sábado, 16 de maio de 2009

E-mail de Globo.com - Cultura no Campus. Festival de Teatro. - polegardovale@globo.com

E-mail de Globo.com - Cultura no Campus. Festival de Teatro. - polegardovale@globo.com
Polícia Civil prende homem que matou esposa a pauladas em Canoas

Policiais da 4ª DP de Canoas prenderam por homicídio, às 6h desta sexta-feira (15), um homem de 54 anos, de origem chilena. Ele foi detido na Rua 21, casa 20, loteamento Central Park, bairro Mato Grande, naquele município.
No local, ele matou a pauladas a esposa, Patricia Ivaniski Esber, de 32 anos de idade. Filha de um policial, ela foi morta por volta das 4horas. O chileno simulou uma situação de latrocínio para encobrir a autoria do assassinato. No depoimento, porém, ele foi confrontado com as evidências e acabou confessando o crime. O casal tinha dois filhos, que vão ficar sob a guarda do avô materno.
Segundo o delegado Eduardo de Azeredo Coutinho, titular da 4ª DP de Canoas, o preso foi encaminhado ao Presídio Central de Porto Alegre.

Universidade Aberta abre inscrições para tutores Estão abertas as inscrições para a seleção de tutores presenciais e à distância para os novos cursos da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os tutores são para os cursos de Educação de Jovens e Adultos e Educação Ambiental, oferecidos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).
O período de inscrições segue até o dia 25 de maio para o curso de Educação de Jovens e Adultos e até o dia 18 para Educação Ambiental. Os interessados devem comparecer ao Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP), no 3º andar, na Av. Pedro Adams Filho, 4918, no Centro.
Os candidatos precisam ter concluído a habilitação em Pedagogia ou Licenciatura em nas áreas de conhecimento da Educação Básica. Os editais dos processos seletivos estão disponíveis no site www.nead.ufpr.br.

Secretaria da Saúde lança pacto
para reduzir mortalidade infantil


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lança na segunda-feira, dia 18, o Pacto para Redução da Mortalidade Infantil, em evento que acontece às 18h30, no auditório do Prédio Azul, no Campus II da Feevale.
De acordo com a secretária de Saúde, Clarita de Souza, o pacto tem o propósito de reduzir os graves índices de mortalidade infantil registrados em Novo Hamburgo nos últimos anos, oferecendo atenção integral às gestantes e às crianças de zero a um ano de idade, que correm algum tipo de risco de mortalidade. O lançamento contará com a presença de diversas entidades relacionadas à saúde no município, que vão discutir sugestões para melhorar o acompanhamento pré-natal.
NOTÍCIAS DE IVOTI

SAÚDE
Vacinação contra Influenza
é prorrogada novamente

Auxiliar de enfermagem de Ivoti lembra do tempo em que acreditava-se que o “governo queria matar os idosos”.

Ivoti – A Campanha de Vacina dos Idosos foi prorrogada até o dia 29 de maio no Rio Grande do Sul. Dessa forma, a Secretaria da Saúde e Assistência Social de Ivoti informa que o atendimento continua nos postos do Centro, Jardim Bühler e Bom Pastor. A unidade do Centro atende das 8h às 11h30 e das 13h às 17h, sendo que nas segundas e quartas, o expediente segue até às 18h30. No posto do bairro Jardim Bühler, o expediente é das 7h30 às 12h e das 13h às 17h e no bairro Bom Pastor, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

A auxiliar de enfermagem Maria Teresa Heck Gums vem aplicando a vacina nos moradores desde 1999. “Temos pessoas que são fiéis à prevenção e que não deixam de fazer um ano sequer”, conta a profissional da Sala de Vacinas do Centro. Mas, em contrapartida, existem pessoas que não acreditam nos seus efeitos benéficos. Segundo ela, houve uma época em que surgiu um boato de que “o governo queria matar os idosos”. Mas, o tempo vem provando que a vacina previne doenças respiratórias. A vacina contra a gripe Influenza faz efeito em 15 dias e garante a imunidade por um ano.
NOTÍCIAS DE IVOTI


Posto de Informações Turísticas foi instalado na Feira das Flores e será reativado na Feira do Mel, Rosca e Nata.

Visitantes são recebidos na
Feira do Mel com posto de
informações turísticas

Espaço recepciona pessoas e incentiva o retorno à cidade.


Ivoti – Durante a 4ª Feira do Mel, Rosca e Nata de Ivoti, haverá um posto de informações turísticas. A iniciativa visa divulgar os atrativos turísticos e históricos para famílias, casais e amigos oriundos de toda Região Metropolitana. A proposta, segundo a assessora de Turismo Cíntia Dhein, é repetir o serviço oferecido no ano passado, durante a Feira das Flores. “É um espaço importante, pois fortalece o projeto de incentivo ao turismo. Queremos que aproveitem a festa e, em outros momentos, voltem para conhecer nossos outros atrativos”, explica Cíntia.

De 21 a 24 de maio, das 9h às 18h, a estudante de Turismo Ana Paula Klemann estará apresentando material de divulgação e destacando as características da cidade. Ela irá orientar os visitantes de como conhecer a Rota Colonial Teufelsloch, que possui empreendimentos como a Cachaçaria Weber Haus, Vinhos Bervian e o Camping Behne, além da Antiga Igreja Matriz, a Ponte do Imperador, as praças e a Casa Amarela. “Feiras como a do Mel e das Flores costumam atrair muitas pessoas interessadas em conhecer a história do lugar e desfrutar de momentos de descanso e lazer. O posto de informações cumpre com esse papel de recepcionar os visitantes e de incentivar o seu retorno”, completa. Mais informações pelo telefone 3563-7956.

DICAS GNC CINEMAS

Eu te Amo, Cara
Título Original: I Love You, Man
Gênero: Comédia
Direção: John Hamburg
Duração: 110 minutos
Elenco: Paul Rudd, Jason Segel, Lou Ferrigno, Jon Favreau, Jaime Pressly, Rashida Jones, Thomas Lennon, Andy Samberg, entre outros.

Sinopse: Peter Klaven (Paul Rudd) é um bem-sucedido agente imobiliário que está noivo da mulher dos seus sonhos, Zooey (Rashida Jones). Durante os preparativos do casamento, ele percebe que não tem amigos próximos o suficiente para serem seus padrinhos na cerimônia. Ele resolve conhecer homens para serem seus amigos. Depois de uma série de encontros bizarros com esse objetivo, Peter conhece Sydney Fife (Jason Segel), com quem ele se identifica. No entanto, na medida em que a amizade cresce, mais o relacionamento de Peter e Zooey sofre.

Site oficial: http://iloveyouman.com/
Veja o Trailer em: http://www.apple.com/trailers/dreamworks/iloveyouman/
Site da distribuidora (em português): http://www.iloveyouman.com/intl/br/

DICAS GNC CINEMA

Anjos e Demônios
Título Original: Angels & Demons
Gênero: Drama / Suspense / Thriller / Policial
Direção: Ron Howard
Duração: 138 minutos
Elenco: Tom Hanks, Ayelet Zurer, Ewan McGregor, Stellan Skarsgard, Kristof Konrad, Masasa Moyo, Victor Alfieri, Jonas Fisch, Curt Lowens, Yan Cui, Toffoli Nico, entre outros.

Sinopse: A equipe por trás do fenômeno mundial O Código Da Vinci (The Da Vinci Code) retorna no tão aguardado filme Anjos e Demônios (Angels & Demons), basedo no best-seller do escritor Dan Brown. Tom Hanks reprisa seu papel como o especialista em religião da Universidade de Harvard Robert Langdon, que, mais uma vez, descobre que forças com raízes milenares estão dispostas, a qualquer preço, até mesmo por meio de assassinato, a levar adiante os seus planos. Ron Howard outra vez dirige o filme, que é produzido por Brian Grazer, Ron Howard e John Calley. O roteiro é escrito por David Koepp e Akiva Goldsman.

Quando Langdon descobre evidências do ressurgimento de uma irmandade secreta milenar conhecida como Illuminati - a mais poderosa organização secreta da história - ele enfrenta ainda uma ameaça fatal à existência do inimigo mais desprezado pela organização secreta: a Igreja Católica. Quando Langdon descobre que o relógio está tocando sem parar numa bomba preparada pela Illuminati, ele pega um avião para Roma, onde une forças com Vittoria Vetra, uma bela e misteriosa cientista italiana. Embarcando numa caçada sem trégua e repleta de ação através de criptas fechadas, catacumbas perigosas, catedrais vazias e indo até ao coração do mais secreto túmulo do planeta, Langdon e Vetra percorrerão uma trilha de 400 anos de existência e símbolos milenares que representam a única esperança de sobrevivência do Vaticano.


Site oficial: http://www.angelsanddemons.com/
Veja o Trailer em: http://www.apple.com/trailers/sony_pictures/angelsdemons/
Site da distribuidora (em português): http://www.sonypictures.com.br/Sony/HotSites/Br/angelsedemons/


Segurança pública reúne sociedade
civil e autoridades em conferência

Evento contou com a participação do Ministro da Justiça, Tarso Genro

Nesta sexta-feira, 15 de maio, a 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública de Novo Hamburgo, evento promovido pela Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (SESMUR), em parceria com diversos órgãos e entidades, reuniu autoridades e representantes de vários segmentos da sociedade para um momento de debates, palestras e discussões temáticas no Campus II da Feevale.

A solenidade de abertura do evento contou com a presença do Ministro da Justiça, Tarso Genro, e de autoridades estaduais e municipais. Em seu pronunciamento, o ministro lembrou aos participantes da conferência que o desenvolvimento da democracia depende de um elo sólido entre a sociedade civil e a criação e implementação de políticas públicas. Segundo Genro, é preciso gerar uma consciência social direcionada à prevenção e controle qualificado da violência, pensado primeiramente na reforma dos criminosos, e não em sua exclusão.
O prefeito Tarcísio Zimmermann, em sua manifestação aos participantes da conferência municipal, reforçou a fala do ministro. “A sociedade precisa de ações repressivas de qualidade, que intimidem a criminalidade, mas respeitem o estado democrático e os direitos do cidadão”, afirmou o prefeito. Para o secretário Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, Luiz Fernando Farias, a realização da conferência nacional está mobilizando estados, municípios e os cidadãos para o enfrentamento da criminalidade, da violência e da sensação de insegurança, a partir de uma combinação de políticas de segurança com ações sociais. “Aqui em Novo Hamburgo me surpreendeu a grande procura pelo grupo da prevenção social do crime, ou seja, da ação não policial, mas comunitária, o que demonstra um engajamento da sociedade civil e uma preocupação com a inclusão social e a cultura de paz”, avaliou.

Logo após a solenidade de abertura, o coordenador nacional de mobilização da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (CONSEG), Guilherme Leonardi, explicou aos participantes da etapa municipal como foi constituída a 1ª CONSEG, quais os seus objetivos e a metodologia de trabalho proposta para as etapas municipal e estadual, que antecedem a sua realização.

No início da tarde, os participantes da conferência voltaram a se reunir no Salão de Atos do Centro Universitário Feevale, para ouvir as palestras de Helena Bonumá e Luiz Antônio Brenner Guimarães, que integram a Comissão Organizadora Estadual, e do mobilizador regional da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (1ª CONSEG) para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Wagner Moura. Helena foi a primeira a discursar, reiterando a importância do momento proporcionado pela Conferência, que ela considera histórico. “Estamos construindo algo de muita relevância, porque é a primeira vez que o Estado convoca a sociedade a debater livremente a questão da segurança pública e sermos protagonistas da quebra necessária deste paradigma de mera repressão”, defendeu. Após, Guimarães explicou o conteúdo e os pontos específicos a serem debatidos nos sete grupos temáticos e reforçou a importância da oportunidade vivenciada. “Historicamente a sociedade é receptora passiva deste serviço que chamamos de segurança, sem interferir neste processo, mas hoje estamos aqui para modificar esta estrutura”, destacou. Moura foi quem finalizou a preparação para os GTs, explicando a metodologia dos trabalhos e frisando a relação que as discussões obrigatoriamente deveriam ter com os direitos humanos. Também detalhou o processo de candidatura e eleição dos representantes que irão a Brasília em nome do município.

Os grupos temáticos, reunidos logo após a palestra, debateram sobre os temas que integram os sete eixos de discussão do encontro: gestão da política pública de segurança; financiamento e gestão da política de segurança; valorização profissional e otimização das condições de trabalho; repressão qualificada da criminalidade; prevenção social do crime e das violências e construção da cultura de paz; diretrizes para o sistema penitenciário e diretrizes para o sistema de prevenção, atendimento emergenciais e acidentes.
Neste sábado, a programação inicia às 8h30, com a exibição de um painel de orientações, seguido por um momento interativo, onde serão eleitos os representantes da sociedade civil e Guarda Municipal para a 1ª CONSEG. Às 10 horas, acontece a plenária final para aprovação das propostas que serão enviadas para a 1ª Conferência Nacional.


A 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública conta com o apoio do Centro Universitário Feevale; Fenac - Feiras e Empreendimentos Turísticos; Brindes Novo Hamburgo; Centro de Formação de Condutores Valderez; Centro de Formação de Condutores Novo Centro; Companhia Municipal de Saneamento – Comusa; CDL de Novo Hamburgo; Sindilojas; Sindicato dos Empregados do Comércio de Novo Hamburgo; Sindicato dos Empregados dos Restaurantes e Hotéis de Novo Hamburgo; Lojas Agulhinha e Grupo Pensando Novo Hamburgo.

A etapa municipal antecede a realização da 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública, prevista para julho, e a 1ª CONSEG, programada para os dias 27, 28, 29 e 30 de agosto.


Construção de ponte na Rua
Limoeiro inicia segunda-feira


Iniciam na próxima segunda-feira, 18, as obras de construção da ponte sobre o Arroio Gauchinho, na Rua Limoeiro, bairro Liberdade. A obra terá investimentos de R$ 158 mil com recursos do Governo Federal e contrapartida de R$ 34 mil do Município.
De acordo com o Secretário de Obras e Serviços Urbanos (SEMOPSU), Lino de Negri, a previsão é de que a nova ponte esteja concluída em dois meses. “A atual estrutura permite a passagem de apenas um veículo por vez e sua precariedade já ocasionou acidentes no local”, disse o secretário.
A Rua Limoeiro é uma das vias de acesso ao bairro Liberdade pela BR-116. Com 195 metros quadrados, a nova ponte terá passeio público nos dois lados, pista com nove metros de comprimento e 15 metros de largura, tamanho que é três vezes maior que a atual estrutura.
De acordo com o secretário, a obra trará mais segurança ao trânsito de veículos pesados, como ônibus e caminhões, já que a estrutura atual não comporta peso maior do que 15 toneladas. “A nova ponte suportará 45 toneladas de peso. Além disso, o canal terá seis metros de largura por dois metros e trinta de altura, aumentando a vazão d’água”, detalha Lino de Negri.
Desativada galeria do Presídio Central
15/05/2009 17:24


O governo do Estado e a Secretaria da Segurança Pública desativaram, por completo, a 3ª galeria do pavilhão C do Presídio Central de Porto Alegre (PCPA). Ocorrida entre o final de abril e o início deste mês, a desativação da galeria, considerado o espaço físico mais deteriorado do estabelecimento, foi conferida na manhã desta sexta-feira (15) em visita do secretário da Segurança Pública, Edson Goularte.

Por cerca de duas horas, Goularte percorreu as dependências do PCPA e constatou a ocupação dos quatro novos pavilhões (G,H,I e J), inaugurados em dezembro passado. A medida permitiu que os detentos remanejados para esses espaços recebam camas e colchões individuais, utilizem uniformes e recebam kits de higiene, seguindo o formato instituído na nova Penitenciária Regional de Caxias do Sul, inaugurada em setembro de 2008. Este mesmo modelo também será implementado nos novos estabelecimentos de regime fechado, a serem inaugurados a partir deste ano pelo governo do Estado.

O remanejo interno para os novos pavilhões do PCPA, que podem receber até 492 apenados, possibilitou á desativação da 3ª galeria do pavilhão C, que passará agora por avaliação da SSP e da Secretaria de Obras Públicas. A ocupação dos novos pavilhões e a desativação do espaço mais deteriorado do Central segue diretriz da governadora Yeda Crusius.

Tratamento Penal

Um dos referenciais do trabalho desenvolvido pelo Estado no Presídio Central de Porto Alegre é a ressocialização dos apenados e seus dependentes, uma das metas do Programa Estruturante Cidadão Seguro, que vai aplicar R$ 462 milhões no segmento da Segurança até 2010.

