regionalismos do Rio Grande do Sul (10ª ed. 2003), e Minidicionário Guasca (6ª ed. 2000), ambos em parceria com o poeta e escritor Dr. Zeno Cardoso Nunes.

Mais dois casos da nova gripe são confirmados no município

O Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde (SMS) confirmou mais dois casos da nova gripe em Novo Hamburgo na tarde desta quarta-feira, dia 8 de julho. Com isso, subiu para cinco o número de pessoas infectadas pelo vírus no município. No entanto, todos já foram liberados. De acordo com a secretária de Saúde, Clarita de Souza, os novos casos são de pessoas que já estavam na lista de suspeitos e todas as medidas referentes ao isolamento para evitar a proliferação do vírus foram tomadas. “Os exames apenas comprovaram as suspeitas. Eles passaram pelo isolamento domiciliar e foram liberados por não apresentarem mais os sintomas”, afirma.

A coleta de material para exame das pessoas suspeitas colocadas em isolamento é feita pelo Departamento de Vigilância Sanitária e enviada para o Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) do Rio de Janeiro, para análise. O resultado leva cerca de dez dias para ficar pronto.

Casos suspeitos - O número de casos suspeitos de infecção pelo vírus Influenza A (H1N1) também subiu desde terça-feira, dia 7 de julho. Agora são sete pessoas em isolamento que aguardam os resultados dos exames. Já o número de pessoas monitoradas pelo Departamento de Vigilância Sanitária permanece em 57.

O Comitê Técnico de Enfrentamento da Influenza A (H1N1), em reunião com o comitê estadual, definiu que a situação no município está sob controle e não há motivo para novas ações contra o vírus. Entretanto, Clarita reforçou que as pessoas devem continuar tomando os cuidados básicos para evitar o contágio da gripe A, como ventilar os locais de convívio, lavar as mãos frequentemente e evitar o consumo de álcool e o fumo.

Secretaria de Cultura e FENAC lançam concurso Salão de Artes de Novo Hamburgo

A secretária de Cultura, Anita Lucas de Oliveira, a diretora de Cultura, Ariadne Decker e o diretor presidente da FENAC, Ricardo Michaelsen


A Secretaria da Cultura (SECULT), em parceria com a FENAC, abriu as inscrições para a primeira edição do concurso Salão de Artes de Novo Hamburgo. Com o tema Arte/Sapato, a proposta é reunir trabalhos de artistas residentes em todo o território nacional, brasileiros ou estrangeiros.

A diretora de Cultura, Ariadne Decker, diz que o tema foi escolhido a partir da história do município, que é conhecido como Capital Nacional do Calçado. “A ideia é que os artistas mostrem através de sua sensibilidade o universo de expressões que podem ser criados com o tema”, relata Ariadne. A diretora ainda ressalta que muitos artistas ficaram apreensivos com a escolha do assunto a ser trabalhado. “O tema não pode ser um delimitador, ele é sim um desafio, que faz com que o artista cresça e enriqueça seu trabalho”, explica.

A data limite da inscrição é o dia 17 de agosto. Ela pode ser realizada diretamente na SECULT, ou por correio (Rua Eng. Ignácio Plangg, nº 66, bairro Centro, Novo Hamburgo – CEP 93510-120), sendo para este caso, considerada válida a data da postagem do material. “Para realizar a inscrição é necessário apenas o envio de fotos das obras, pois posteriormente, uma comissão formada por pessoas do setor cultural da cidade irão selecionar os trabalhos que farão parte da exposição, que então deverão ser encaminhados”, diz Ariadne.

As obras serão apresentadas em dois espaços: nos pavilhões da Fenac durante a Festa Nacional do Calçado e no Espaço Cultural Albano Hartz. Os trabalhos premiados também serão expostos durante a Courovisão, feira de tendências do setor coureiro-calçadista. O concurso premia três categorias: Prêmio salão Arte/Sapato, no valor de R$ 5 mil, prêmio júri popular, no valor de R$ 2 mil, e três menções honrosas no valor de mil reais. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no site da Prefeitura Municipal, no endereço www.novohamburgo.rs.gov.br.

