sexta-feira, 21 de maio de 2010

Equipe de Futsal da Universidade Feevale disputa a Liga Universitária

Equipe de Futsal da Universidade Feevale disputa a Liga Universitária



Evento esportivo acontece neste final de semana, em Canoas


A equipe universitária de futsal masculina da Universidade Feevale, que conta com alguns dos principais atletas da UJR, disputará neste final de semana, dias 22 e 23 de maio, a Liga Universitária. Organizado pela Federação Universitária Gaúcha de Esportes, este evento esportivo acontece no Ginásio da Ulbra, em Canoas e envolverá cinco equipes.

No sábado, a equipe enfrenta o time do IPA, às 11h e às 14h, joga contra a equipe do Unilasalle. Já no domingo, dia 23, às 13h, o jogo será contra a Ulbra e encerra a sua participação às 15h30min, enfrentando a equipe da UFRGS.



O campeão da competição será a equipe que conquistar o maior número de pontos, neste cruzamento entre os cinco times. Esta será a primeira competição da equipe universitária no ano de 2010. O grupo é comandado pelo técnico Zeca Brochier.

Atletas da Feevale participam da 27ª Maratona Internacional de Porto Alegre

Atletas da Feevale participam da 27ª Maratona Internacional de Porto Alegre
Rudimar Campos (Feevale/Diadora) e Ronie Fagundes foram campeões em 2009



Neste domingo, dia 23, os atletas Rudimar Campos (Feevale/Diadora) e Ronie Fagundes, alunos do curso de Educação Física da Universidade Feevale, participam da 27ª Maratona Internacional de Porto Alegre - 5ª Maratona de Revezamento, que conta com um percurso de 42 quilômetros. Segundo os esportistas, essa é considerada a prova mais rápida em termos de percurso no Brasil. A largada masculina começa às 7h15min, na Av. Augusto de Carvalho - Parque Mauricio Sirotsky Sobrinho (Parque da Harmonia).



Os esportistas participam da prova de revezamento de duplas, onde cada um percorrerá um trajeto de 21 quilômetros e 100 metros. "Em 2009, fomos campeões e pretendemos correr para manter essa colocação," ressalta Campos. Os atletas utilizarão essa prova como parte do treinamento, visando a participação na Maratona de Punta del Este, no Uruguai, que acontece no dia 5 de setembro. Em termos de clima e percurso, ambas as provas tem o mesmo perfil. Mais informações podem ser obtidas no site: www.corpa.esp.br .

Sábado é dia de mutirão no Arroio Gaúchinho

Sábado é dia de mutirão no Arroio Gauchinho




Estudantes das escolas municipais, estaduais e particulares da zona sul de Novo Hamburgo estarão reunidas neste sábado, dia 22 de maio, para realizar um mutirão de limpeza no Arroio Gauchinho. A mobilização, organizada pela Prefeitura de Novo Hamburgo, em parceria com o Consórcio Pró-Sinos e a Prefeitura de São Leopoldo, tem o objetivo de remover os entulhos e a sujeira das margens do arroio no trecho entre a BR-116 e o Rio dos Sinos. A concentração para o início dos trabalhos será às 8h30, no final da Avenida Pedro Adams Filho, no bairro Santo Afonso. Além dos estudantes, a ação contará com agentes do Instituto Martim Pescador, do Exército, da Vega Engenharia Ambiental, de grupos escoteiros das duas cidades e voluntários.