No local são realizadas aulas de Ensino fundamental - cursadas atualmente por 156 detentos, e curso profissionalizante de encanador, além de atividades laborais de artesanato, oficina mecânica, conserto de eletroeletrônicos, gráfica, cozinha, conservação e faxina. Um total de 460 detentos realiza algum tipo de trabalho no PCPA. Na área de saúde, há um ambulatório com dois médicos, nove psicólogos e seis assistentes sociais, além de profissionais de enfermaria.

Assembleia Legislativa nomeia concursados nesta segunda-feira
A Assembleia Legislativa publica no Diário Oficial na segunda-feira (18/05) 35 novos servidores, aprovados em concurso público realizado em 2005. Estão sendo chamados 16 consultores legislativos, nove administradores, seis jornalistas, dois analistas de sistema, um bibliotecário e um engenheiro.
Um programa de capacitação e treinamento para os novos servidores está sendo finalizado em conjunto com a Escola do Legislativo para adaptar os novos servidores às dinâmicas parlamentares.
O presidente do Legislativo, Ivar Pavan, adianta que os novos servidores estão sendo esperadas com expectativa muito positiva pelos setores. "Os funcionários da Casa aguardam os novos colegas de braços abertos e aguardam a contribuição profissional às atividades do parlamento", observa.
O Superintendente Administrativo e Financeiro, Marcelo Cardona, informa que os nomeados podem tomar posse num prazo de 30 dias. Caso não se apresentem serão procurados pela Casa. Caso não assumam neste período, outros aprovados serão chamados a ocupar as vagas. O concurso expira em junho.
A decisão das novas nomeações foi anunciada pelo deputado Ivar Pavan durante reunião da Mesa Diretora no dia 12.


Saúde Mental promove
Semana da Luta Antimanicomial

Nos próximos dias 18, 19 e 20, o Departamento de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), juntamente com a Associação de Usuários de Saúde Mental Novo Tempo, promovem em Novo Hamburgo a Semana da Luta Antimanicomial.
Iniciada há mais de 20 anos por trabalhadores da saúde, familiares e usuários da saúde mental, a luta antimanicomial é um movimento que propõe a reformulação do modelo de atenção à saúde mental, transferindo o foco do tratamento dos hospitais psiquiátricos para uma rede de atenção psicossocial, estruturada em unidades de serviços comunitários e abertos. Em Novo Hamburgo, estes serviços funcionam em quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), vinculados ao Departamento de Saúde Mental. O CAPs Centro, o CAPs Infantil, o CAPs Santo Afonso e o CAPs AD (Álcool e outras drogas).
Com o tema Saúde Mental e Qualidade de Vida, o evento promovido pelo DSM pretende discutir e apontar meios para qualificar ainda mais estes serviços. Entre as atividades programadas pelos organizadores está uma caminhada pelas ruas do Centro; apresentações artísticas e culturais, feira de artesanato e troca solidária na Praça do Imigrante; além de uma audiência pública na Câmara de Vereadores.
A caminhada acontece na segunda-feira, 18 - Dia Nacional da Luta Antimanicomial - com concentração no CAPS Centro (Rua Bento Gonçalves, 2.670, em frente à Praça 20 de Setembro) e saída prevista para as 14h. A manifestação segue até a Rua Marcílio Dias, passando pela Avenida 1º de Março até a Praça do Imigrante, onde, às 14h30, acontece a abertura oficial da Semana da Luta Antimanicomial. A proposta dos organizadores é abrir espaço para manifestações da comunidade, usuários, familiares, trabalhadores da saúde e autoridades. O evento segue durante toda a tarde, com apresentações artísticas e culturais, feira de artesanato e barracas para troca solidária.
Na terça-feira, 19, às 9h30, o coordenador da Saúde Mental, Fábio Moraes e o psiquiatra do CAPs Infantil, Ricardo Lugon, participam de entrevista na rádio ABC 900 AM, onde falam sobre a função social do CAPs.
Na quarta-feira, 20, às 19h, o Departamento de Saúde Mental promove uma audiência pública em parceria com a Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores. A abertura do evento, que acontece na Câmara de Vereadores, será feita pelo grupo Paranóia. Em seguida, será exibido o documentário “Um outro olhar”, produzido pelo Ministério da Saúde sobre o trabalho desenvolvido nos CAPS’s de todo o Brasil.
Haverá ainda uma mesa redonda sobre “Saúde Mental e Qualidade de Vida”. Participam a professora Sandra Fagundes, do programa de Residência Integrada em Saúde Mental Coletiva (RIS/Ufrgs); Maria de Lourdes Flores, da Associação dos Usuários de Saúde Mental Novo Tempo; e representantes da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores e do Conselho Municipal de Saúde.
Tem festa em Hamburgo Velho neste domingo
O domingo será de festa no centro histórico de Hamburgo Velho. A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e o Movimento Hamburgo Velho de Portas Abertas promovem uma série de atividades nas áreas de cultura e saúde para a comunidade do bairro. A programação, que inicia às 9h com a reinauguração da igreja Três Reis Magos, busca descentralizar as atividades culturais na cidade.
De acordo com Carlos Anshau, do Movimento Hamburgo Velho de Portas Abertas, as atividades prometem envolver o público durante todo o dia. “A festa inicia às 9h e vai até as 18h, encerrando com a apresentação da Orquestra de Sopros”, diz ele. Haverá também apresentação musical da banda do 19º BINTZ do Exército, na Praça Guilherme Ludwig, em frente à igreja. Ao meio-dia, será servido um almoço típico alemão, no centro Comunitário da Comunidade Evangélica. Às 15h, tem apresentação do grupo vocal Canta Lomba, também na praça em frente à igreja.
Segundo a secretária de Cultura, Anita de Oliveira, o Museu Comunitário Casa Schmitt-Presser estará aberto para receber visitantes, assim como a Fundação Scheffel. “Entre as atrações está uma exposição de fotos antigas de Hamburgo Velho no antigo Maracanã, brechó no centro comunitário da Comunidade Evangélica, além de um espaço para leitura e arte direcionado às crianças”, diz Anita.

Confira a programação

9h – Culto Festivo de Reinauguração da Igreja Três Reis Magos
11h – Apresentação Musical da Banda do 19ª BINTZ do Exército
12h – Almoço típico alemão no centro da Comunidade Evangélica (cartões na Secretaria da Comunidade).
15h - Apresentação do grupo vocal Canta Lomba, na Praça Guilherme Ludwig
16h30 – Apresentação do músico Mauro Harff
18h - Apresentação da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo

Atividades Paralelas

Vacinação contra gripe e Febre Amarela no Centro de Especialidades de Hamburgo Velho
Exposição de fotos no antigo Maracanã
Brechó no Centro da Comunidade Evangélica
Biblioteca Infantil na escola Pindorama
Clínica de quiropraxia
Chuvas amenizam quadro de estiagem no RS
13/05/2009/173802



A chuva que caiu na terça-feira, dia 12, e no dia de hoje não é suficiente para normalizar o abastecimento de água no RS, mas traz alívio para o campo. A afirmação é do presidente da Emater/RS, Mário do Nascimento , que também vê na precipitação das últimas horas a possibilidade da retomada do plantio de pastagens e do trigo, interrompidos devido ao agravamento da seca nos últimos dias.

A expectativa em relação a esta safra de grãos de verão, era de repetir a supersafra de 2007, que foi de mais de 22 milhões de toneladas de grãos, o que não se confirmou este ano. “A chuva de janeiro e fevereiro foi decisiva para os resultados desta safra, pois era o período da floração e enchimento dos grãos”, explicou o presidente.

A preocupação agora é com a produção de leite, que deve continuar sofrendo nas próximas semanas, devido a pouca disponibilidade de alimento para o rebanho. “Ainda que as pastagens sejam plantadas agora, deverá levar 40 a 50 dias para que os primeiros resultados apareçam”, disse Nascimento. O RS é responsável pela produção de 2,9 bilhões de litros de leite, sendo que desde o início da estiagem houve uma redução de 50% na produção de leite, o que representa em torno de 100 milhões de litros a menos por mês.

Para a diretora técnica da Emater/RS, Águeda Marcéi Mezomo, os programas de irrigação desenvolvidos pela instituição junto com o Governo do Estado podem contribuir para amenizar o quadro. “A irrigação é um caminho sem volta no RS. E essa é a grande virtude do governo do Estado, que está tendo a atitude de enfrentar a seca. Infelizmente, a chuva não é a regra no RS, ela é a exceção”.

A diretora explicou que os custos de instalação de açudes e cisternas são praticamente nulos para o produtor, conforme prevê o programa Pró-Irrigação. Segundo ela, a Emater faz o projeto e o governo cobre entre 50% e 80% o custo da obra. “Basta o produtor procurar o técnico da Emater do seu município, que fará o levantamento e o projeto”, concluiu.
RECEITA DA SEMANA
fonte: EMATER

":: Queijo Colonial Caseiro ::



Ingredientes:

- 10 litros de leite
- 90 gramas de sal
- 9 ml de coalho líquido


Modo de preparo:

Despeje todo leite em uma panela grande, e deixe no fogo por alguns minutos, até atingir a temperatura de 35° C (medir com um termômetro apropriado).

Retire a panela do fogo. Dissolva duas tampas (9 ml) do coalho líquido e uma colher rasa de sal, em um copo de água morna. Mexa bem e misture com o leite. Mexa mais e deixe descansando por 40 minutos.

Corte vagarosamente a massa em cubos miúdos.

Leve a panela de volta ao fogo até atingir 43° C. Com a espumadeira, mexa a massa, para que não queime o fundo da panela.

Retire a panela do fogo e mexa por mais 15 minutos para que a massa esfrie. Após, coe a massa com uma peneira, deixando apenas um pouco da água na massa.

Acrescente o sal e, com as mãos, misture. Enrole a massa em um pano e coloque-a, ainda enrolada no pano, em uma forma com furos para queijo, para retirar o restante da água.

Usando uma prensa, ou um peso de 10 kg, aperte a massa, sempre removendo o líquido acumulado no recipiente.

A cada meia hora, vire a massa na prensa. Esse processo deve ser repetido 4 vezes. Em cada virada, utilize uma tábua para deixar retas as superfícies do queijo.

Enrole o queijo em outro pano, e leve-o à geladeira por cerca de uma semana."


SEMOPSU recolhe 10 caminhões
de lixo na Rua dos Eucaliptos




Uma equipe da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Serviços Urbanos (SEMOPSU) realizou, nesta quinta-feira, 15, uma operação para limpeza e capina do passeio da Rua dos Eucaliptos, no bairro Ideal. Em um trecho de 150 metros, foram recolhidos 10 caminhões carregados de lixo de toda a espécie, principalmente galhos provenientes de podas.
Para realizar o trabalho, a SEMOPSU precisou deslocar 20 homens, quatro caminhões e uma retroescavadeira. De acordo com moradores, o material é depositado por carroceiros. “Pedimos que as pessoas não joguem lixo em terrenos baldios e nas ruas. A Rua dos Eucaliptos, por exemplo, é muito estreita e o lixo já estava invadindo a via”, disse o diretor de Limpeza Urbana, Anilton Cézar. Além de atrapalhar o fluxo de veículos no local, o acúmulo de lixo favorece a proliferação de ratos e insetos, como o mosquito transmissor da Dengue.
Ação do Lions Pérola do Vale junto à maternidade
do Hospital Municipal Novo Hamburgo

Foram 14 enxovais, perfazendo 350 peças.
Veja as fotos







Denardin Assessoria Empresarial Ltda.


MERCADO FINANCEIRO 15.05.09
Wall Street e as principais bolsas norte-americanas voltam a cair.
Lá fóra, bolsas norte-americanas registraram hoje o seu pior desempenho semanal nos ultimos dois mese, com o dia de hoje com as atenções voltadas para as seguradoras, que parecem precisar também de bilhões de dolares em auxilio governamental. Os ativos da Hartford Financial cairam 1,02%, os da Lincoln National Corporation 0,74%, os da Prudential Financial cairam 4,11%, os da Principal Financial Group 1,48% e os da Allstate Corporation tiveram queda de 3,76%. No que se refere a Bancos, em resposta a noticia do The Wall Street Journal, de que oficiais do governo pressionam o Bank of America para reestruturar seu quadro de diretores, já que os atuais seriam incapazes de administrá-lo, seus papéis caíram 5,66% No que se refere as montadoras , os ativos da General Motors cairam hoje mais 5,22% que se somam a queda de 4,96% de ontem, com a noticia de que poderá fechar 1,1 mil de suas seis mil concessionárias, como forma de evitar uma possível concordata. Quanto a indicadores, o registro da produção industrial norte-americana mostrou recuou de 0,5% no mes de abril.




Por aqui, na cauda do mau humor externo e após nove altas semanais consecutivas, interrompe o ciclo no fechamento desta semana em que perdeu 4,64% nos últimos 5 pregões, semana esta em que foi predominante a realização de lucros. Além da performance negativa da Petrobras em resposta a queda nos preços do barril de petroleo, a Vale e o setor imobiliário , também a temporada de resultados trouxe pressão adicional ao negócios, com destaque para o setor de alimentos. Destaque negativo hoje para os papéis da ALL dois dias após a divulgação de seus números trimestrais, onde a empresa apresentou um prejuízo líquido de R$ 22,6 milhões no primeiro trimestre de 2009, Já o desatque positivo ficou hoje por conta da disparada dos papéis da Braskem, que estenderam os ganhos verificados ontem Oscilando entre os 48.796 pts e os 49.552 pts, com um volume financeiro de R$ 4,13 bilhões, o IBOVESPA acabou fechando aos 49.007 pontos , representando uma queda de 0,89% em relação ao fechamento de ontem. Em movimento lateral , encerrou a semana praticamente sobre o suporte do canal de alta.

Já o dolar comercial, confirmando a volatilidade do dia de hoje, reverte e volta a subir. A moeda norte-americana fechou o dia cotada a R$2,1070 representando uma alta de 1,35% em relação ao fechamento anterior. Acumula no mes desvalorização de 3,39%, e no ano de 2009 acumula desvalorização de 9,76%. No mercado paralelo se manteve estável nos R$2,3000, representando um ágio de 9,16% em relação ao dólar comercial.
IBOVESPA em movimento lateral, sobre o suporte do canal de alta aos 49.000 pts.

INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - queda de 0,75%
Standard & Poor's 500 - queda de 1,14%
Nasdaq - queda de 0,54%
FTSE 100 - queda de 0,33%
Nikkei - alat de 1,88%
Merval - queda de 0,66%
WINFUT queda de 1,06% - 49.400,00
pontos - no ano 30,00%.
IBOVESPA queda de 0,89% - 49.007,21 pontos - no ano 30,51%
Segue ao lado o fechamento de hoje dos principais ativos com o resultado acumulado de 2009 :
- PETR4 queda de 1,39% - 31,30 ( MIN 31,03, MAX 31,66 ) no ano 37,04,%
- VALE5 queda de 0,67% - 31,17 ( MIN 30,93, MAX 31,50 ) no ano 30,47%
- GGBR4 queda de 1,40% - 16,86 ( MIN 16,82, MAX 17,24 ) no ano 11,95%
- ITAU4 queda de 1,08% - 28,39 ( MIN 28,00, MAX 28,65 ) no ano 8,77%
- CSNA3 queda de 1,54% - 40,15 ( MIN 39,74, MAX 41,20 ) no ano 38,45%
- USIM5 queda de 0,47% - 31,95 ( MIN 31,82, MAX 32,40 ) no ano 20,48%

IBOVESPA - Caiu 1,21% ate as 13:00 , quando entrou em movimento lateral até as 15:40, horário em que atingiu a minima do dia. A partir dai até o final do pregão, consegui minimizar um pouco a perda e acabou fechando aos 49.007 pontos , representando uma queda de 0,89% em relação ao fechamento de ontem. Em movimento lateral , encerrou a semana praticamente sobre o suporte do canal de alta.
MIN do dia 49.165 pontos / MAX do dia 49.995 pontos

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Denardin Assessoria Empresarial Ltda.