PAPO DE CULTURA - Ione Jaeger




CONFRATERNIDADE
Joaquim Moncks


A CASA DO POETA BRASILEIRO, que usa a sigla POEBRAS - com acentuação no ‘bras’ -, tem por objetivos primordiais cultuar, cultivar, divulgar, valorizar, promover a arte poética, congregando e prestigiando os que fazem versos e os que dizem versos.
É uma Casa fraternalmente aberta aos amantes da “arte melódica e harmoniosa da literatura: sua excelência, a Poesia”. Mas não é restrita unicamente àqueles que fazem versos. Pretende-se que nestas casas espirituais sejam congregados, numa proposta de CONFRATERNIDADE, todos os portadores de criatividade e inventiva que desejem partilhar o talento com a sua comunidade.
A Casa do Poeta é feita para todos e tem em seus quadros, além dos versejadores, escritores, músicos, cantores, declamadores, artistas plásticos, e demais pessoas interessadas na promoção da área cultural.
Abnegados ativistas culturais versejadores que têm na alma versos em cascata, e que fazem da poesia a beleza da vida, fundaram a POEBRAS em 24 de julho de 1964, vigente, no país, o movimento revolucionário desde abril do mesmo ano. Mesmo exercitando o direito de palavra e o de dizê-la, a POEBRAS nunca teve maiores problemas com o poder durante todo esse tempo.
A idéia da criação da POEBRAS nasceu junto com a Casa do Poeta Rio-Grandense – a CAPORI, designada como entidade-líder da Casa do Poeta Brasileiro. Ambas nascidas no Rio Grande do Sul, o Estado pioneiro no país na implantação dessas Casas, onde as pessoas se benzem e oram sob a forma de poemas, no templo espiritual da Poesia.
Nelson Fachinelli, o “Operário das Letras”, idealizador, fundador e pai dessas Casas, gaúcho de Porto Alegre, em assembléia com sessenta pessoas, plantou a Casa do Poeta Rio-Grandense e edificou a POEBRAS NACIONAL.
Ao ativista cultural Fachinelli coube a missão de conduzir os primeiros passos, permanecendo à frente da Casa do Poeta Brasileiro por trinta e oito anos. Mais tarde, a entidade passou a ser dirigida por Coordenadores Regionais que compõem a Deliberativa, ficando Fachinelli, desde então, com o encargo de COORDENADOR EXECUTIVO NACIONAL.
Responderam pela Coordenação Deliberativa os ativistas culturais Idalina Cotrin Appis e Oswaldo Névola, de São Vicente – São Paulo. Desde 2003 a coordenação é exercida pelo poeta João Justiniano da Fonseca, que a acumula com o exercício da presidência da POEBRAS SALVADOR.
Na capital gaúcha, de 1992 a 2003, o poeta e ativista cultural Joaquim Moncks funcionou como Consultor Jurídico Nacional, elaborando um anteprojeto de estatuto-modelo, o qual estimulou a organização de inúmeras Casas de Poetas em vários Estados.
Também em Salvador, Bahia, está sediada outra representatividade: a Revista da Casa do Poeta Brasileiro, sob a direção e organização do poeta João Justiniano da Fonseca, que já editou e fez editar seis números, de 1999 até esta data.
A Casa do Poeta Lampião de Gás, de SP, capital, criada pela poetisa Colombina, em 1948, é reverenciada como a entidade-máter, desde a fundação da POEBRAS NACIONAL. Foi nela que o fundador se inspirou para criar a CAPORI. Seu maior desejo sempre foi o de ver a coirmã de São Paulo articulada com a POEBRAS.
A idéia da criação destas Casas da Poesia surgiu quando Fachinelli participou, em 1962, na cidade de Santos, SP, das comemorações do centenário do poeta Martins Fontes. O seu piedoso coração lírico sonhara a poesia espalhada como uma bênção de amor por toda a nação brasileira.
A POEBRAS BRASÍLIA foi instalada pelo consagrado poeta J.G. de Araújo Jorge, que foi deputado federal por várias legislaturas, o qual manteve, durante muitos anos o programa radiofônico ‘Salão Grená’, pelos microfones da Rádio Nacional, e que estimulou o culto da Poesia em todo o Brasil.
O Patrono Perpétuo da POEBRAS NACIONAL é o poeta baiano Castro Alves. O seu presidente de honra é Nelson Fachinelli, falecido em 26 de abril de 2006, em Porto Alegre.
Desde o X Congresso Brasileiro de Poesia, ocorrido em 2003, na cidade de Bento Gonçalves, na região serrana do RS, a Coordenação da POEBRAS é exercida por Joaquim Moncks, com sede operacional no RS.
A Casa do Poeta Brasileiro – POEBRAS NACIONAL, neste maio de 2007, está articulada em 70 (setenta) Casas de Poetas, em 18 sedes municipais e coordenadorias executivas distribuídas em (dezoito) Estados-Membros da Federação Brasileira, totalizando cerca de 3.000 (três mil) artistas da palavra. Destina-se a funcionar como representativa dos interesses do associativismo poético nacional, nos moldes de uma federação.
Por certo - espera-se -, abriremos portas junto ao Ministério da Cultura e sua toda poderosa Comissão Nacional de Incentivo à Cultura – CNIC, que detém as verbas para o fomento cultural do Brasil, hauridas pela dotação orçamentária e generosas contribuições das Confederações Nacionais da Indústria - CNI, do Comércio - CNC, e da Agricultura - CNA.
Desejamos que a POEBRAS NACIONAL seja reconhecida, para os efeitos de distribuição de verbas, como ‘Ponto Nacional de Cultura’ através da Secretaria de Programas e Projetos do MinC.
Esperamos, também, que o jurado investido de mandato da área de Literatura e Humanidades da CNIC, seja sensível aos projetos de cunho associativo-literários de âmbito nacional.
Num país que lê muito pouco, é possível que o exercício da confraternidade e do solidarismo seja a proposta que faltava para a preservação da Cultura.
--------------------------------------------------
- O presente artigo só se tornou possível graças à abordagem do tema feita por Ione Jaeger, instituidora da POEBRAS NOVO HAMBURGO/RS, em 2003, publicado na Grande Rede. A forma atual, ampliada, se destina aos sócios da POEBRAS e pode servir como fonte importante de pesquisa histórica.