O quê: Mutirão de limpeza do Arroio Gauchinho

Quando: Sábado, dia 22 de maio, a partir das 8h30

Onde: Trecho entre a BR-116 e o Rio dos Sinos (concentração no final da Avenida Pedro Adams Filho)

CULTURA NO CAMPUS

Últimos dias para garantir ingressos de Sobre Anjos e Grilos


Espetáculo multigênero de Deborah Finocchiaro marca o início do Projeto de Teatro da Universidade Feevale

Rosane Scherer


Para assistir a peça Sobre Anjos e Grilos do Cultura no Campus 2010 é preciso correr. Esses são os últimos dias para garantir a entrada para o espetáculo de Deborah Finocchiaro baseado na obra de Mário Quintana. A apresentação acontece no dia 25 de maio, terça-feira. Para Solteiríssima, que ocorre no dia 24, segunda-feira, os ingressos já estão esgotados. Ambas sobem ao palco do Campus II da Universidade Feevale às 20 horas.

Para adquirir os ingressos, basta escolher um dos pontos de venda: Sinoscar NH, Tesouraria do Campus I e Atendimento do Campus II da Feevale e Multimídia Informática. Estudantes pagam apenas R$ 5,00, com o benefício da meia-entrada oferecido pelo programa. Para graduados e pós-graduados da Feevale saem por R$ 7,00. O público em geral também tem preço especial: R$ 10,00.

Escolas com interesse em levar turmas de alunos podem receber material de apoio pedagógico sobre o espetáculo. Para isso, e para adquirir os ingressos, é preciso entrar em contato pelo telefone 3066 6229. A produção das atrações na Universidade Feevale é da Um Cultural, com patrocínio da Rede Sinoscar e apoio de Multimídia Informática. O Cultura no Campus ­- Festival de Teatro de 2010 é financiado pelo Ministério da Cultura através da Lei Rouanet (incentivo à cultura).



Sobre Anjos e Grilos

(25-05 – terça-feira- 20 horas)

Sobre Anjos & Grilos é um espetáculo multigênero – cômico, poético, épico... Deborah Finocchiaro faz uma junção entre a fala, o gesto, a poesia, as artes plásticas e a música. Conta, interpreta e canta textos e poemas de Mario Quintana, reafirmando a crença no poder da representação cênica como caminho de questionamentos e transformações.



Saiba mais em www.feevale.br/culturanocampus





INGRESSOS

- R$ 5,00 - Estudantes e idosos

- R$ 7,00 - Graduados e pós-graduados da Feevale

- R$ 10,00 - Público em geral



PONTOS DE VENDA

- Sinoscar: Av. Pedro Adams Filho, 3790 (3584 1300)

- Multimídia: Rua Tamandaré, 20 / Loja 5 - Esquina c/ Pedro Adams Filho (3035 2220)

- Tesouraria e Atendimento da Feevale: Campi I e II (3586 8822)

Feira do Produtor no bairro Jardim Mauá muda de endereço

Feira do Produtor no bairro Jardim Mauá muda de endereço



A Feira do Produtor do bairro Jardim Mauá em Novo Hamburgo mudou de endereço. Antes localizada na Rua Jaguarão, a partir deste sábado, 22 de maio, passará a acontecer na Avenida Francisco Manoel da Silva, esquina com a Rua Carioca. O horário de funcionamento permanece o mesmo: das 8 às 12 horas.

O objetivo da alteração é facilitar o acesso dos consumidores com maior segurança e espaço. A Feira do Produtor oferece alimentos dos produtores de Lomba Grande, provenientes da agricultura familiar. São verduras e frutas frescas, cucas, doces e embutidos.

Escola de Educação Básica Feevale -

Escola de Educação Básica Feevale - Escola de Aplicação é referência para acadêmicos da USP



A Escola de Educação Básica Feevale - Escola de Aplicação tem, entre seus diferenciais, o fato de ser uma escola de aplicação, ou seja, trabalhar com a teoria e a prática no ensino. Por contar com toda a infraestrutura de uma instituição e ensino superior, os alunos estão muito próximos do que se espera deles na vida profissional.



Um grupo de estudantes de Licenciatura em Ciências Exatas, da Universidade de São Paulo, de São Carlos, viu na Escola de Aplicação um ótimo exemplo de estrutura e funcionamento. Camila Dellela, Marisvaldo Ruggiero e Sérgio Daltoso Jr. utilizaram a Escola como referência em um trabalho da disciplina de Estrutura e Funcionamento do Ensino Fundamental e Médio, ministrada pela professora Esther Pacheco de Almeida Prado.