MERCADO FINANCEIRO 14.05.09
Wall Street e os mercados em clima mais ameno.
Lá fóra, os sinais de melhora no mercado de credito e os bons resultados corporativos, guiaram a melhora no humor dos indices norte-americanos. Protagonistas da crise financeira global, os bancos norte-americanos viram seus papéis registrarem forte avanço nesta sessão em resposta aos indícios de melhora nas condições de crédito, com o custo dos empréstimos em dólares para três meses entre os bancos caindo para o menor patamar das ultimas 8 semanas. Também o seto automobilistico voltou aos noticiarios, com CEO (Chief Executive Officer) da Ford , disse que a montadora conseguirá enfrentar a tendência de queda mundial das vendas de automóveis, devido ao corte de custos e à produção de automóveis mais eficientes, o que troxe respota de 4,03% de valorização aos seus papéis. Por sua vez a Chrysler, anunciou que pretende fechar 789 concessionárias das 3.181 existentes atualmente e a GM , cujos papéis cairam hoje 4,96%, segundo a midia, poderá encerrar a atividade de duas mil das 6.200 concessionárias em funcionamento nos Estados Unidos.


Já o Petróleo, em dia de referencias dispares, em Londres o BRENT fechou cotado a US$ 56,69 o barril ( queda de 1,13% ) , e já em Nova York, na Nymex fechou cotado a US$ 58,62 por barril ( alta de 1,03% ).

Por aqui, na carona do bom humor externo, após tres sessões consecutivas de queda, o indice doméstico inverteu. Hoje contando com a ajuda dos setores imobiliário e de alimentos no sentido positivo e com o setor siderúrgico na mão negativa limitando os ganhos. Reagindo aos novos desdobramentos sobre a provável fusão entre as empresas, os ativos de Sadia e Perdigão tiveram fortes ganhos nesta sessão, embora não haja ainda nenhum acordo formalizado. Também os papéis da Rossi e Cyrela, depois de 3 quedas consecutivas, registram expressivo avanço hoje. Destaque positivo do dia ficou com os papeis da Cesp, em resposta a divulgação ontem , do impressionante avanço de 146% em seu lucro líquido no primeiro trimestre. Na outra mão, o destaque negativo ficou por conta dos ativos da Usiminas, em resposta ao prejuízo líquido de R$ 112 milhões registrado no primeiro trimestre deste ano. Oscilando entre os 49.283 pts e os 49.460 pts, com um volume financeiro de R$ 4,17 bilhões, o IBOVESPA acabou fechando praticamante na máxima do dia aos 44,446 pontos , alta de 1,58% em relação ao fechamento do dia anterior. Em movimento lateral, retorna ao canal de alta.

As maiores altas do dia ficaram por conta do Cesp PNB ( 7,49% ), Gol PN ( 7,06% ), BMF Bovespa ( 6,08% ), Rossi Res ON ( 5,49% ) e Vivo Part PN ( 5,33% ). As maiores perdas do dia ficaram por conta da Usiminas PNA ( 3,92% ), Telesp PN ( 3,60% ), Duratex PN ( 2,65% ), Usiminas ON ( 1,94% ) e Embraer ON ( 0,86% ).
Já o dolar comercial, hoje com a melhora do humor do mercado volta a fechar em queda. A moeda norte-americana fechou o dia cotada a R$2,0930 representando um queda de 1,09% em relação ao fechamento anterior. Acumula no mes desvalorização de 5,58%, e no ano de 2009 acumula desvalorização de 10,95%. No mercado paralelo se mantve estável nos R$2,3000, representando um ágio de 10,63% em relação ao dólar comercial.

IBOVESPA em movimento lateral, volta ao canal de alta aos 49.500 pts.
INDICES INTERNACIONAIS

Dow Jones - alta de 0,56%
Standard & Poor's 500 - alta de 1,04%
Nasdaq - alta de 1,50%
FTSE 100 - alta de 0,72%
Nikkei - queda de 2,64%
Merval - queda de 0,89%
WINFUT alta de 1,44% - 49.930,00
pontos - no ano 31,39%.
IBOVESPA alta de 1,58% - 49.446,02 pontos - no ano 31,68%
Segue ao lado o fechamento de hoje dos principais ativos com o resultado acumulado de 2009 :
- PETR4 alta de 0,83% - 31,74 ( MIN 31,31, MAX 31,84 ) no ano 38,97%
- VALE5 alta de 0,90% - 31,38 ( MIN 30,81, MAX 31,53 ) no ano 31,35%
- GGBR4 alta de 1,42% - 17,10 ( MIN 16,40, MAX 17,15 ) no ano 13,55%
- ITAU4 alta de 1,31% - 28,70 ( MIN 28,10, MAX 28,98 ) no ano 9,96%
- CSNA3 queda de 0,66% - 40,78 ( MIN 39,68, MAX 41,00 ) no ano 40,42%
- USIM5 queda de 3,20% - 32,10 ( MIN 31,79, MAX 32,60 ) no ano 21,04%

IBOVESPA - Subiu 1,60 na primeira meia hora do pregao, e após pequeno recuo seguiu em canal de lata no intraday, e acabou fechando praticamante na máxima do dia aos 44,446 pontos , alta de 1,58% em relação ao fechamento do dia anterior. Em movimento lateral, retorna ao canal de alta.
MIN do dia 48.283 pontos / MAX do dia 49.995 pontos

quinta-feira, 14 de maio de 2009

PREFEITURA REPARCELA DÍVIDA COM IPASEM

Pagamento será feito em 20 anos

O Executivo foi autorizado a repactuar débitos previdenciários com o Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Públicos Municipais de Novo Hamburgo (Ipasem). A proposta, que havia ingressado por requerimento e em caráter de urgência na plenária de terça-feria, foi aprovada em segundo turno pelos vereadores na sessão de quinta-feira, 14 de maio.

No total, os débitos que tratam as Leis Municipais nº 1.735/07 e nº 1.543/07 somam R$ 25.501.878,44 e serão parcelados em 240 meses - 20 anos. A parcela inicial será de R$ 180.363,11, já acrescido de juros no percentual de 6% ao ano.

De acordo com Ruy Noronha, Procurador Geral do Município, a dívida já é objeto de parcelamento. Noronha esclareceu que do montante, cerca de R$ 25 milhões foram parcelados em prazos pequenos, de até 60 meses. De acordo com ele, somente recentemente o Ministério da Previdência oportunizou ao Município negociar a dívida em até 240 meses. "A aprovação do projeto reduzirá o desembolso mensal por parte da Prefeitura, o que trará uma folga no fluxo financeiro", explicou.

O que diz a lei

O saldo devedor de débitos previdenciários de que trata a Lei Municipal nº 1.543/07 está estimado em R$ 128.194.006,60. Conforme atualização até 1/04/2009, serão repactuados R$ 21.748.802,87.
Já o débito referente a Lei Municipal nº 1735/07 alcança o montante de R$ 3.753.075,57. De acordo com atualização feita no mesmo período, o valor será repactuado em sua integralidade.
A crise econômica mundial e a primavera dos zumbis

A despeito de alguns brotos primaveris exagerados e celebrados com um insensato otimismo digno do maior respeito, deveríamos nos preparar para outro inverno sombrio na economia global. Chegou a hora do plano B para reestruturar a banca. E de outra dose de remédios keynesianos. Pode ser que o fundo do poço esteja próximo e talvez seja alcançado no fim do ano. Mas isso não significa que a economia global se encontre em condições de se recuperar de maneira robusta no curto prazo. A análise é de Joseph Stiglitz. - Agência Carta Maior


À medida que vai entrando a primavera nos EUA, os otimistas já vêm “brotos verdes” de recuperação da crise financeira e da recessão. O mundo está muito distinto da primavera passada, quando a administração Bush, uma vez mais, dizia ver “a luz no final do túnel”. As metáforas e as administrações mudaram. Não, pelo visto, o otimismo.

A boa notícia é que poderíamos estar no final de uma queda livre. A taxa do declive desacelerou. Pode ser que o fundo do poço esteja próximo e talvez seja alcançado no fim do ano. Mas isso não significa que a economia global se encontre em condições de se recuperar de maneira robusta no curto prazo. Chegar ao fundo não é razão para abandonar as drásticas medidas que tem sido tomadas para reviver a economia global.

Este desabamento é complexo: uma crise econômica combinada com uma crise financeira. Antes da crise, os endividados consumidores estadunidenses era o motor do crescimento global. Esse modelo quebrou e não se encontrará um substituto de um dia para o outro. Porque, ainda que os bancos norte-americanos gozem de boa saúde, o certo é que as riquezas domésticas sofreram danos devastadores e os norte-americanos hipotecavam e consumiam supondo que os preços de suas casas seguiriam subindo eternamente.

O colapso do crédito piorou as coisas, e as empresas, frente à alta dos custos creditícios e a mercados em baixa, responderam rapidamente cortando estoques. Os pedidos caíram abruptamente – proporcionalmente, muito mais do que caiu o PIB – e os países que dependiam de bens de investimento e duráveis (gastos que podem ser postergados) receberam um corretivo particularmente duro.

É provável que assistamos a uma recuperação de algumas das áreas que tocaram no fundo do poço entre fins de 2008 e começo deste ano. Porém, há que se atentar para os fundamentos da economia: nos EUA os preços dos bens imobiliários seguem caindo, milhões de moradias estão “debaixo d'água”, com hipotecas que custam mais do que o preço de mercado da casa e um desemprego em alta, com centenas de milhares chegando ao término do período de 39 semanas de cobertura do seguro-desemprego. Os estados se vêem forçados a despedir trabalhadores, à medida que desmoronam suas receitas.

O sistema bancário acaba de ser submetido a um teste para averiguar seu grau de capitalização – um teste de “stress” nada “estressante” - e alguns não puderam passar na prova. Mas, em vez de dar boas-vindas à ocasião de se recapitalizarem (talvez com ajuda pública), os bancos parecem preferir uma resposta à japonesa: nós vamos sair dessa de qualquer jeito.

Os bancos “zumbis” - mortos que ainda circulam entre os vivos – estão, conforme as imortais palavras de Ed Kane, “apostando na ressurreição”. Repetindo a débâcle de Saving&Loan nos anos 80, os bancos recorrem à contabilidade enganosa (que lhes permitiu, por exemplo, manter em seus livros ativos problemáticos sem lhes obrigar à depreciação, na ficção de que esses ativos poderia chegar a amadurecer e, de um modo ou de outro, sanarem-se). Ainda pior: permite-lhes tomar empréstimos baratos do Banco Central dos EUA respaldados por garantias mínimas para, simultaneamente, adotar posições de risco.

Alguns bancos declararam receitas no primeiro trimestre deste ano, a maioria oriundos da prestidigitação contábil e dos lucros nos negócios (leia-se: especulação). Mas isso não fará com que a economia volte a funcionar rapidamente. E, se as apostas não dão certo, o custo para o contribuinte norte-americano será ainda maior.

O governo estadunidense também está apostando em, mal ou bem, sair de todo jeito dessas circunstâncias: as medidas do Fed e os recursos garantidos pelo governo indicam que os bancos têm acesso a fundos de custo baixo e emprestam a taxas altas. Se nada desagradável acontecer – perdas em hipotecas, em imóveis comerciais, empréstimos comerciais e em cartões de crédito – os bancos podem só serem capazes de continuar suas atividades se não houver uma nova crise. Em poucos anos, os bancos serão recapitalizados e a economia retornará ao normal. Esse é o cenário otimista.

Contudo, as distintas experiências em todo o mundo sugerem que esse é um panorama arriscado. Ainda que os bancos estejam sanados, o processo de desacoplamento e a conseguinte perda de riqueza significam que, muito provavelmente, a economia será débil. E uma economia débil significa, muito provavelmente, perdas bancárias.

Os problemas não se limitam aos EUA. Outros países, como a Espanha, têm suas próprias crises imobiliárias. A Europa Oriental tem seus problemas, que repercutirão provavelmente em uns bancos europeu-ocidentais muito alavancados. Num mundo globalizado, os problemas numa parte do sistema reverberam em toda parte.

Em crises anteriores mais recentes, como a do Sudeste Asiático na década de 90, a recuperação foi rápida, porque os países afetados puderam fazer da exportação sua via para a sua prosperidade renovada. Mas agora se trata de uma queda sincrônica global. A América do Norte e a Europa não podem fazer da exportação a via de saída de suas turbulências.

A estabilização do sistema financeiro é uma condição necessária, mas não suficiente, para a recuperação. A estratégia norte-americana para estabilizar o sistema financeiro é custosa e injusta, porque passa pela recompensa a quem causou a catástrofe econômica. Porém, há uma alternativa que, em substância, significa jogar com as regras de uma economia normal de mercado: trocar dívidas por ações.

Com um truque assim, a confiança necessária ao sistema bancário regressaria e os empréstimos seriam reiniciados sem custos apenas para o contribuinte. Nem isso é particularmente complicado, nem é novidade. Obviamente, os portadores de obrigações e de bônus não gostam disso: prefeririam um presente do governo. Mas há inúmeras maneiras de usar o dinheiro público melhores que essa, inclusive uma nova rodada de estímulos.

Toda queda tem um final. A questão é a duração e a profundidade dessa queda. A despeito de alguns brotos primaveris, deveríamos nos preparar para outro inverno sombrio: chegou a hora do Plano B, para reestruturar a banca. E de outra dose de remédios keynesianos.

Joseph Stiglitz é professor de teoria econômica na Universidade Columbia, foi presidente do Council of Economic Advisers entre 1995-97 e ganhou o prêmio nobel de economia em 2001. Atualmente preside a Comissão de Expertos nomeada pelo Presidente da Assembléia Geral da ONU para o estudo de reformas no sistema monetário e financeiro internacional.

Publicado em SinPermiso, em 07 de maio de 2009

Tradução: Katarina Peixoto
Caixa-dois e compra de mansão voltam a assombrar Yeda Crusius

Novas denúncias, baseadas em gravações de conversas entre ex-assessores da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), voltam a atingir governo tucano. Viúva de ex-assessor, encontrado morto no lago Paranoá, em Brasilia, confirma que dinheiro de caixa dois foi utilizado para a compra de uma mansão, logo após o final da campanha eleitoral em 2006. Magda Koegnikan diz que marido lhe contou como o dinheiro foi entregue para o marido da governadora, Carlos Crusius. Yeda admite existência de gravações e procura desqualificar denunciantes.
Marco Aurélio Weissheimer – Agência Carta Maior

PORTO ALEGRE - Novas denúncias contra o governo do PSDB no Rio Grande do Sul, publicadas neste final de semana pela revista Veja, agravaram a situação da governadora Yeda Crusius. A revista afirmou ter tido acesso a gravações em que o ex-assessor da governadora gaúcha Marcelo Cavalcante, morto em fevereiro, em Brasília, relata uma série de irregularidades na campanha e no governo de Yeda. A revista alega ter ouvido 1h30m das 10 horas de diálogos mantidos entre Marcelo e o empresário Lair Ferst, um dos acusados de participar dos desvios no Detran gaúcho. Nestas gravações, o ex-chefe do Escritório de Representação do Rio Grande do Sul em Brasília conversa com Ferst sobre fatos ocorridos na campanha e fora dela também. Ambos teriam trabalhado na arrecadação de dinheiro para a campanha da governadora, em 2006.

Segundo essas conversas, Yeda teria recebido dinheiro no caixa dois após a campanha eleitoral. Dinheiro que teria ido para o caixa dois do caixa dois, mais especificamente para a compra de uma mansão pela governadora. Em uma das gravações, que teriam sido feitas por Lair Ferst, Marcelo Cavalcante conta que, depois do segundo turno, coletou 200 mil reais da Alliance One e outros 200 mil da CTA Continental,ambas fabricantes de cigarro. O dinheiro teria sido entregue a Carlos Crusius, marido de Yeda. Os executivos da Alliance One negaram ter contribuído no caixa dois e mostraram à revista um recibo de uma transferência bancária de 200 mil reais para o diretório estadual do PSDB, dinheiro que não aparece na prestação de contas da campanha de Yeda. O PSDB alega que foi uma doação feita após a campanha eleitoral e que, por isso, não aparece na prestação de contas.

A revista também ouviu a viúva de Marcelo Cavalcante, Magda Koegnikan, que afirma ter ouvido as gravações e conversado com Marcelo sobre o assunto. Ela confirmou todas as denúncias e disse, baseada no que Cavalcante contou a ela, que os 400 mil reais doados pelas empresas fumageiras foram utilizados por Yeda Crusius para comprar uma casa, logo após o segundo turno da campanha de 2006.