Joaquim Moncks - Oficial PM, na reserva. Advogado. Ativista cultural. Agente Literário. Poeta. Declamador. Conferencista. Ensaísta. Nascido a 29 setembro de 1946, em Pelotas, RS. De 1973 até 2004, entregou ao público seis livros individuais, no gênero Poesia. Tudo o que publicou em prosa está disperso em mais de uma centena de antologias e coletâneas. Vice-presidente da Academia Sul Brasileira de Letras, de Pelotas. Da Academia Literária Gaúcha - ALGA, da Sociedade Partenon Literário, da Casa do Poeta Rio-grandense – CAPORI e da Estância da Poesia Crioula - EPC, todas sediadas em Porto Alegre, capital do RS, onde reside. Em outubro de 2003, assumiu a Coordenação das Casas de Poetas do Brasil – POEBRAS NACIONAL, entidade líder do associativismo literário, com 55 sedes municipais em onze Estados-membros da Federação Brasileira. Idealizador, fundador e primeiro presidente da Academia Brigadiana de História, Artes, Ciências e Letras – ABRHACEL, que congrega os intelectuais da Brigada Militar do Estado do RS. Edita o Suplemento Literário OFFICINARIUM – AMOR & INCLUSÃO SOCIAL, do Jornal RS LETRAS. Endereço eletrônico: joaquimmoncks@gmail.comhttp://recantodasletras.uol.com.br/visualizar.php?idt=483228