Segundo Daltoso Jr., um dos autores da pesquisa, a Escola de Aplicação da Feevale foi uma das duas escolas de aplicação que mais o surpreenderam, juntamente com a Escola de Aplicação da Faculdade de Educação da USP, de São Paulo. "O que nos chamou a atenção foram as atividades extra-aula e o estímulo à boa convivência dos alunos com a comunidade," relata o acadêmico. O trabalho foi muito bem avaliado e despertou o interesse dos colegas. Para montar seu trabalho, Daltoso Jr. e seus colegas dispuseram de dados disponíveis no site da Escola de Aplicação, que, segundo os acadêmicos paulistas, é o mais completo e tem o mérito de fornecer muitas informações sobre o dia-a-dia da Escola.

Vacinação da Gripe A em Novo Hamburgo

Município prorroga campanha de vacinação contra a Gripe A



A Secretaria de Saúde (SMS) de Novo Hamburgo prorrogou a campanha de vacinação contra a Gripe A no Município. Agora os hamburguenses têm até o dia 28 de maio para procurar um dos pontos de imunização. Todos aqueles que estão nos grupos de riscos, especialmente crianças, gestantes e adultos entre 20 e 39 anos, devem receber a dose contra o vírus Influenza A (H1N1). Para isso, basta procurar uma das quinze Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município, o Centro de Especialidades ou a Casa de Vacinas, entre às 8 e às 17 horas, munido da Carteira de Vacinação. A estimativa da SMS é vacinar 80% dos 110 mil hamburguenses que estão inseridos nos grupos de riscos até o encerramento da campanha. Atualmente, cerca de 83,3 mil pessoas já receberam a dose no Município.



Mais de 15 mil idosos receberam vacina da gripe comum

Além da Gripe A, a SMS também está vacinando idosos com mais de 60 anos contra a gripe comum. Os locais de aplicação da dose são os mesmos para a Gripe A. Até esta sexta-feira, dia 21 de maio, 15.591 idosos já tinham tomado a vacina.



Cobertura vacinal (somente Gripe A):



GrupoImunizados*

Crianças menores de 2 anos - 4.774

Gestantes - 1.675

Portadores de doenças crônicas - 45.158

Trabalhadores de saúde - 2.868

Indígenas - 13

Adultos (de 20 a 39 anos) - 28.822

Total - 83.310



(*) – Até dia 21 de maio



Locais de vacinação:

Centro de Especialidades (Avenida General Daltro Filho, 820 – Hamburgo Velho)

Casa de Vacinas (Rua Joaquim Nabuco, 610 – Centro)

UBS Primavera (Rua Boa Saúde, 618 – Primavera)

UBS Rondônia (Rua Balduíno Michel, 100 – Rondônia)

UBS Liberdade (Rua Kurt Wacker, 14 – Liberdade)

UBS Rincão (Rua Teobaldo Nicolau Bauer, 15 – Rincão)

UBS Roselândia (Rua Aquarius, 133 – Roselândia)

UBS Canudos (Rua Silvio Gilberto Christmann, 1451 – Canudos)

UBS Lomba Grande (Rua Odete Correa Schuck, 125 - Lomba Grande)

UBS Santo Afonso (Rua Assuncion, 85 - Santo Afonso)

UBS Iguaçu (Rua Bruno Werner Storck, esq. com a Rua dos Professores – Canudos)

UBS Kraemer (Rua Américo Vespúcio, s/nº - São Jorge)

UBS Kephas (Rua Bernardo Ludvig, s/nº - São José)

UBS São Jorge (Rua Jabuti, 308 - São Jorge)

UBS Guarani (Rua Demétrio Ribeiro, 1085 – Guarani)