Yeda admite existência de gravações
Na entrevista coletiva que concedeu na manhã de sábado, no Palácio Piratini, para responder às novas denúncias, a governadora Yeda Crusius (PSDB) admitiu a existência de gravações realizadas por Lair Ferst e procurou desqualificar o valor das palavras do empresário e da viúva de Marcelo Cavalcante, Magda Koenigkan. Em relação às gravações, Yeda afirmou que “finalmente devem ter encontrado um bom valor de mercado e apareceu”. E acrescentou, referindo-se a Lair Ferst: “Como é que uma pessoa grava um amigo”. A governadora disse também que espera que todas as gravações venham à tona. As declarações indicam uma mudança no discurso de Yeda sobre Lair Ferst que, até então, mesmo no auge da crise do Detran, era qualificado pela governadora como “um companheiro do partido” que “ajudou na campanha”.

Yeda optou por fazer insinuações pesadas contra Magda Koenigkan. Disse que a viu uma única vez, numa reunião na “embaixada” do Rio Grande do Sul em Brasília, e que ela estava acompanhada de “convidadas” que “não correspondiam aos interesses” do Estado. Além disso, sobre as declarações de Magda à revista Veja, disse que “é uma maneira dela se salvar, para se livrar da hipótese do suicídio induzido” de Marcelo Cavalcante. Foi a primeira vez que alguém do governo mencionou tal hipótese. Desde o dia em que o corpo do ex-assessor foi encontrado, integrantes do governo, a começar pelo ex-marido da governadora, Carlos Crusius, se apressaram em defender a tese do suicídio, responsabilizando inclusive “os abutres da CPI do Detran” como causadores do ocorrido. Agora, Yeda lança suspeitas em outra direção.

Por outro lado, a governadora abriu a possibilidade de ter ocorrido “algo” na campanha que ela pudesse não ter ficado sabendo. “Eu estava fazendo campanha. Pessoalmente, não acompanhei o que acontecia no comitê. Não tomei conta de cada abertura de porta, cada conversa e cada reunião. Estava tudo aberto, podiam filmar. Carlos Crusius recebeu a todos, ouviu a todos. Ele jamais foi arrecadador de campanha”, afirmou. Yeda confirmou que o tesoureiro oficial da campanha foi Rubens Bordini, depois nomeado vice-presidente do Banrisul. E assegurou que não houve dinheiro irregular em sua campanha: “Todos sabem que fizemos uma campanha diferenciada. A sede da campanha era a sede do PSDB, que tem paredes de vidro, é transparente. A campanha foi feita com apenas um carro alugado”, garantiu. Yeda disse ainda que “o Estado vive uma situação excepcional” e que as denúncias não devem ganhar mais destaque do que isso.

Nem todos os jornalistas puderam participar dessa coletiva. Graciliano Rocha, correspondente do jornal Folha de São Paulo em Porto Alegre, foi proibido de entrar no Palácio Piratini, para participar da coletiva da governadora. A entrevista era apenas para “jornalistas convidados”, selecionados pelo governo. Graciliano Rocha não estava na lista e foi barrado na porta de entrada do palácio.

Procurador defende reabertura de investigações
A tática de defesa da governadora Yeda Crusius (PSDB), que consiste em, a cada nova denúncia, afirmar que não há fatos novos, mas sim denúncias antigas requentadas, começa a fazer água. Um exemplo significativo disso é a entrevista que o ex-Procurador Geral da Justiça, Mauro Renner, concedeu na manhã desta segunda-feira à rádio Gaúcha. Indagado sobre as investigações envolvendo a compra da casa da governadora, arquivadas pelo Ministério Público Estadual durante a gestão de Renner, o procurador diz que há fatos novos que podem levar à reabertura do processo. Renner justificou que, enquanto chefe do MP estadual, optou pelo arquivamento em função da ausência de elementos novos na época. Mas agora, admitiu, a situação mudou de figura. A decisão de reabrir ou não o caso está nas mãos da nova chefe do MP Estadual, a procuradora Simone Mariano da Rocha.

Oposição prepara nova CPI
A bancada do PT na Assembléia Legislativa decidiu atualizar o pedido de uma CPI para investigar uma série de denúncias contra o governo Yeda Crusius (PSDB). Além disso, o PT quer uma auditoria para esclarecer a origem de pagamentos de hospedagens em Porto Alegre do ex-chefe do Escritório de Representação do Rio Grande do Sul em Brasília, Marcelo Cavalcante, e sobre o fato de os R$ 200 mil, doados pela empresa fumageira Alliance One em 2006, não constarem na prestação de contas da campanha de Yeda. A bancada petista informou que há mais de 30 dias aguarda uma resposta do governo sobre um pedido de informações a respeito da compensação de créditos de exportação a empresas fumageiras.

O líder da bancada do PT, Elvino Bohn Gass (foto), anunciou que o partido conversará com todas as bancadas para a instalação da CPI. “A sociedade exige firme ação do Parlamento Estadual e somente as investigações de uma CPI poderão responder a este sentimento de impunidade e esclarecer o povo gaúcho”, afirmou. Nesta segunda-feira, a bancada petista reuniu-se com a direção da OAB/RS e também com deputados do PSB, do PCdoB e do PDT. “Vamos conversar com todas as bancadas para garantirmos as 19 assinaturas necessárias para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito”, informou Bohn Gass. A OAB-RS pediu ao Ministério Público Federal a quebra do sigilo em torno das fitas e gravações relativas ao caso e manifestou apoio à realização de uma CPI.
UTILIDADE PÚBLICA

Fechamento de ruas

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (SESMUR), através da Diretoria de Trânsito (DITRAN), informa que diversas ruas terão o trânsito bloqueado nos dias 15, 16 e 17 de maio. Confira abaixo o local e o horário do fechamento:
Rua Bom Princípio, entre as ruas Nápoles e Jamaica
Data: 15/05 e 16/05
Horário: das 18h às 22h
Motivo: Evento Religioso

Rua José Afonso Höher, entre as ruas Roberto Link e Cristiano Leopoldo Winter
Data: 16/05
Horário: das 8h às 12h30min
Motivo: Rua de Lazer

Rua Carlos São Benedito, entre as ruas Andrade e Silva e Araújo Viana
Data: 16/05 e 17/05
Horário: 11h às 1h
Motivo: Evento Religioso

Rua Carlos Dienstbach, entre as ruas João W. Hennemann e Bertoldo Rech
Data: 17/05
Horário: 9h às 18h
Motivo: Evento Religioso

Rua Daltro Filho, entre as Ruas Maurício Cardoso e Ribeiro Almeida, Gen. Osório e Daltro Filho
Data: 17/05
Horário: 10h às 18h
Motivo: Evento no centro histórico do bairro Hamburgo Velho

Rua Portugal, entre as ruas Caxias do Sul e Luxemburgo
Data: 16/05
Horário: das 7h às 12h
Motivo: Dia da Solidariedade



Prefeitura firma acordo de
reposição para o funcionalismo



Em reunião realizada nesta quinta-feira, 14, com os representantes do Grêmio Sindicato dos Funcionários Municipais e do Sindicato dos Professores Municipais de Novo Hamburgo, o prefeito Tarcísio Zimmermann firmou o acordo de reajuste salarial para o funcionalismo público. A Comissão de Negociação, composta pelo secretário de Orçamento, Planejamento e Gestão, Roque Werlang, o procurador-geral do Município, Ruy Noronha, e o diretor de Recursos Humanos, Gabriel Quevedo, definiu o cronograma de reposição de 2% a ser pago na folha do próximo mês e retroativo a abril, uma segunda elevação de 2% em agosto e os demais 1,92% restantes em novembro.
Além disso, o vale-refeição dos funcionários de carreira, que cumprem carga horária de 40 horas semanais, passará dos atuais R$ 90,00 para R$ 120,00. Outro item apontado pela Prefeitura como um avanço no diálogo é a criação de uma Comissão Permanente de Negociação, a qual ficará encarregada de acompanhar as demandas apontadas pelos servidores e sindicatos.

FOTO: Acordo entre Prefeitura e representantes dos funcionários municipais foi firmado nesta quinta-feira
Prefeitura promove Ruas de Lazer em Lomba Grande

A Prefeitura de Novo Hamburgo promove neste sábado, dia 16 de maio, mais uma Ruas de Lazer. O projeto, que é uma iniciativa da Secretaria de Educação e Desporto (SMED) em parceria com o SESC/NH, proporciona momentos de entretenimento, descontração e bem-estar para a população.
As atividades serão realizadas das 9 às 12 horas, em frente à escola de ensino fundamental Bento Gonçalves, na Rua José Afonso Höer, no bairro Lomba Grande. Os moradores da região poderão praticar esportes como mini-vôlei, xadrez, basquete e futebol e atividades recreativas orientadas, como cama-elástica, balão pula-pula, brincadeiras diversas e pintura. Em caso de chuva, o evento será cancelado.

O quê: Ruas de Lazer
Quando: Sábado, dia 16 de maio, das 9 às 12 horas
Onde: rua José Afonso Höer, em frente à escola de ensino fundamental Bento Gonçalves, em Lomba Grande
Começa sexta-feira a 1ª Conferência
Municipal de Segurança Pública


Solenidade de abertura contará com a presença do Ministro da Justiça, Tarso Genro.

Começa nesta sexta-feira, no Campus II da Feevale, a 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública, que vai reunir diversos representantes da sociedade civil, trabalhadores e poder público em um momento de debates, palestras e grupos de discussão temática. A solenidade de abertura, às 9h30, contará com a presença do Ministro da Justiça, Tarso Genro.
De acordo com o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luiz Fernando Farias, a etapa municipal, que segue até sábado na Feevale, antecede a realização da 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública, prevista para julho, e a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (1ª CONSEG), programada para os dias 27, 28, 29 e 30 de agosto.
Para divulgar a etapa municipal em entidades e escolas, e conclamar a participação da sociedade hamburguense, Farias cumpriu extensa agenda nas últimas semanas. “Espero que a 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública seja um sucesso de público, e que cumpra com seu objetivo de definir princípios e diretrizes orientadoras da política nacional de segurança pública”, afirma o secretário.
O debate da 1ª CONSEG, iniciativa vinculada ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), terá como ponto de partida eixos temáticos de Federalismo e Integração Sistêmica na Segurança Pública; Gestão Democrática e Controle Social; Gestão do Conhecimento, Qualificação e Valorização Profissional; Repressão Qualificada da Criminalidade; Prevenção Social do Crime e da Violência; Plano Diretor do Sistema Penitenciário e Diretrizes para Sistema de Prevenção, Atendimentos Emergenciais e Acidentes.
Quem ainda não se inscreveu para a 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública pode fazê-lo no dia e local do evento, se houver disponibilidade de vagas. A participação é gratuita. A programação completa do evento pode ser conferida no site da Prefeitura Municipal (www.novohamburgo.rs.gov.br) através do link na 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública.

Mais informações a respeito da 1ª CONSEG estão disponíveis no site www.conseg.gov.br.



Etapa Municipal da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública

PROGRAMAÇÃO


15/05/09 – Sexta-feira

8h – Credenciamento

9h30 – Solenidade de abertura, com a presença do Ministro da Justiça Tarso Genro.

10h30 – Painel de Contextualização
Apresentação Regina Miki, Coordenadora Geral da 1ª Conferência Nacional
de Segurança Pública (CONSEG) – Ministério da Justiça, Brasília-DF
Secretária de Defesa Social de Diadema – SP no período de 1999-2008.

12h – Intervalo

14h – Palestrantes:
Helena Bonumá – Membro da Comissão Organizadora Estadual
Luiz Antônio Brenner Guimarães – Membro da Comissão Organizadora Estadual
Wagner Moura – Mobilizador Regional da 1ª CONSEG – RS/SC

15h – Intervalo

15h30 às 18h – Grupos Temáticos
GT1: Gestão da Política pública de segurança.
GT2: Financiamento e gestão da política de segurança.
GT3: Valorização profissional e otimização das condições de trabalho.
GT4: Repressão qualificada da criminalidade.
GT5: Prevenção social do crime e das violências e construção da cultura de paz.
GT6: Diretrizes para o sistema penitenciário.
GT7: Diretrizes para o sistema de prevenção, atendimento emergenciais e acidentes.

OBS: Cada um dos sete grupos debaterá um dos eixos temáticos. Todos receberão o
o texto-base para leitura inicial. Deste debate resultarão até sete princípios e vinte e
uma das diretrizes, isto é, um princípio e três diretrizes por eixo temático.

16/06/09 – Sábado

8h30 – Painel de Orientações

9h – Momento Interativo: Votação das proposições e eleição dos representantes da Sociedade Civil e da Guarda Municipal.

10h – Plenária Final para provação das propostas e envio para a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública – CONSEG.

11h30 – Encerramento

Local
Centro Universitário Feevale – Campus II – Salão de Atos do prédio 4 (Lilás) RS 239, 2755 – Novo Hamburgo/RS

Certificado
Será fornecido certificado de participação a todos os que tiverem, no mínimo, 75% de freqüência. Os certificados serão entregues no dia 16/05, ao término do evento.

Inscrições
Até o dia 12/05 –Terça-feira pelo e-mail: consegnh@novohamburgo.rs.gov.br, informando o nome completo, telefone com DD, e-mail, município e/ou entidade que representa. Após esta data as inscrições serão aceitas no local do evento, caso haja vagas disponíveis. Sua vaga somente estará garantida após a confirmação enviada via e-mail.

Informações

Fone: (51) 3594-9962, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

VAGAS LIMITADAS
Evento Gratuito
O Que Você Acha Mais Fácil, Vender ou Produzir?
Por Soeli de Oliveira

A maioria dos empreendedores concordam que é mais fácil produzir. Também se observa que as indústrias, em quase sua totalidade, surgem da capacidade produtiva e não comercial de seus fundadores.

Se a empresa não vende o que produz, corre o risco de gerar excesso de produtos nos estoques e conseqüente desequilíbrio entre as receitas e despesas. Portanto, é fundamental a capacitação para vender produtos, serviços, imagem, confiança e credibilidade. Isso porque, para ter a oportunidade de fazer uma entrevista e ter chances para demonstrar e vender, o vendedor primeiramente precisa vender a sua imagem e a imagem da sua empresa.

Numa empresa nada acontece sem as vendas, elas são os motores que impulsionam os negócios. Grande parcela do sucesso das organizações se deve a capacidade dos profissionais de vendas, portanto precisamos desenvolvê-las continuamente.

A Pré-Venda

Nas vendas há espaço para o exercício da arte, da criatividade e principalmente de técnicas. Reconhecidamente, vender é um processo composto por três etapas bastante distintas, identificadas como a pré-venda, a venda propriamente dita, e o pós-venda. Destas, a fase mais negligenciada é a pré-venda. Tão importante quanto saber vender é saber para quem vender. Daí, a importância de escolher visitar as empresas e pessoas certas, ou seja, as pessoas que tomam as decisões de compra.

A Prospecção

Em vendas, a busca pelas empresas e pessoas certas, dá-se o nome de prospecção de mercado. A palavra prospecção tem origem na geologia. Denomina-se, por exemplo, de “prospecção de ouro” a ação de peneirar grande quantidade de areia para encontrar pequenos fragmentos de ouro. Semelhantemente o vendedor analisa uma grande quantidade de possíveis clientes para concentrar seus esforços nos clientes que apresentam o maior potencial.

Todas as atividades realizadas por um vendedor consomem tempo, e tempo é o seu maior patrimônio. Não é por acaso que a expressão inglesa “time is money”, cujo significado é “tempo é dinheiro”, aparece 224.000.000 vezes no Google.

Se o vendedor buscar clientes de forma aleatória e sem critérios, investirá muito tempo e dinheiro obtendo resultados ineficientes. Já se o vendedor planejar suas prospecções a partir de bancos de dados organizados e focados, certamente seus resultados serão melhores.

Foque os Benefícios

Conhecer as características dos produtos e serviços que vendemos é fundamental, mas não se esqueça que os clientes não compram as características, mas sim o que os produtos e serviços fazem por elas. Portanto, foque nos benefícios! Mostre sempre seus produtos levando em conta o que eles farão pelos seus clientes. Seja um tradutor de características em benefícios. Facilite as vendas! Após mencionar uma característica, diga em seguida o que ela significa para pessoa ou para empresa dela.

Vença o Medo das Objeções

Outro aspecto da venda que temos que encarar com seriedade é o manejo das objeções. Há especialistas que arriscam afirmar que oito em cada dez vendedores tem medo de objeções. Pois bem: “quem vive sob o domínio do medo jamais será livre”. O medo freia, isso quando não paralisa o profissional! É preciso encará-lo como parte normal de uma venda. Quando começam a surgir as objeções, é sinal de que o cliente está realmente interessado na compra e não o contrário como parece ser!