Fator 07+1 em exposição na Pinacoteca Feevale até 7 de agosto

Nova exposição da Pinacoteca mostra oito diferentes trabalhos de Arte Contemporânea em fotografia, instalação e vídeo



Até 7 de agosto está aberta a exposição Fator 07+1 da Pinacoteca, localizada no Campus I da Feevale (Av. Dr. Maurício Cardoso, 510, Hamburgo Velho). A mostra é formada por oito trabalhos de formandos de pós-graduação Especialização em Poéticas Visuais: Gravura, Fotografia e Imagem Digital. O nome da exposição, Fator 07+1, é o resultado de uma relação matemática que os formandos fizeram entre eles, por ser sete deles de uma turma, e o oitavo de uma turma anterior, a conseqüência natural foi a soma dos fatores.


Os trabalhos são os resultados parciais das bancas de avaliação dos formandos de Arte Contemporânea, embora a temática e as técnicas sejam variadas. Na exposição, os visitantes poderão conferir cinco obras em fotografia, três em vídeo e uma instalação, incluindo temas como natureza, corpo e percepção sobre o cotidiano. Integram a exposição trabalhos de Carolina Rochefort, Guilherme Lund, Ida Helena Thon, Igor Sperotto, Luciana Giacomelli, Renata Stoduto, Tainara Becker e Yara Baungarten.


O encontro com os artistas ocorrerá no dia 3 de agosto, às 20h30min, na Pinacoteca. O espaço recebe visitantes de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 22h30min, e aos sábados, das 8h30min às 17h. As visitas podem ser agendadas pelo telefone (51) 3584-7148 ou pelo e-mail pinacoteca@feevale.br .



Parte desse grupo também participará da exposição Panorâmica, na Galeria dos Arcos da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre. A mostra, organizada pela coordenação da Secretaria de Cinema e Vídeo da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, contará com trabalhos de fotografia de três instituições convidadas, entre elas, a Feevale. A Instituição será representada pelos cinco trabalhos fotográficos da exposição Fator 07+1, mais três obras de outros alunos da Instituição.

DIRETO DO RIO DE JANEIRO - Nelson Tangerini



A PROFESSORA DO BRASIL E A DO IRÃ



Na 2a. série do antigo Primário, na Escola Municipal Félix Pacheco, em Piedade, subúrbio do Rio de Janeiro, fui aluno da Professora D. Maria José.
D. Maria José, que nunca se casou e se dedicava, também, de corpo e alma, ao magistério de Catecismo – era Católica Apostólica Romana -, morava na Rua Pernambuco, no Engenho de Dentro. Muitas vezes fui visitá-la. E acho até que eu era o único ex-aluno que a procurava e paparicava.
Lembro-me que, certa vez, meu pai escreveu uma trovinha para ela. Era Dia dos Mestres e eu deveria declamar esses versinhos, na hora em que eu fosse lhe entregar um presente, do qual não me lembro mais.
Enfim, apresentei-me e li a tal trova:

“À querida professora,
D. Maria José,
coração de educadora,
cheio de amor e de fé.”