Lembre-se

O verdadeiro profissional não está preocupado em vender uma só vez para o cliente. Ele acredita no valor vitalício do cliente. Para isso, precisa ter uma postura de solucionador de problemas, um indivíduo que alimente sistematicamente o cliente com novas informações e soluções, agregando valor aos produtos e serviços que comercializa, criando desta forma barreiras à entrada de novos concorrentes.

Soeli de Oliveira é Consultora e Palestrante do Instituto Tecnológico de Negócios, nas áreas de Varejo, Vendas, Motivação e Atendimento - E-mail: soeli@sinos.net - Fone: (51) 9674-8677 – Novo Hamburgo - RS
Banrisul participa da 11ª Corrida para Vencer o Diabetes
A 11ª Corrida para Vencer o Diabetes ocorre no dia 17 de maio, a partir das 9 horas, com largada às 10h, no Parque Moinhos de Vento - o Parcão. O evento acontece anualmente na cidade e tem o objetivo de arrecadar fundos para o desenvolvimento de projetos do Instituto da Criança com Diabetes.
Pelo quarto ano consecutivo, o Banrisul realizará diversas ações promocionais para os participantes do evento. A equipe de profissionais da Ginástica Laboral estará presente no quiosque do Banrisul oferecendo aulas de fitness, aquecimento e alongamento. Além disso, o público poderá se divertir com a visita do Banricomprinhas, que estará circulando e distribuindo brindes.
A contribuição com o projeto pode ser feita através da aquisição das camisetas promocionais, que podem ser adquiridas pelo valor de R$ 10,00. A Corrida é promovida pelo Instituto da Criança com Diabetes, uma entidade privada, sem fins lucrativos. O local abriga cerca de 1.500 pacientes. Toda a renda arrecada no evento é destinada para as áreas de Assistência Social, Educação em Diabetes e Tratamento, da organização.
Torneios marcam aniversário
do Centro Municipal de Xadrez


A Secretaria de Educação e Desporto (SMED) organizou um grande encontro de jovens enxadristas hamburguenses para comemorar os dois anos de atividades do Centro Municipal de Xadrez (CMX), no Espaço Cultural Albano Hartz. A atividade reuniu durante esta quinta-feira, 14, cerca de 250 alunos da rede municipal em torneios de diversas categorias. O destaque do dia foi a realização do Torneio Absoluto 2º Ano do CMX, com enxadristas amadores e profissionais. Para Sandra Dalsotto, diretora de Educação, não é só dentro da sala de aula que se aprende. “Atividades de recreação como essa ensinam de outras formas. O centro está de aniversário, mas quem ganha de verdade são os alunos”, complementa.

Centro Municipal de Xadrez
O Centro Municipal de Xadrez foi inaugurado no dia 12 de maio de 2007, a partir do esforço de professores que apostavam nos benefícios, nas mudanças e no aprendizado que o xadrez proporciona. Tem como objetivo incentivar a prática do jogo de xadrez, oferecendo um espaço para que a comunidade e os enxadristas possam aprender e aperfeiçoar suas técnicas de jogo. É um espaço para fazer amigos e passar o tempo de forma agradável e divertida. O Centro Municipal de Xadrez ocupa uma sala no 2º andar do Espaço Cultural Albano Hartz. Este espaço é cedido pela Secretaria Municipal de Cultura e está aberto para toda comunidade.



Prefeito anuncia recursos federais para Novo Hamburgo

Na manhã desta quinta-feira, 14, o prefeito hamburguense Tarcísio Zimmermann convocou a imprensa para um balanço de sua viagem a Brasília, onde cumpriu extensa agenda em diversos setores do Governo Federal. Acompanhado da vice-prefeita Lorena Mayer, da secretária Especial de Gabinete, Kátia Reichow, do secretário Geral de Governo, Luis Lauermann, e do secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Roque Werlang, Tarcísio demonstrou entusiasmo com os resultados obtidos, que podem totalizar recursos federais da ordem de R$ 38,3 milhões para o município ainda em 2009. “Voltei bastante otimista de Brasília, pois há perspectiva de investimentos estruturais para muitas áreas importantes. São parcerias que viabilizarão obras pontuais”, resumiu.

Conforme o prefeito, a regularidade nas visitas à capital nacional integra a agenda atual dos gestores públicos. “O Governo Federal hoje é o grande parceiro à disposição dos municípios. É fundamental uma busca ativa das verbas disponíveis e por isso criamos, na reforma administrativa, uma diretoria de captação de recursos. Ela tem comprovado a importância de seu papel na construção de projetos qualificados”, descreveu. Para garantir que as proposições hamburguenses não sejam engavetadas em sua ausência, Tarcísio mantém um assessor no Distrito Federal, responsável por acompanhar o trâmite cotidiano dos processos e agendar compromissos com autoridades. “Aquele ditado popular também se aplica na política: quem não faz visitas periódicas de acompanhamento acaba esquecido”, ensina o prefeito.

Durante sua permanência em Brasília, Tarcísio verificou o andamento de projetos anteriormente apresentados e encaminhou novos, direcionados às áreas com maior urgência de investimentos no município. Ao todo, foram 15 reuniões, em apenas dois dias. Na terça-feira, 12, o prefeito esteve com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, do qual recebeu a garantia de liberação de R$ 300 mil para a compra de equipamentos agrícolas e melhoria das estradas rurais. Também obteve do ministro o empenho de recursos para que agricultores familiares possam expor na Festa Nacional do Calçado, prevista para setembro.

Em seguida, Tarcísio reuniu-se com a Assessoria Parlamentar do Ministério dos Esportes, onde garantiu que os R$ 1,3 milhões previstos por emendas parlamentares para o Desporto em Novo Hamburgo serão liberados em breve. De lá, o prefeito rumou para a Casa Civil, onde obteve a confirmação, por parte do Gabinete Executivo do Programa de Aceleração do Crescimento (GE-PAC), de que estão aprovados os 16 projetos de macrodrenagem do Arroio Pampa apresentados em janeiro. Eles fazem parte de um pacote nacional de obras estruturais do PAC, que devem receber assinatura do presidente Lula nos próximos dias. Participou desta reunião, o diretor-presidente da Fenac, Ricardo Michaelsen, que também acompanhou Tarcísio na atividade seguinte, junto à direção da Caixa Econômica Federal. Na ocasião, firmaram com o banco estatal o apoio da instituição à Festa Nacional do Calçado, restando apenas acertar o valor que será investido.

Uma das reuniões mais importantes do dia, conforme Tarcísio, aconteceu junto ao Ministério da Educação (MEC). Lá, Tarcísio foi recepcionado pelo secretário executivo José Henrique Paim Fernandes, que endossou a liberação de R$ 3,3 milhões para a construção de três novas escolas de educação infantil no município ainda em 2009. Através do programa PROINFÂNCIA – Escolas Infantis, serão atendidos 750 novos alunos. Conforme o prefeito, o MEC deverá repassar outros R$ 1,5 milhão, referentes a emendas parlamentares. O penúltimo compromisso da terça-feira foi uma audiência com o líder do Governo na Câmara, deputado Henrique Fontana, que se encarregou de agendar para o final de maio uma reunião com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Desta reunião, Tarcísio pretende trazer a liberação de R$ 1,5 milhão para a construção de quatro novas UBSs. Por fim, o prefeito Tarcísio debateu com o diretor-presidente da Trensurb, Marco Arildo Cunha, e o deputado federal Marco Maia, o repasse para Novo Hamburgo dos recursos relativos à compensação ambiental da obra do metrô no município. “Apesar de sofrermos cerca de 70% do impacto que a obra trará, por um cochilo da administração anterior, não receberíamos nenhuma compensação. Mas agora chegaremos a um consenso e receberemos boa parte dos R$ 3,5 milhões destinados a isso”, explicou Tarcísio.

Na quarta-feira, 13, o dia começou com uma reunião na Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), do Ministério do Trabalho e Emprego, onde Tarcísio buscou apoio para ações de reciclagem. Segundo o prefeito, este foi um primeiro contato, mas a parceria foi estabelecida e trará frutos a médio prazo. “Nos indicarão uma entidade parceira para liberação de fundos e só então formataremos um projeto específico”, adiantou. Na Secretaria Executiva do Ministério do Desenvolvimento Social, onde cumpriu a agenda seguinte, Tarcísio obteve a confirmação de que tramitam no setor verbas parlamentares de R$ 750 mil, as quais devem ser liberadas em breve. Lá também foi informado da possibilidade de Novo Hamburgo contar com 2,5 mil novas vagas para o Bolsa Família e 442 vagas para cursos de qualificação profissional das famílias já assistidas pelo programa.

A manhã foi encerrada com visitas a setores do Ministério do Turismo, onde entraram na pauta o apoio financeiro à Festa Nacional do Calçado, a ser confirmada, e a liberação de R$ 500 mil para a reforma da SEMEC II. Segundo Tarcísio, a verba está assegurada, dependendo apenas de ajustes no projeto para sua liberação. À tarde, o prefeito esteve no Ministério da Justiça, a fim de verificar a situação dos R$ 7,3 milhões previstos para o PRONASCI no município. Tarcísio recebeu a notícia de que o ministro Tarso Genro anunciará pessoalmente a disponibilidade da verba na abertura da Conferência Municipal de Segurança Pública, que acontece às 9h30 desta sexta-feira, 15, no Centro Universitário Feevale. Por fim, após breve visita ao Ministério da Saúde e à Secretaria Especial de Relações Institucionais, o prefeito encerrou sua agenda na Secretaria Especial de Saneamento, onde apresentou carta-consulta relativa a obras de saneamento básico nas bacias dos arroios Luiz Rau e Pampa. Os recursos totalizam R$ 75,9 milhões.
C O N V I T E A O P Ú B L I C O

PROGRAMAÇÃO das festividades pela inauguração da Igreja Três Reis Magos

9:00 - Culto Festivo de REINAUGURAÇÃO da Igreja Três Reis Magos.
11:00 - Apresentação Musical da BANDA DO 19º BIMTZ DO EXÉRCITO na Praça
Guilherme Ludwig, em frente à Igreja Três Reis Magos.
12:00 - ALMOÇO (colonial alemão) no Centro Comunitário da Comunidade Evangélica.
(Cartões devem ser adquiridos até dia 15 (sexta) na Secretaria da Comunidade).
15:00 - Apresentação do Grupo vocal CANTA LOMBA na Praça Guilherme Ludwig, em
frente à Igreja Três Reis Magos.
16:30- Apresentação do músico MAURO HARFF na Praça Guilherme Ludwig, em frente
à Igreja Três Reis Magos.
18:00 - Apresentação da ORQUESTRA DE SOPROS DE NH, na Igreja Três Reis Magos.
Ingresso : Uma peça de roupa de inverno para a Campanha do Agasalho.
Funcionarão no Espaço do Centro Histórico , durante todo o dia (das 10:00 às l8:00h)
- Vacinação (gripe e febre amarela) para idosos no Posto de Saúde de SEMSAS.
Ingresso: Uma peça de roupa de inverno para Campanha do Agasalho.
- Coreto em frente ao Museu : Feira de produtos coloniais de Lomba Grande.
- Museu Schmit-Presser : Plantão da equipe do Projeto de REVITALIZAÇÃO DE HV
- Fundação Scheffel
- Maracanã : Exposição de Fotos Antigas de Hamburgo Velho e Mateada , onde será
distribuida erva-mate e água quente para chimarrão (levar cuia,bomba e térmica)
- Brechó no Centro Comunitário da Comunidade Evangélica.
- Biblioteca Infantil do Pindorama (leitura e arte para crianças).
- Casa Weick , localizada ao lado da Praça Guilherme Ludwig. Também conhecida como
"antigo Cartório". Restaurada pelo Arquiteto Zink, estará aberta para visitação.
E mais: Supermercado Nacional - Restaurante Del Pietro - Lancheria e Chopperia Hosana
- Móveis Vitória - Atelier de Mosaicos - Evandro Cabeleireiros - Burgobrás
- Equipamentos para Ar Condicionado - Clinica de Quiropraxia - Clinica de Reeducação Alimentar - Espaço de Arte Anderson Neves - Farkos Jóias e Decoração
- Ladeira 43 Roupas Femininas - Ativo Escritório Contábil
Estacionamento: Todo o lado direito das ruas do Centro Histórico e o pátio do Supermercado Nacional.
Realização: Associação dos Moradores do Bairro de Hamburgo Velho e
Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Hamburgo Velho

LIONS PÉROLA DO VALE NA CAMPANHA DO AGASALHO 2009

LIONS CLUBE NOVO HAMBURGO PÉROLA DO VALE engajado na Campanha do Agasalho 2009 faz sua entrega anual de enxovais de bebês para novas mamães , no Hospital Municipal, nesta sexta-feira às 9:30 horas.Esta é uma atividade que o Clube realiza há 18 anos, envolvendo integrantes e parceiros.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Coordenadoria de Juventude realiza seminário para qualificação de gestores

Com a realização do I Seminário Estadual de Gestores e Agentes de Juventude, os municípios da região promovem a primeira ação integrada para discutir políticas para a juventude. O evento, que acontece nos dias 15 e 16 de maio (sexta e sábado) na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Canoas (rua Ipiranga, 925, Centro), é uma iniciativa da Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude de Novo Hamburgo em parceria com a Coordenadoria de Juventude de Canoas. A atividade também conta com o apoio das diretorias de Juventude de São Leopoldo e Esteio, além da Secretaria de Cultura, Esportes e Juventude de Gravataí.

O credenciamento abre às 8h da sexta-feira e a programação inicia com o painel “A crise mundial e os impactos na juventude”, no qual expõem suas idéias os economistas João Sicsu e Jorge Abrahão de Castro, do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), e o diretor do Departamento de Políticas de Trabalho e Emprego para a Juventude, Leonardo Müller. À tarde, outra mesa reunirá o secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Juventude e vice-presidente do Conselho Nacional de Juventude, Danilo Moreira, e representantes dos Ministérios do Esporte, Educação e da Agricultura.

De acordo com o coordenador de Políticas Públicas para a Juventude de Novo Hamburgo, Roger Correa, este será um dos pontos altos do seminário. “A participação de membros do Governo Federal oportunizará que todos se apropriem das políticas em andamento a nível nacional”, observa Correa. No sábado pela manhã, a programação inclui o relato das experiências vivenciadas em cada município pelas coordenadorias e entidades participem as atividades. Durante o encontro, segundo Correa, será aproveitada a presença das diversas representações para a criação de um Fórum Estadual de Gestores de Juventude. “O principal momento do Seminário será este, porque o fórum pretende ser um espaço permanente para trocas de experiências e articulação das políticas públicas, tanto entre os espaços de juventude nos governos como com a sociedade civil, através das entidades e movimentos sociais”.
Imprensa Prefeitura Novo Hamburgoimprensa@novohamburgo.rs.gov.br
NEGROS AJUDARAM NA CONSTRUÇÃO DE NOVO HAMBURGO

Abolição da escravatura completa 121 anos no dia 13 de maio

O Coordenador de Políticas Públicas de Igualdade Racial de Novo Hamburgo, Eduardo Gomes da Silva, conhecido como Tamboreiro, ocupou a tribuna para falar sobre o dia 13 de maio de 1888, data da Abolição da Escravatura, na sessão de quinta-feira 12 de maio. A convite do vereador Gilberto Koch, do PT, o coordenador divulgou, também, sobre o 1º Seminário Preparatório para a 2ª Conferência Estadual de Igualdade Racial, realizado na Escola de Samba Cruzeiro do Sul, no último final de semana.

Eduardo Silva fez um resgate da história escravocrata brasileira, lembrando impressionantes fatos que marcaram o período da escravidão, como o Brasil ter sido o último país a acabar com o regime. Falou também sobre as políticas afirmativas, como as cotas raciais. Destacou que 70% da população se diz não racista, no entanto, mais de 70% são contra as cotas. "Quando tem de incluir o negro, dar espaço a ele, não pode. São em questões como essa que vemos o verdadeiro racismo", disse.

Mesmo reconhecendo a importante luta de brancos e negros, que se revolucionaram e lutaram pela abolição da escravatura, Tamboreiro ressalta que a data não é comemorada "com foguetes".