Entreguei-lha a minha lembrança. E beijei-a.
Escrevo esta crônica pensando no presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad (*), que, há pouco, homenageou, em uma solenidade, a sua ex-professora; beijou sua mão e abraçou-a, e foi duramente criticado pelos aiatolás e radicais islâmicos de seu país.
Sou um ocidental e não compreendo isto: como aquele país, a antiga Pérsia, uma nação tão rica, em termos de Histórias, heróis e cultura, parou no tempo e no espaço; como um presidente não pode beijar a mão de uma senhora que, um dia, encaminhou-o na vida. Porque nós, professores, burilamos seres humanos e os preparamos para viverem em sociedade, respeitando o semelhante e as diferenças.
O Irã, todos sabem, abandonou o Zoroastrismo, muito mais interessante, para abraçar o Islamismo. Arabeizou-se. Rendeu-se ao colonialismo árabe. Não pensem vocês que só existem colonialismo americano, francês, português, enfim, europeu.
E não me julguem islamofóbico. Até porque os islâmicos também são cristofóbicos. Seria natural do homem ser etnocêntrico e não aceitar o outro, a cultura do outro, a religião do outro?
Como vivem os cristãos, os judeus, os armênios e os homossexuais dentro da antiga Pérsia? Vivem em liberdade? São perseguidos? Não faz muito tempo, li no Jornal do Brasil que os homossexuais são condenados à morte no Irã.
Simplesmente, não me identifico com o Islamismo e quero ter a liberdade de dizer isto. Porque sou feminista e libertário.
Pensei, ainda, em outra trova de meu falecido pai:

“No Lar, a Mãe nos conduz
para a Fé e para o Amor;
na Escola, Templo da Luz,
quem nos guia é o Professor”.

D. Maria José faleceu em 2005, pouco depois de minha mãe, Dinah Marzullo Tangerini, que foi minha primeira professora. Gostaria de homenageá-la em público, beijar sua mão e abraçá-la. Outra vez. Justamente neste momento em que o mestre nada vale no Brasil e no Irã.
Sou um ocidental, respiro liberdade, e jamais seria incomodado por aiatolás preconceituosos e doentes.
Nós, professores, queremos um mundo livre. Não queremos um mundo autoritário. Queremos um mundo onde a mulher possa competir livremente com o homem e um homem possa homenagear uma mulher que, um dia, lhe ensinou as primeiras letras e mostrou-lhe um caminho a seguir.
Infeliz da sociedade que nega o professor e a mulher. É um mundo decadente, hipócrita, pobre e podre.
Algo precisa mudar no Irã – e no Brasil.
(*) O presidente Mahmoud Ahmadinejad é amigo do ditador Hugo Chávez.















Nelson Marzullo Tangerini, 53 anos, é professor de Língua Portuguesa e Literatura, escritor, poeta, compositor, jornalista e fotógrafo. É membro do Clube de Escritores Piracicaba [ clube.escritores@uol.com.br ], onde ocupa a Cadeira 073 – Nestor Tangerini.

n.tangerini@uol.com.br / nmtangerini@gmail.com

http://narzullo-tangerini.blogspot.com/

http://nelsonmarzullotangerini.blogspot.com.br/

SEU DINHEIRO - Luiz Percy Denardin



Denardin Assessoria Empresarial Ltda.



MERCADO FINANCEIRO 07.07.09


Carga tributária deve cair pela primeira vez desde 2003.
Fonte Infomoney

" Em 2009, a carga tributária deve registrar a primeira queda, em comparação ao ano anterior, desde 2003, segundo análise do coordenador-geral de estudos, previsão e análise da Receita Federal, Marcelo Lettieri. De acordo com ele, os cortes nos impostos, como as recentes reduções do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para veículos, eletrodomésticos e materiais de construção, e o desaquecimento da economia seriam os motivos para a diminuição. "Em nível federal, em 2009 temos uma sinalização de que a carga deve diminuir em função das desonerações e do desaquecimento da economia. Em termos globais, isso também deverá acontecer", disse Lettieri, conforme publicado pela Agência Brasil. No ano passado, o peso dos impostos sobre o PIB (Produto Interno Bruto) atingiu novo recorde, subindo para 35,8%, número 1,08 ponto percentual maior ao registrado em 2007.

No caso da União, a carga aumentou de 24,3% para 24,9% do PIB em um ano. Os estados foram responsáveis por uma carga de 9,2% e os municípios, por 1,64%. Para o especialista, o resultado da carga mostra uma base de incidência dos impostos de 48,44% em bens e serviços, que são bem mais caros para o cidadão. No que diz respeito às receitas do período, a União ficou com 69,6% do montante de mais de R$ 1,034 trilhão que foi arrecadado. Os estados ficaram com 25,8% e os municípios, com 4,6%.. ''



Bolsas norte americanas voltam a sofrer perdas nesta terça-feira.