Eduardo resgatou a realização do Seminários Preparatório, ressaltando que avançaram em propostas. "Foi um momento de discussão de métodos. A questão racial não compete somente aos integrantes do movimento negro, mas a todos que querem um sociedade mais justa. Quando a igualdade racial acontecer, atingiremos uma melhor qualidade de vida em todas as áreas: sáude, segurança, por exemplo", disse, acrescentando que, atualmente, 47% da população é parda. "Só em Novo Hamburgo temos cerca de 50 mil negros, que chegaram há muito tempo e ajudaram a construir a história dessa cidade".

Os vereadores Gilberto Koch e Matias Martins, ambos do PT, Ricardo Ritter, do PDT, Jesus Maciel Martins, do PTB, e Sergio Hanich, do PMDB, parabenizaram o Coordenador de Políticas Públicas de Igualdade Racial pelas ações realizadas nesses meses de governo.

Betinho relatou que participou do Seminário preparatório. Parabenizou pelo trabalho realizado e pela importância de discutir a presença negra na sociedade. "Não podemos lembrar somente o seu destaque no carnaval e no futebol, mas na política também", disse. Pediu mais ações na Semana de Consciência Negra, a fim de buscar o aceleramento das políticas de inclusão social.

Matias Martins ressaltou os desafios enfrentados diariamente pelo Tamboreiro, principalmente por ser uma coordenadoria nova. Colocou-se à disposição do movimento para que possa contribuir no que for possível.
Jesus Martins citou exemplos de personalidades que resgataram a atuação negra na sociedade. "Todos merecem as mesmas condições e tratamento", finalizou.

A abolição

Nesta quarta-feira, 13 de maio, comemora-se a Abolição da Escravatura no Brasil. Em 2009, o feito completa 121 anos. Em 1988, a princesa Isabel, filha de dom Pedro II, assinou a Lei Áurea, libertando os escravos. O fim da escravatura foi decidido no Senado, estimulado pela força do movimento abolicionista e pelo chefe do Gabinete Ministerial, Senador João Alfredo Corrêa de Oliveira.

Desde o período colonial, o trabalho escravo, associado à grande propriedade rural, esteve na base da economia brasileira.

A escravidão começou a declinar em 1850, com o fim do tráfico de escravos. Entretanto, a campanha abolicionista só tomou impulso a partir de 1870, quando setores de uma classe média emergente, formada por intelectuais, militares, pequenos empresários, advogados, jornalistas e outros profissionais liberais, começaram a se mobilizar pelo fim da escravidão.

Para esses setores, que se beneficiavam da prosperidade urbana e da educação, a escravidão era tida como uma deformação que provocava atraso econômico e degradação social.
EDIÇÃO 13 DE MAIO DE 2009

Pólo hamburguense da UAB abre inscrições
para candidatos a tutores e estudantes


A unidade de Novo Hamburgo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) está com inscrições abertas para candidatos a estudantes e tutores para os cursos da universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). As aulas têm início no dia 29 de junho, no Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP), que fica no 3º andar, na Av. Pedro Adams Filho, 4918, no Centro.
Os cursos oferecidos são de Física para Educação Básica; Informática Instrumental para Educação Básica; e Matemática – Mídias Digitais – Didática: Tripé para Formação do Professor de Matemática, todos à distância.

Estudantes
O curso é destinado a professores e demais profissionais da educação, com 30 vagas disponíveis em cada um dos cursos. As inscrições devem ser feitas exclusivamente através da internet no site www.ufrgs.br/uab até o dia 5 de junho. Para efetuar a inscrição, o candidato deve entregar os documentos no pólo hamburguense da UAB, também até o dia 5 de junho.
A seleção dos candidatos será feita através da análise dos formulários de inscrição e dos documentos enviados. O resultado será divulgado a partir do dia 12 de junho, no site da UFRGS.

Tutores
Os candidatos a tutores devem possuir nível superior completo na área de interesse do curso e ter experiência de magistério mínima de um ano. Em Novo Hamburgo, há uma vaga de tutor para cada curso oferecido.
As inscrições seguem até o dia 29 de maio, mediante o preenchimento do formulário disponível no site da UFRGS. A documentação exigida pode ser entregue até o dia 29 de maio, no pólo da UAB de Novo Hamburgo.
Os tutores serão escolhidos mediante análise do currículo de cada candidato. Os resultados serão divulgados no dia 3 de junho, também no site da instituição. Os editais podem ser conferidos no site www.ufrgs.br/uab.
Maiores informações sobre a seleção de tutores e alunos pelo telefone (51) 3593-2043.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Edição 12 de maio de 2009


Festa de aniversário de 98 anos do Novo Hamburgo reuniu cerca de 500 pessoas

A noite da sexta-feira, 8 de maio, foi de gala para o Esporte Clube Novo Hamburgo. Em um baile realizado no Restaurante Panôramico da Fenac, o clube comemorou seus 98 anos de história no futebol gaúcho e brasileiro. O Noia fez aniversário no último dia 01/05. O evento reuniu cerca de 500 pessoas, que se divertiram ao som do Serginho Show, que animou a festa até o início da madrugada de sábado. O baile de 98 anos do Novo Hamburgo contou com a presença de atuais dirigentes, ex-dirigentes, jogadores e ex-jogadores, como por exemplo, de Libório Moeller, ex-atleta do clube na década de 40. Autoridades políticas também se fizeram presentes, como o ex-prefeito Jair Foscarini, o atual prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, os vereadores Leonardo Hoff e Ricardo Ritter, o deputado federal Renato Molling e o presidente da Sulgas, Ademir Schneider, que também representou a governadora do Estado Yeda Crusius.

Fotos: Eduardo Pires/Onze!Futebol /Agência Onze!Futebol -


segunda-feira, 11 de maio de 2009

Polegar Edição 42

Polegar


POLEGAR EDIÇÃO 42 – DIA DAS MÃES – MAIO DE 2009

EDITORIA GERAL
Gabinete da Primeira-dama lança Campanha do Agasalho 2009

O Gabinete da Primeira-dama lança na próxima semana, dia 11, às 18h30min, no Auditório do Grupo Editorial Sinos, a Campanha do Agasalho 2009. Elaborada pelo Centro Universitário Feevale, a iniciativa tem como slogan “Aqueça o seu coração”. O objetivo é arrecadar agasalhos para as pessoas carentes do município. Neste ano, a campanha buscará também o envolvimento da comunidade hamburguense e a mobilização dos alunos das escolas municipais.
Para a primeira-dama de Novo Hamburgo, Sílvia Zimmermann, esta será mais uma oportunidade para a população se mostrar generosa com o próximo. “Já tivemos uma ótima participação da comunidade na primeira campanha proposta pelo gabinete, que tinha como objetivo arrecadar material escolar. Agora, estaremos mais uma vez buscando o auxílio da comunidade para arrecadar agasalhos, mantimentos e roupas de cama para os mais necessitados”.
Com o apoio da Feevale, Grupo Sinos e Brindes Novo Hamburgo, a Campanha terá coleta nos seguintes locais: ACI NH/EV/CB, Câmara de Vereadores, Carrefour , CDL, Corpo de Bombeiros, Ipasem, SESC NH, Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, Tabelionato Fischer, Colégio Sinodal, Escola Oswaldo Cruz, Escola Pio XII, Fundação Evangélica, Escola Santa Catarina, Feevale, Grupo Editorial Sinos, Rádio ABC, Postos Ipiranga, Postos Race Trac e Posto Audi (bairro Guarani).
Estarão presentes no Lançamento o prefeito Tarcísio Zimmermann, a primeira-dama Sílvia Zimmermann, a vice-prefeita Lorena Mayer, secretários municipais, vereadores, colaboradores da prefeitura e do Grupo Sinos, apoiadores da campanha e comunidade em geral.
Maiores informações pelo telefone 3594-9990 ou pelo e-mail gabdama1@novohamburgo.rs.gov.br

EDITORIA POLÍTICA

Yeda lança Consulta Popular 2009
com orçamento de R$ 115 milhões


Com orçamento de R$ 100 milhões, a governadora Yeda Crusius lançou, na quarta-feira (6), no Palácio Piratini, a Consulta Popular 2009. Anunciou que, além deste valor, estão orçados mais R$ 15 milhões, que serão divididos como bônus entre as regiões do Estado com maior número de votantes. A meta do governo é a participação de pelo menos 1 milhão de eleitores. "É uma bela aposta de que acreditamos no crescimento do Rio Grande do Sul, no orçamento realista de 2010 e no respeito ao voto popular", disse a governadora, que também apresentou novidades na edição deste ano, como a ampliação, de dez para 14, do número de projetos estruturantes que constarão na cédula de votação e de três para quatro os projetos selecionados na primeira fase.

Yeda também destacou que, quanto maior o orçamento e mais eficiente o ajuste das contas públicas, maiores serão os recursos remetidos para a escolha popular. "É isso que fizemos este ano", frisou. Em 2007, foram destinados R$ 40 milhões para a Consulta e, em 2008, R$ 50 milhões. "O Estado está enfrentando a crise em pé, e podemos dizer que ela gera diminuição de receitas, redução de ICMS e queda nas transferências da União", acrescentou. Yeda reafirmou que o Rio Grande do Sul de ontem nunca foi uma terra arrasada e disse que tem orgulho dos legados de participação popular recebidos na sua gestão.

Afirmou ainda que o Estado construído hoje não destroi o passado. "O nosso jeito de governar é trazer para hoje o resultado da democracia gaúcha acumulado por muitas décadas", disse. Como decisão política da governadora, o Estado administrou a dívida de R$ 373 milhões de edições anteriores da Consulta Popular. O pagamento foi assumido mediante protocolo de intenções firmado com diversas entidades. "A Consulta apresentava imperfeições. O problema era estrutural, e não vontade do governante. Era um sintoma do desequilíbrio financeiro do Estado", afirmou. A governadora esclareceu que os débitos passados foram reprogramados e garantiu que vai deixar zerado o débito futuro.

A dívida de R$ 183 milhões, referente a serviços prestados por empreiteiras, fornecedores, hospitais, prefeituras e cooperativas, para atender a demandas das votações de 2003, 2004 e 2005, passou a ser amortizada mensalmente, conforme o fluxo de caixa. Os R$ 190 milhões referentes à Consulta de 2006 estão sendo pagos pelo Estado em quatro parcelas anuais de R$ 47,5 milhões - a última será repassada em 2010. Em dois anos, o governo Yeda Crusius já desembolsou R$ 186.725.722,00 - incluindo os passivos financeiros - para custear projetos votados.

A votação deste ano vai ocorrer no dia 5 de agosto, entre as 8h e 21h, com pelo menos uma urna em local de fácil acesso em cada município. O eleitor também poderá votar pela internet, das 8h às 24h, utilizando título de eleitor e carteira de identidade. No dia 13 de agosto, o resultado final será homologado pela Comissão Geral de Coordenação da Consulta Popular e passará a fazer parte da proposta orçamentária para 2010. O plebiscito é organizado por uma comissão geral presidida pelo secretário de Relações Institucionais, Celso Bernardi, e integrada por representantes de secretarias e entidades.

COLUNA DO JOÃO SILVESTRE
COISAS DA POLÍTICA

O primeiro a gente não esquece
Não demorou muito para surgir o primeiro escândalo do governo Tarcísio. E com gravação e assédio sexual, envolvendo o ex-secretário da Fazenda, senhor vereador Matias Martins, eleito pelo PT com 1948 votos. Nas minhas andanças por Novo Hamburgo, ouvi de um funcionário efetivo da Prefeitura que Matias não duraria seis meses, que na pasta da Fazenda teriam problemas e coisa e tal. E acertou na mosca. Na próxima vez que encontrar esse funcionário, vou pedir à ele quais serão os próximos números da megasena.

O Ica tá na mão certa
Vivemos tempos tão complicados na política, que fidelidade e compromisso são tratados com demérito. É o que posso deduzir lendo a degravação do CD, supostamente com a voz de Matias, dizendo em tom pejorativo, que o governo só tem o vereador Ica Ritter na mão. Até parece que o fato de Ica ser fiel à coligação, e ao governo, é pejorativo. Pois é o contrário.

CPI
Morrendo de medo de uma nova CPI, o governo Yeda corteja deputados do DEM, PTB, PMDB e até do PDT. Da Casa Civil, partem ligações questionando o que os parlamentares necessitam. Estrada, recursos para saúde, liberação de emenda.
É o jogo.

A farsa da prévia no PT-RS
Se Ricardo Berzoini (presidente nacional dos petistas) disse com toda a clareza que o processo de escolha do PT-RS não encontra respaldo no estatuto, que o que vale é a diretriz nacional, por que então a imprensa gaúcha dá tanto espaço para a disputa entre Tarso Genro e Ary Vanazzi. Se não tem validade essa disputa, Vanazzi poderia voltar-se à cidade que o reelegeu com folga e cuidar mais dela. As assembléias do OP em São Leopoldo, por exemplo, estão suspensas. Os partidos da base aguardam nomeações desde janeiro. E Vanazzi anda por aí, em campanha que não é campanha, embora tenha obtido largos e generosos espaços na mídia. Acho que, na verdade, é isso que importa.

COLUNA MIRANTE

As bancas
Uma das metas do secretário Carlos Finck, da Sedetur, é dar uma revigorada no Centro de Novo Hamburgo. E essa intenção passa, naturalmente, por dar uma mudança de visual nas bancas, tradicional local de lancherias, ponto de referência no coração da cidade. Tornar o local aprazível, limpo, com segurança e boas opções aos frequentadores são planos do secretário (foto), que conta com o apoio de muita gente que habitualmente passa pelo local e pede melhorias com urgência.

Nuvens carregadadas sobre a prefeitura
Depois de ter disputado a sua terceira eleição municipal em Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann chegou, enfim à prefeitura. Mas os primeiros meses parecem ser uma prova de fogo para o novo chefe do executivo hamburguense. As altas dívidas recebidas, o recuo na arrecadação e no orçamento por causa, principalmente, da crise financeira internacional e, agora, problemas mais recentes e localizados dentro da administração municipal.
Os funcionários ameaçaram entrar em greve, por não receberem o aumento correspondente à inflação de 5,94%. Além disso o secretário da Fazenda, Matias Martins, pediu demissão e voltou à Câmara (é vereador pelo PT), envolvido numa acusação de assédio sexual, por uma colega funcionária. Neste mesmo episódio uma outra acusação, desta vez envolvendo comissões em pagamentos para algumas empreiteiras.
É ou não é uma prova de fogo?! E isso que o primeiro semestre ainda nem terminou.

Progressista Leonardo Hoff assume a Presidência da Câmara de NH
O vereador Leonardo Hoff, líder da bancada do PP e vice-presidente da Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo, assume a presidência da Casa nesta quinta-feira (07/05/09). O presidente do Legislativo hamburguense, Antônio Lucas (PDT), ficará em licença-saúde por quatro dias e, na próxima semana, participa de atividade parlamentar externa.

Fotografias da Câmara em portal gratuito
A Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Novo Hamburgo está disponibilizando, desde 22 de abril, fotos em alta qualidade em um portal de hospedagem gratuito: o Flickr. A iniciativa foi tomada para facilitar o acesso dos jornalistas e demais interessados às fotografias feitas durantes as sessões plenárias, as audiências, os seminários e as atividades parlamentares. Organizada sob a forma de álbuns digitais, basta acessar www.flickr.com/photos/camaramunicipaldenovohamburgo para baixá-las.
O objetivo é que todas as fotos deste ano sejam postadas neste portal o mais breve possível.

COLUNA DE ECONOMIA – LUIZ PERCY DENARDIN

SEU DINHEIRO
SEM COMENTÁRIO

Agora o Governo quer mexer na poupança. Estão querendo baixar o único rendimento que o pequeno poupador tem. Quando as cadernetas estavam perdendo para todos os rendimentos das outras aplicações financeiras não pensaram nisso. Agora que o rendimento da poupança está compatível com o rendimento de outros ativos querem tirar o pequeno ganho dos poupadores. E o pior que isso, com o motivo torpe, que o rendimento da poupança está impedindo a queda da taxa de juros. Bom, a resposta os poupadores já estão dando, no mês passado houve o saque da 1 bilhão nas cadernetas.

Dinheiro este que pode ter migrado para outras aplicações, ou para o consumo, apesar dos índices de consumo não estarem demonstrando isso. Como se não bastasse, estamos com uma inflação em alta, o que torna mais difícil ainda a vida do peão. Portanto, dá uma olhada só no quadro, desemprego aumentando, inflação em alta, e o rendimento da poupança em baixa.