Lá fora, o mercado se mostrou cauteloso com o início das divulgações corporativas trimestrais programadas para o dia de amanhã. Assim como as cotações de metais básicos, o preço do barril do petróleo estendeu a desvalorização, vale vale lembrar que ontem foi registrado o seu pior desempenho em seis semanas.Segundo reportagem do Wall Street Journal, a Casa Branca e o Comitê de Finanças do Senado podem anunciar um acordo com o segmento hospitalar do país, o que teve como resposta forte alta dos ativos das seguradoras, com os de Aetna que subiram 6,27%, os da Tenet , Cigna (7,54%) e Healthcare 8,75%. Também aumentam os rumores de que o governo Obama criará um novo pacote de estímulos fiscais, com com enfoque para investimentos em projetos de infraestrutura. No que se refer as TECHS, a Microsoft alertou seus usuários sobre uma vulnerabilidade no sistema de segurança, que afeta o Internet Explorer de computadores que operam com o Windows XP ou com o Windows Server 2003, e teve como resposat uma queda de 2,89% em seus ativos, As ações de ambas as companhias do setor de tecnologia se desvalorizaram neste pregão: 2,89% e 3,13%, consecutivamente. A Microsoft alertou seus usuários sobre uma vulnerabilidade no sistema de segurança, que afeta o Internet Explorer de computadores que operam com o Windows XP ou com o Windows Server 2003 e os papés da gigante DELL caíram 3,13%.

Já o Petróleo, hohe apresentou a sua sexta sessão consecutiva de queda , com os investidores se mostrando cada vez mais preocupados com as perspectivas de recuperação dos EUA, maior consumidor mundial do produtocom, embora os preços do produto tenham recebido certo suporte durante o dia pela confirmação de novos ataques de rebeldes a plantas produtoras de petróleo na Nigéria. Em Londres o BRENT fechou a US$ 63,23 ( queda de 1,28% ) , e em Nova York, na Nymex fechou cotado a US$ 62,93 por barril ( queda de 1,75% ).


Por aqui, em sua quarta queda seguida, o indice doméstico perdeu o patamar dos 50.000 pontos, em uma sessão de perdas generalizadas, com destaque para mais um tombo das blue chips ligadas ao mercado de commodities, diante da continuidade da desvalorização dos contratos de metais básicos e petróleo, sendo bastante pressionado pelo fraco desempenho de Vale e Petrobras, deixando interpretações sobre a revisão do rating soberano brasileiro pela Moody's para segundo plano.. Destaque positivo do dia para os ativos da GOL, que se se beneficiaram do recuo dos contratos de petróleo. Oscilando entre os 49.691 pts e os 50.931 pts, e hoje sem a participacão estrangeira, com um volume financeiro de R$ 5,4 bilhões, menor patamr desde 15 de maioo IBOVESPA acabou fechando aos 49.456 pontos, seu menor patamar desde o dia 15 de maio último, representando uma forte queda de 0,61% em relação ao fechamento anterior. No diário, em Linha de Tendência de Baixa no canal lateral (49.493 / 52.155).

As maiores altas do dia ficaram por conta da Gol PN ( 5,59% ), Roosi Res ON ( 1,73% ), Cesp PN ( 1,64% ) VCP PN ( 1,50% ) e Souza Cruz ON ( 0,98% ). As maiores perdas do dia ficaram por conta da Bradespar PN ( 5,58% ), Vale PNA ( 5,55% ), Redecard ON ( 5,55% ), Vale ON ( 5,00% ) e Sabesp ON ( 4,71% ).

Já o dolar comercial, após apresentar quedas próximas a 0,6%, inverteu a tendência negativa no final da manhã, e foi ampliando seus ganhos até o fechamento, apresentando a sua segunda alta consecutiva. A moeda norte-americana fechou cotada hoje a R$1,9910 apresentando forte avanço de 1,74% em relação ao fechamento anterior. No mes acumula valorização de 1,53%, e no ano de 2009 desvalorização de 14,72%. No mercado paralelo avançou e foi negociada a R$2,1300, representando um ágio de 06,98% em relação ao dólar comercial.

INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - queda de 1,94%
Standard & Poor's 500 - queda de 1,97%
Nasdaq - queda de 2,31%
FTSE 100 - queda de 0,19%
Nikkei - queda de 0,34%
Merval - queda de 1,33%
WINFUT queda de 2,63% - 49.850,00 pontos - no ano 31,18%.
IBOVESPA queda de 2,30% - 49.456,70 pontos - no ano 31,71%
Segue ao lado o fechamento de hoje dos principais ativos com o resultado acumulado de 2009 :
- PETR4 queda de 2,30% - 29,35 ( MIN 29,29, MAX 30,10 ) no ano 28,50%
- VALE5 queda de 5,55% - 27,75 ( MIN 27,63, MAX 29,27 ) no ano 15,66%
- GGBR4 queda de 3,56% - 19,25 ( MIN 19,51, MAX 20,09 ) no ano 19,55%
- ITUB4 queda de 1,58% - 30,51 ( MIN 30,38, MAX 31,00 ) no ano 16,40%
- CSNA3 queda de 2,26% - 41,05 ( MIN 40,86, MAX 42,20 ) no ano 40,90%
- USIM5 queda de 3,00% - 39,76 ( MIN 39,76, MAX 41,17 ) no ano 49,92%

IBOVESPA - Caiu até po volta das 12:30 horas, revereteu e recuperou parte das perdas do dia até por volta das 15:30. Reveretu novamente e em movimento descendente chegou a apresentra a mínima do dia nos 10 minutos finais do pregão, e acabou fechando aos 49.456 pontos, representando uma forte queda de 0,61% em relação ao fechamento anterior. No diário, em Linha de Tendência de Baixa no canal lateral (49.493 / 52.155).
MIN do dia 49.399 pontos / MAX do dia 50.621 pontos.

Gmail - SHOW TEMATICO DIA 16 DE JULHO - jornalpolegar@gmail.com

Gmail - SHOW TEMATICO DIA 16 DE JULHO - jornalpolegar@gmail.com
ACAART
Associação Cultural de Amigos das Artes
Novo Hamburgo

PROMOVE
Show Temático
em comemoração ao
Dia Nacional do Cinema
(19 de junho)

No PASTELEIRO
(José do Patrocínio, 893 - NH)

NO DIA 16 DE JULHO
ÀS 20h30min

SHOW DE VARIEDADES

Entrada franca
Contribuição Espontânea
*****




































Sétima Arte – o Cinema!
Ars gratia artis
Sétima Arte, com muita arte
retratou histórias de amor, de sentimentos,
de sofrimentos, alegrias, conflitos
revelando escaninhos da alma do ser
de homem!
(Cinema Cem Anos - Ione Jaeger
Livro Strip - Tease/ 1987))
"Apesar de hoje, principalmente nós, jovens, quase nunca termos ouvido falar de Mazzaropi (1912 - 1981), quando falamos com nossos pais e avós sobre cinema e cultura, Mazzaropi sempre é lembrado como um símbolo do cinema nacional numa época onde não existia tanta modernidade, e numa época onde era mais dificil fazer humor."
"É a coisa mais natural do mundo você chegar em uma locadora e ver numa prateleira uma seleção dos filmes do Mazzaropi, que até hoje são lembrados com reverência e bom humor."
(Consulta Google)



Agradecemos a presença
ione Jaeger - Presidente da ACAART
Aurélio Bender - Dir. de Eventos




http://www.jornalpolegar.blogspot.com/