Quem vai pagar a conta?! Acertou; os mesmos, o povo. Além disso, a arrecadação do Governo continua caindo, apesar de pagarmos uma das mais altas cargas de impostos do mundo. E qual a desculpa para a má administração da coisa pública?! Acertou de novo, a crise mundial. Bom, agora a crise mundial justifica tudo. Toda a ineficiência e má gestão são justificadas pela crise mundial, isso que ainda não jogaram a culpa na gripe suína que até trocaram de nome so pra confundir a cabeça do povo que está correndo aos postos para tomar a vacina contra a febre amarela e os velhinhos para tomar a vacina contra a gripe. Que loucura! Fico imaginando a situação de um ancião de 60 anos (sim, porque quem tem 60 anos neste país é considerado ancião vulgo velinho) com duas injeções nos braços, uma do lado direito a da gripe, outra no esquerdo a da febre amarela, vendo o rendimento da sua poupança baixando, de mascara no rosto contra a gripe suína e desempregado (porque ninguém dá emprego para pessoas com 60 anos). Você tá rindo né?! Mas é de chorar, não de rir a situação do idoso neste país. Não consegue emprego, e está no auge do seu conhecimento e experiência, não tem assistência médica porque a saúde publica não funciona e ainda ganha uma mixaria de aposentadoria que so diminui com o passar dos anos. Que país é este que tem tamanho descaso com aqueles que o construíram?! Onde estão os valores e o respeito daqueles que estão no poder?! E pior ainda, o que vai ser desta juventude que hoje que é conivente com este estado de coisas que logo ai vai estar nesta mesma situação. Ta na hora de se por a mão na consciência e começar a mudar este estado de coisas. Pois quem não respeita o passado não tem direito a um futuro.

LITERATURA


LIVRO CONTOS CRESPOS


Contos Crespos

Amor e ódio, amizade e indiferença, carência e luta, desespero e resignação, resistência e protesto são alguns dos temas presentes em “Contos Crespos”, o mais recente livro do escritor Cuti (Luiz Silva), a ser lançado no dia 08 de maio próximo, às 18:00 horas, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, no Centro de Porto Alegre.
De forma inteligente e sensível, Cuti registra as vivências de homens e mulheres negras, conferindo ao seu trabalho uma forte conotação social. Ao mesmo tempo em que, de maneira singular, seus contos revelam o talento de quem sabe fazer e faz da linguagem escrita uma obra de arte.
Conforme disse a professora da Universidade de Bielefeld, na Alemanha, Moema Parente Augel, a obra de Cuti “espelha uma atitude pessoal. É uma literatura de forte impacto social, acusatória, incômoda e rebelde, utilizando recursos estilísticos os mais diversos, lançando freqüentemente mão da ressonância verbal, do encadeamento de significantes sonoros ásperos e agressivos, procurando refletir esteticamente o seu estado de espírito”.
Décimo primeiro livro do autor, “Contos Crespos” vem se juntar a uma diversificada produção literária que teve início quando ele ainda era estudante universitário. Era final dos anos 70 e Cuti escrevia para revistas de estudantes e periódicos negros paulistas. Cuti nasceu em Ourinhos (SP), em 1951 e viveu em Santos até os 23 anos. Depois se mudou para São Paulo e estudou Letras na USP, onde licenciou-se em 1980. Mestre em Teoria da Literatura e Doutor em Literatura Brasileira, pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp.


Obras
Em 1978 publicou seu primeiro livro individual, Poemas da Carapinha, em 1982 Batuque de Tocaia, também poesia, em 1983 a peça de teatro Suspensão, em 1987 mais dois livros, Flash Crioulo (poemas) e Quizila, de contos. Em 1988, a novela Pelada Peluda no Largo da Bola (infanto-juvenil) e o livro de memórias, ...E Disse o Velho Militante José Correia Leite, em parceria com o depoente. Em 1991, Dois Nós na Noite (teatro), e em 1992, o poema Vínculo, em edição trilíngue, em português/inglês/alemão, no livro de fotos do bailarino Ismael Ivo, com arte de Anno Wilms.
Em 1995 publicou textos na Callalloo, Revista de Artes e Letras Afro-Americanas e Americanas, patrocinada pela Universidade da Virgínia, em comemoração ao tricentenário da morte de Zumbi dos Palmares. Publicação bilíngue.
Cuti foi um dos fundadores e mantenedores da série Cadernos Negros, de 1978 a 1993. e do grupo literário Quilombhoje, de 1980 a 1994, ambos de São Paulo. Tem participação em várias coletâneas nacionais sobre literatura negra e nas edições bilíngues alemãs e portuguesas, Schwarze Poesie, de 1988 e Schwarze Prosa, de 1993. É co-autor em outras obras como a peça teatral Terramara, com Arnaldo Xavier e Miriam Alves, de 1988, Consciência Negra do Brasil – Os Principais Livros, com Maria das Dores Fernandes, e Quilombo de Palavras – CD de poesia, com Carlos de Assumpção. Também o autor tem publicações em vários jornais, revistas e eventos, tendo participado, também, da 33a e da 40a Reunião Anual da SBPC, realizadas em Salvador e São Paulo, respectivamente, bem como de duas edições da Feira do Livro de Porto Alegre.
Sua peça “Transegun” foi encenada, em 2003, pelo Grupo Caixa Preta, de Porto Alegre, e, em 2006, o mesmo grupo apresentou, também de Cuti, o monólogo “Madrugada, me proteja!”.
Para o lançamento de “Contos Crespos”, sexto livro de Cuti publicado pela Mazza Edições, de Belo Horizonte, está prevista a leitura do conto “Entreato”, pelo autor, um debate sobre esse conto, com a participação da Dra. Lúcia Regina Brito Pereira e do professor e escritor Jorge Fróes. Em seguida haverá sessão de autógrafos. Maiores informações pelos telefones (51) 3248-3327, com Eliane Gonçalves, ou pelo e-mail elianebibliotecaria@terra.com.br, ou ainda com Cuti pelo telefone (11) 9966-6268, e no site www.cuti.com.br.

CULTURA

Declaração Universal dos Direitos dos Boêmios


01)-Todos os Boêmios Cósmicos até de além da Via Láctea, têm o mesmo direito à vida noturna, notívaga, da fauna seresteira, sem tirar nem pôr. E todo Boêmio é um filósofo para muito bem discutir futebol, mulher, política, religião e objetos não identificados, principalmente depois da saideira que nunca termina de ser a antepenúltima...

02)-Todos os Boêmios têm direito ao respeito e a proteção dos abstêmios e mesmo à proteção da lei da vida urbana e das autoridades constituídas, até porque, as grandes revoluções e guerras podem começar ou terminar nos bares e é melhor prevenir do que remediar

03)-Nenhum Boêmio deve ser maltratado, tendo sempre direito a pinduras, fiados, cheques borrachudos ou mesmo até algumas biritas e saideiras por conta de amigos do chamado “Lar Doce Bar” ou mesmo por conta da casa, porque Boêmio que presta é Boêmio que não troca o destilado pelo duvidoso. Edepois, falando sério, pode ser melhor deste lado do que do lado de lá... Deus abençoe o limão e o açúcar. Meu reino por uma garrafa de cachaça.

04)-Todos os Boêmios inveterados e incorrigíveis, têm o direito de viver para sempre no seu habitat rueiro de gracioso natureba-etílico em peregrinação, entre as musas, amantes e amigas do alheio, longe dos que têm cérebro de minhoca, os subcretinos e os alcoólatras anônimos

05)-A esposa-vitima que o Boêmio escolher para ser sua eternal companheira na alegria e na falta de cerveja, no álcool nosso de cada dia ou na ressaca, não deve nunca abandoná-lo como a um Engov ou Sonrisal usado. Abandonar um boêmio é condená-lo ao dezelo íntimo que resultará numa cirrose como seqüela de seu desmanche como ser e como humano. E depois, beber é divino.

06)-A nenhum Boêmio deverá ser causado qualquer dor de qualquer natureza, e a mulher que o deixar e o trair por ser biscate, será para sempre renegada por todos os viventes com consciências arejadas, cairá na vida e será uma qualquer na vida difícil sem ele, um incompreendido pelas pedaçudas de miolo mole e certos interesses escusos de percurso. Para compreender um Boêmio tem que ter olhos de santa, abraços de estrelas e alma avelã.

07)-Todo ato que põe em risco a vida ou o fígado do Boêmio, é um crime contra a natureza e a sua orquestra cósmica de preservação dos seresteiros, cantadores, trovadores, louvadores da vida e da beleza da vida por atacado. O Bar é nosso e ninguém tasca. E artistas bebem para suportarem a insanidade e o cinismo de parte da sociedade de lucros impunes, riquezas injustas, propriedades-roubos e falsidades cênicas

08)-A poluição da vida (becos e guetos), do bar (estranhos e pára-quedistas), de praias e montanhas, de terras lindas como Itararé, Cidade Poema, Shangri-lá, Pasárgada, Terra do Nunca, Paris, Rio de Janeiro, será considerada um crime contra a existência dos boêmios que são livres pela própria natureza, cantadores por ócios do oficio, com suas contentezas e prazeiranças de alegrar mundos e fungos, ícaros e almas naus, periferias cor-de-rosa e bares risca-facas. Saravá, Pixinguinha e Maestro Gaya. Os que não sabem beber são saúvas. E as saúvas ainda vão acabar com o Brasil. Camarada, que bom que você veio.

09)-Os direitos dos Boêmios serão defendidos por lei e valias desde logo em todos os foros de respeito à vida, à lua crescente ou cheia, à imaginação fértil e às barulhanças do bem viver em paz e com a alma aberta, até porque, ninguém é de ferro e, como disse o Chico Buarque do Brasil - o maior porrista de todos - a seco ninguém segura esse rojão

10)-O ser humano deve ser educado desde a tenra infância ainda no materno seio doce ou na mamadeira-chuqinha com suco de uva pra preparar o desfrute no devir – e deve saber que da água viemos e à cerveja voltaremos, e deve com sensibilidade temporã observar, respeitar e compreender o seu próprio despertar de uma paisana consciência cívica e ético-plural-comunitária (humanismo de resultados), pois, os animais que são puristas amam os bêbados e seus correligionários, mas, principalmente, se não tiver competência etílica ou asa luz para ser um verdadeiro Boêmio de fé e estirpe – e pescador, mentiroso, poeta e contador de causos do álcool da velha - que pelo menos respeite os Baristas e suas vidas ilustres nas constelações noturnas como pirilâmpadas do viver cada dia como se o mundo fosse acabar. E depois, Boêmio não tem terceira idade, tem terceira infância, e é melhor morrer de porre do que de tédio. Ai que preguiça! O mundo não vai acabar em fogo em enxofre com choro e ranger de dentes, mas acabar em cerveja transgênica com gargalo de espuma radioativa, chorinho e ranger de petiscos nos dentes. E nunca bebam ao dirigir, que a latinha pode cair...

E fica o dito pelo não dito. Quem quiser que conte outra, e vamos pedir mais uma rodada que o fígado faz mal à cerveja e depois, malte, levedo, lúpulo, e cevada, é muito melhor do que água, pois os peixes fazem sexo na água. Aleluia Biriteiros. O céu pode esperar. Ave Itararé! Mãos ao Álcool!

-0-
Poeta Silas Corrêa Leite – Boêmio Pela Própria Natureza
Poema da Série “Há Bares Que Vêm Pra Bem - Confesso que Bebi”
Estância Boêmia de Itararé, Chão de Estrelas – “A história do Brasil passa por aqui” - Capital Artístico-Cultural-Etílica da Região Sul do Estado de São Paulo, em boa safra de uva, milho, feijão, calcário, bares, beiras de rios, cevas, luares e, é claro, muita cana-de-açúcar que o céu pode ser lá
E-mail: poesilas@terra.comr.br


EDUCAÇÃO

A NOVA ORTOGRAFIA

Muito se falou e se fala sobre a nova reforma na língua portuguesa. Alguns são a favor, mas pelo que se vê, a maioria é contra. Há uma crise pessoal diante da mudança ortográfica: como vou escrever e ler de forma diferente?, Como vou aprender algo que já tenho como certo e que agora está errado? Como vou ensinar os meus filhos a falar se a pronúncia está diferente?

Alguns desses pensamentos sobre o acordo ortográfico estão equivocados, principalmente o da última pergunta! É importante saber que o modo como as palavras são pronunciadas continua da mesma maneira, bem como o vocabulário e a sintaxe (a organização dos termos na oração).

A respeito do tempo para saber o que é certo e errado com a nova lei, foi assinado, em 29/09/08 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um decreto que estabelece algumas normas durante o período de transitoriedade para a nova grafia, o qual iniciou-se em 1º de janeiro de 2009 e vai até 31 de dezembro de 2012. Durante este tempo, conviverão as ortografias anterior e prevista.

Este decreto de nº 6583 contou com a participação daqueles que entraram em contato até setembro/08 com o Ministério da Educação através de um e-mail disponibilizado no site deste órgão federal. Por meio deste contato, qualquer cidadão poderia dar sugestões para serem incorporadas no decreto de transição e também esclarecer dúvidas sobre a nova lei na ortografia.

A reforma ortográfica era para entrar em vigor desde 1990, no entanto, somente três países tinham assinado o protocolo modificativo do Acordo Ortográfico: Brasil, Cabo Verde e Portugal. Em julho de 2004 houve uma ratificação do mesmo que regulamentou a concordância de apenas três países quanto à reforma ortográfica para que a mesma pudesse vigorar.

De acordo com o Ministério da Educação, o acordo ortográfico visa simplificar e aprimorar a língua em todos os países da comunidade lusitana. Além disso, o governo poderá reforçar acordos de cooperação entre os países que falam português, como ampliar o acordo de ensino com o Timor Leste, por exemplo.

Segundo o ministro da educação Fernando Haddad, os livros didáticos serão substituídos por outros atualizados com as novas regras ortográficas. A pretensão é de que em 2010 os alunos de 1º a 5º ano estejam com os novos materiais didáticos, seguidos do 6º ao 9º ano em 2011 e o ensino médio em 2012.

Todo processo de mudança exige adaptação e há fatores positivos e negativos. Porém, este acordo, com certeza, trará a unificação da CLP (Comunidade de países de Língua Portuguesa) e, portanto, mais união. A cultura será valorizada por meio de novas bibliografias lusitanas que agora poderão ser utilizadas, por exemplo.

Devemos pensar a reforma por um lado positivo, do sentido de unidade e cooperação que ela traz. Não estamos nos privando de nosso dialeto, ao contrário, estamos nos aproximando de nossos irmãos de língua e excluindo as barreiras culturais existentes entre os países que têm o português como idioma oficial, os quais não são poucos: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.
Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

O EMPREGO DO HÍFEN



Não se emprega o hífen:

1. Nas formações em que o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo termo inicia-se em r ou s. Nesse caso, passa-se a duplicar estas consoantes: antirreligioso, contrarregra, infrassom, microssistema, minissaia, microrradiografia, etc.

2. Nas constituições em que o prefixo ou pseudoprefixo termina em vogal e o segundo termo inicia-se com vogal diferente: antiaéreo, extraescolar, coeducação, autoestrada, autoaprendizagem, hidroelétrico, plurianual, autoescola, infraestrutura, etc.

3. Nas formações, em geral, que contêm os prefixos des- e in- e o segundo elemento perdeu o h inicial: desumano, inábil, desumidificar, etc.

4. Nas formações com o prefixo co-, mesmo quando o segundo elemento começar com o: cooperação, coobrigação, coordenar, coocupante, coautor, coedição, coexistir, etc.

5. Em certas palavras que com o uso adquiriram noção de composição: pontapé, girassol, paraquedas, paraquedista, etc.

6. Em alguns compostos com o advérbio “bem”: benfeito, benquerer, benquerido, etc.

Emprega-se o hífen:

1. Nas formações em que o prefixo tem como segundo termo uma palavra iniciada por h: sub-hepático, eletro-higrómetro, geo-história, neo-helênico, extra-humano, semi-hospitalar, super-homem.

2. Nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal do segundo elemento: micro-ondas, eletro-ótica, semi-interno, auto-observação, etc.

Obs: O hífen é suprimido quando para formar outros termos: reaver, inábil, desumano, lobisomem, reabilitar.

Para não gerar dúvidas, vejamos os casos mais comuns do uso do hífen que continua o mesmo depois do reforma ortográfica:

1. Em palavras compostas por justaposição que formam uma unidade semântica, ou seja, nos termos que se unem para formam um novo significado: tio-avô, porto-alegrense, luso-brasileiro, tenente-coronel, segunda-feira, conta-gotas, guarda-chuva, arco-íris, primeiro-ministro, azul-escuro.

2. Em palavras compostas por espécies botânicas e zoológicas: couve-flor, bem-te-vi, bem-me-quer, eva-do-chá, abóbora-menina, erva-doce, feijão-verde.

3. Nos compostos com elementos além, aquém, recém e sem: além-mar, recém-nascido, sem-número, recém-casado, aquém-fiar, etc.

4. No geral, as locuções não possuem hífen, mas algumas exceções continuam por já estarem consagradas pelo uso: cor-de-rosa, arco-da-velha, mais-que-perfeito, pé-de-meia, água-de-colônia, queima-roupa, deus-dará.

5. Nos encadeamentos de vocábulos, como: ponte Rio-Niterói, percurso Lisboa-Coimbra-Porto e nas combinações históricas ou ocasionais: Áustria-Hungria, Angola-Brasil, Alsácia-Lorena, etc.

6. Nas formações com os prefixos hiper-, inter- e super- quando associados com outro termo que é iniciado por r: hiper-resistente, inter-racial, super-racional, etc.

7. Nas formações com os prefixos ex-, vice-: ex- diretor, ex-presidente, vice-governador, vice-prefeito.

8. Nas formações com os prefixos pós-, pré- e pró-: pré-natal, pré-escolar, pró-europeu, pós-graduação, etc.

9. Na ênclise e tmese: amá-lo, deixá-lo, dá-se, abraça-o, lança-o e amá-lo-ei, falar-lhe-ei, etc.

SMED lança concurso de redação
para comemorar a Semana do Meio Ambiente

Para comemorar a Semana do Meio Ambiente, que será realizada entre os dias 5 e 12 de junho, a Secretaria de Educação e Desporto (SMED), lançou um concurso de redação para os alunos de 4º ao 8º ano das escolas municipais. A apresentação foi feita durante a reunião de equipes diretivas, na manhã desta quarta-feira, dia 6 de maio, no Centro Administrativo Leopoldo Petry.
As redações, que devem ter de 25 a 30 linhas sobre a temática “Como posso contribuir para minha escola ser ecológica e sustentável”, devem ser entregues até o dia 30 de maio, no setor de Educação Ambiental da SMED. Entre os critérios avaliados estão a criatividade e o conhecimento sobre a temática, além da coesão e estrutura textual.
Os autores dos 20 melhores trabalhos participarão de um dia com piquenique no Centro de Educação Ambiental Ernest Sarlet, em Lomba Grande. Os trabalhos também vão integrar exposições itinerantes, em diversos espaços públicos. O resultado do concurso será divulgado durante a Semana do Meio Ambiente de Novo Hamburgo.


SECULT discute ações para 27ª Feira do Livro

Representantes da rede pública e privada de ensino participaram, nesta quarta-feira, 6 de maio, de uma reunião com a Secretaria Municipal de Cultura para discutir e avaliar a realização da 27ª Feira Regional do Livro de Novo Hamburgo. No encontro, realizado no Centro de Cultura, foram apresentadas propostas de atividades que pretendem intensificar a participação de crianças e adolescentes na programação do evento. Algumas das ações previstas são o Encontro de Escritores Mirins e o Concurso Literário, além de uma gincana que deve unir esporte e literatura.
A 27ª Feira Regional do Livro de Novo Hamburgo acontece de 9 a 18 de outubro, na Praça do Imigrante.

Legenda da foto: Denise Mazzari, coordenadora da Biblioteca Pública Machado de Assis; Marilza Bitencourt e Cássio André dos Reis, da Secretaria de Cultura; Aniger Silva, bibliotecária do Colégio Marista Pio XII e Gelusa Luckmann, coordenadora pedagógica da 2ª CRE.




Coluna de Renate Gigel


‘O QUE ELAS PENSAM DE ...’


Meus amigos, ou meus caros leitores....
Nossa, ainda nem consegui tomar pé da coisa porque o tempo , parece que a todo instante, passa por nós como tempestade de areia, turbilhonando nossa vida, deixando nossa visão embaçada e nos fazendo correr cada vez mais atrás do próprio tempo.Diante disso, além do quadro assustador do momento de insegurança que aflige a tudo e a todos, deixando aflorar um sentimento nada alentador, o medo, me permiti usar o espaço para colocar no “Elas pensam ...” uma palavra que julgo fundamental em qualquer situação, seja no trabalho, nas relações, nas ações comunitárias, no trânsito, nas dificuldades, enfim, onde quer que possamos andar por esta vida:
Parceria
Olhar com o coração
Sentir no outro,sem falar,
O palpitar de seus anseios.
Dedicar atenção, participar.
Viver em sua vida,
Penetrar seu pensamento.
Instalar-se no ninho de seu olhar,
Partilhar de seus sentimentos.
Até na maneira de andar...
Buscar o que lhe agrada,
Tirar pedras de seu caminho,
Ir ao encontro, ajudar,
Rir junto, ficar feliz ao vê-lo se realizar.
Será que isto existe?
Se ainda há o que se chama amor e parceria
Existe cumplicidade terna,
Há sonho, esperança, vida e
Alegria.

Com isto quero renovar o convite a participarem do nosso “Elas pensam de...”, contatando rgigel@brturbo.com.br

“ Para escrever só existem duas regras: ter algo a dizer e dizê-lo” - Oscar Wilde


coluna - MARKETING -    SOELI de OLIVEIRA

ENTENDA, ATENDA E SURPREENDA SEUS CLIENTES

2ª PARTE

Independentemente de ser ou não um ano eleitoral, os clientes foram eleitos para pagar os nossos custos, e, portanto, promovidos a posição de chefes dos nossos negócios. Compram de nós e aceitam pagar nossos custos quando somos sensíveis para com as suas necessidades. Tem em suas mãos o poder de demitir do office boy ao presidente da empresa, basta ir comprar em outro estabelecimento. Acabou a fidelidade dos clientes em relação às empresas, quem tem a obrigação de ser fiel são as empresas para com seus clientes. Não tem mais lugar para propagandas enganosas e promessas não cumpridas.
Diante de tantas portas para entrar e comprar, se o cliente escolheu entrar em nosso estabelecimento é motivo de festa e de alegria. Os atendentes devem ser calorosos e prestativos sem serem afetados. Devem demonstrar paixão pelo que fazem e terem brilho no olhar, pois temos que conquistar os clientes a cada dia. O sucesso de um negócio acontece na medida em que somos capazes de satisfazer os anseios de nossos clientes.
Acabou a época do “manda quem pode e obedece quem precisa”, vivemos em uma nova ordem onde precisamos demitir “quem não faz o que se pede” como também “quem só faz o que se pede”.
A mão de obra foi substituída com vantagem pelas máquinas e o diferencial dos colaboradores está no cérebro e em seus corações.
Não se trabalha mais de olho apenas numa carga horário, no cumprimento de uma jornada de trabalho. Para criar um mundo e empresas melhores precisamos caminhar a “segunda milha”, buscando fazer mais e melhor do que fizemos até então.
Faz bem para a saúde dos empreendedores e dos negócios, fazer uma parada estratégica para refletir, olhar para onde os concorrentes não estão olhando e procurar respostas para pergunta: o que está mudando que a maioria das pessoas (principalmente nossos concorrentes) anda não notaram?
É preciso aplicar kaizen nos negócios, fazendo com que hoje seja melhor que ontem e amanhã melhor do que hoje, enfim, melhorar sempre.
Temos que compreender que mais do que buscar eficiência, precisamos perseguir a eficácia, estabelecer indicadores e gerenciar com foco nos resultados, no aperfeiçoamento dos processos e contínuas melhorias. A propósito, pegue um pedaço de papel e escreva o que você já pensou em mudar na sua empresa, mas ainda não o fez e partilhe com toda a sua equipe na próxima reunião.
Faz parte da vida empresarial buscar persistentemente crescer as receitas, aumentar as vendas, conquistar novos clientes, lançar novos produtos, reduzir custos e despesas. Porém há um dilema: Não se consegue tudo isso fazendo, há anos, tudo sempre da mesma maneira. As mesmas velhas coisas aos mesmos velhos clientes, por meio dos mesmos velhos canais de distribuição e mesmos velhos procedimentos.

Soeli de Oliveira é Consultora e Palestrante de Marketing, Vendas, Motivação e Atendimento e-mail: soeli@sinos.net - fone: (51) 9674-8677 - Novo Hamburgo - RS.

EDITORIA DE GERAL


BAILE DO FRATERNAL JÁ É UM SUCESSO

O Presidente da Soc. Fraternal José Carlos Pacheco, o Juca, convida:
Venha dançar na mais nova casa de bailes de N.Hamburgo.
Ambiente agradável.
Todos os domingos
Das 19h às 24hs
Av. Pedro Adams Fº, 3971 (pertinho da Sinoscar)
Fone: 3065 5610


COLUNA ‘FOCO CRISTÃO’

CRISTIAN DAHMER



DEUS PÕE ABRAÃO À PROVA

“Depois dessas coisas, pôs Deus Abraão à prova e lhe disse: Abraão! Este lhe respondeu: Eis-me aqui! Acrescentou Deus: Toma teu filho, teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; oferece-o ali em holocausto, sobre um dos montes, que eu te mostrarei. Levantou-se, pois, Abraão de madrugada e, tendo preparado o seu jumento, tomou consigo dois dos seus servos e a Isaque, seu filho; rachou lenha para o holocausto e foi para o lugar que Deus lhe havia indicado.... Quando Isaque disse a Abraão, seu pai: Meu pai! Respondeu Abraão: Eis-me aqui, meu filho! Perguntou-lhe Isaque: Eis o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? Respondeu Abraão: Deus proverá para si, meu filho, o cordeiro para o holocausto; e seguiam ambos juntos. Chegaram ao lugar que Deus lhe havia designado; ali edificou Abraão um altar, sobre ele dispôs a lenha, amarrou Isaque, seu filho, e o deitou no altar, em cima da lenha; e, estendendo a mão, tomou o cutelo para imolar o filho. Mas do céu lhe bradou o Anjo do SENHOR: Abraão! Abraão! Ele respondeu: Eis-me aqui! Então, lhe disse: Não estendas a mão sobre o rapaz e nada lhe faças; pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho.” (Retirado de Gênesis 22. 1-3, 7-12, da Bíblia Versão Almeida Revista e Atualizada).

Não tem como falar de fé sem nos reportar a esta história da Bíblia. Resumindo: A esposa de Abraão, Sara, era estéril, porém Deus prometera a Abraão que Sara lhe daria um filho. Isaque era o que Abraão mais queria, e quando nasceu, era o que ele mais estimava no mundo. Num dado momento, Deus provou o amor de Abraão. Pediu que ele sacrificasse Isaque em holocausto (sacrifício que é feito com fogo). Abraão sem pestanejar disse “eis-me aqui”, e partiu para obedecer à palavra de Deus. Deus podia ter provado Abraão com qualquer outra coisa, pois ele tinha muitos animais, era um homem muito próspero, porém Deus sabia que a coisa que Abraão mais amava neste mundo era seu filho. Através desse sacrifício Deus provaria se Abraão amava mais a Ele, ou a seu filho Isaque. Quando Deus viu que Abraão levantou o cutelo para cortar a cabeça de Isaque, Ele gritou para que parasse, pois agora Deus sabia que Abraão O amava acima de todas as coisas.

Eu fico admirado com a fé de Abraão. Imagino o quanto doeu no seu coração levar seu filho para sacrificá-lo ao seu Senhor. Entretanto, Abraão obedeceu a Sua palavra! Deus quer que nada na nossa vida seja mais importante que Ele e, se for preciso, larguemos tudo que não é direito e não é de acordo com o Seu caráter. Mas quantos de nós estão dispostos a fazê-lo? Digo isso para muitos “cristãos” que possam estar lendo este texto para que reflitam. Deus quer salvar a sua vida e, para isso, deu o Seu único filho em sacrifício por você. Deus não negou Jesus para te salvar, porque Abraão provou a Deus que existem homens fiéis na Terra, que O amam de verdade. Deus teve que sacrificar para poder aceitar você por meio de Jesus. E você? Não quer sacrificar nada? Meio injusto isso! Para você ser aceito por Deus, você tem que ter o caráter dEle. Sacrificar a vontade que inflama do seu coração, e que é contrária a Deus, para que Ele veja que você O ama acima de tudo.
Eu lhe pergunto, caro leitor: Qual é o seu Isaque? Será o (a) amante? O cigarro? As bebedeiras? A veneração de imagens? Ou será o orgulho? A prostituição? (No sentido bíblico, prostituição abrange a relação sexual fora do casamento). Quem sabe é o dinheiro? O poder? Eu não sei! Isso é pessoal. Só sei que Deus quer que você dê o seu Isaque a Ele, para que Ele possa agir em sua vida lhe dando a vida eterna em primeiro lugar, e muito mais ainda aqui nesta vida. (Mateus 19. 29). Muitos podem dizer: “Mas Deus não é assim, não mandaria matar uma pessoa”. Quem diz isso não entende o Espírito dos pensamentos de Deus. Eu digo que Ele é sábio e, nesse pedido que fez a Abraão, sabia o que estava fazendo. Tanto que provou a fé e o amor de Abraão e ainda não deixou que ele ferisse Isaque. Geralmente quem pensa dessa forma o faz para justificar seu egoísmo diante do Pai. Só quer Deus pra receber a salvação. Conclui-se que Deus não é o mais importante na vida dessa pessoa, é puro interesse. Neste caso, assim como você negou a Deus hoje, Ele também o negará no dia do Juízo.

Caso você tenha dúvidas, comentários, ou queira se cadastrar para receber por e-mail os artigos semanais, mande um e-mail, sem anexos, para: meubaluarte@gmail.com . Não é preciso se identificar. Citem, na mensagem, o texto lido. Saiba que qualquer problema que você tenha, Jesus pode te libertar. Digo isso por experiência própria, seja ele qual for: Dívidas, família, enfermidades, vícios, depressão, insônia, inveja, separação, prostituição, adultério. Ele está te chamando para te ajudar. Ele quer salvar a sua alma e aliviar a sua dor, basta você crer e se entregar a Ele com todo o seu coração (Mateus 11.28-30).
Deus abençoe a todos com libertação, entendimento e salvação!


COLUNA - DA FONTE

A Secretaria da Segurança Pública, por meio de convênio firmado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), promove a 1ª Edição do curso de capacitação para o atendimento de mulheres, crianças, adolescentes e idosos vítimas de violência, os chamados grupos vulneráveis.
A finalidade do curso é capacitar 1.100 profissionais da rede de atendimento (policiais civis e militares, servidores do IGP, Susepe, agentes de saúde, professores, conselheiros tutelares, guardas municipais, etc). O trabalho será desenvolvido nos 11 municípios da Região Metropolitana: Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Viamão e na própria Capital gaúcha.

Organizado pelo Departamento de Ensino e Treinamento (DET-SSP), a primeira etapa do evento acontece nos próximos dias 13 e 14 de maio, das 8h30min às 12h, e das 14h às 17h30min, no auditório da FEEVALE, prédio 2, térreo, na RS 239, em Novo Hamburgo.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail det-redes@ssp.rs.gov.br . O curso terá 20 horas/aula e aos participantes serão fornecidos certificados. A seguir, a relação dos temas a serem abordados e os respectivos palestrantes:

- IDEOLOGIA DA VIOLÊNCIA – Evaldo Luiz Paully;
- CONSTRUÇÃO SOCIAL, PSICOLÓGICA E CULTURAL DA VIOLÊNCIA – Evaldo Luiz Paully;
- VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER – Rosane Oliveira de Oliveira;
- TRÁFICO DE MULHERES – Alberi Barbosa;
- APRESENTAÇÃO DAS DELEGACIAS ESPECIALIZADAS – Nadine Tagliari Anflor;
- DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE- Maria Bernardete Pires;
- ABUSO SEXUAL – Suzana Braun Oliveira;
- ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – Cristian Nedel;
- DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO DA 3ª IDADE – Zhélide Hunter;
- TIPOS DE VIOLÊNCIA PRATICADAS CONTRA O IDOSO – Naila dos Santos;
- ESTATUTO DO IDOSO E MEDIDAS PROTETIVAS – Eduardo Hartz;
- PROCEDIMENTOS ÉTICOS – Carmen da Silva Santos;
- EXAMES DE PERÍCIA EM VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA – Cláudia Maciel/Jarbas Pires;
- ESTRESSE POLICIAL – Silvia Wudarcki.