UBS Boa Saúde (Rua Saturno, 202 - Boa Saúde)

UBS Redentora (Rua Tamoio, s/nº - São José)

Prefeito recebe visita do deputado Marco Maia

Prefeito recebe visita do deputado Marco Maia



O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, recebeu na sexta-feira, dia 21 de maio, em seu gabinete, a visita do deputado federal Marco Maia e do vereador Matias Martins. A secretária Especial de Gabinete, Kátia Reichow, também acompanhou o encontro. Entre os assuntos debatidos pelos representantes políticos foram destacados o trabalho de busca por recursos do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) e o auxílio para possíveis projetos da cidade. “Quero construir pontes e me colocar a disposição para ajudar a Prefeitura no que for possível”, destacou Maia. Tarcísio agradeceu ao deputado e destacou alguns dos esforços da Administração na busca de investimentos. “Estamos nos focando nas áreas de Educação e Habitação para garantir recursos do PAC 2”, citou.

Prefeitura inaugura novo Telecentro no bairro São José

Prefeitura inaugura novo Telecentro no bairro São José



A comunidade do bairro São José, no loteamento Kephas, contará com um novo espaço de inclusão digital, acesso e pesquisa à internet. No sábado, dia 22 de maio, às 13h30, a Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação e Inclusão Digital (SETID), inaugura mais um Telecentro, desta vez na Escola Municipal de Ensino Fundamental Eugênio Nelson Ritzel. Durante a festividade de abertura do espaço também acontecerão apresentações culturais e recreativas.

O novo Telecentro está equipado com dez computadores com acesso à internet via satélite, além de uma impressora. De acordo com a secretária da SETID, Márcia Schuler, a implementação de mais este espaço busca diminuir o número de pessoas excluídas digitalmente e transformar o computador em uma ferramenta para auxiliar a rotina de estudantes e trabalhadores. “Agora a comunidade do Kephas tem um novo caminho para o mundo. Não é um caminho físico, mas um caminho virtual pelo qual jovens e adultos terão acesso por meio da internet”, comenta. Já o diretor de Inclusão Digital, Jeferson da Costa, destaca o esforço para instalação do sistema via satélite. “Conseguimos disponibilizar internet de forma gratuita em uma região onde nenhuma outra forma de acesso à rede mundial de computadores é possível.”

Este é o quinto Telecentro inaugurado pela Administração. Para utilizar o espaço, basta o morador se cadastrar apresentando Carteira de Identidade ou outro documento com foto. Em média, são disponibilizadas sessões de 30 minutos, conforme a demanda, e, após a primeira utilização, o usuário passa a dispor de senha própria, que lhe permite acesso direto. Além de navegação, estão disponíveis ferramentas básicas para o desenvolvimento de trabalhos, como editores de texto, planilhas eletrônicas e editores de imagens.



Endereços e horários dos Telecentros de Novo Hamburgo:

Telecentro da AME – Centro da Cidadania – Rua David Canabarro, 20 – 2º andar, Centro

Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30



Biblioteca Municipal Machado de Assis – Praça da Bandeira, 66, Centro.

Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h



ONG Ação em Encontro – Rua Vera Cruz, 103, Santo Afonso

Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h



Telecentro Comunitário Canudos – Escola Municipal de Ensino Fundamental Francisco Xavier Kunst – Rua Quatro, 120, Canudos – Loteamento Morada dos Eucaliptos

Das 8h às 11h30 e das 13h às 17h



Telecentro da Escola Municipal de Ensino Fundamental Eugênio Nelson Ritzel

Rua da Conquista, 411 – Kephas – São José



O quê: Inauguração do Telecentro da Escola Municipal de Ensino Fundamental Eugênio Nelson Ritzel

Quando: Sábado, 22 de maio, às 13h30

Onde: EMEF Eugênio Nelson Ritzel (Rua da Conquista, 411 – São José)

Reunião define próxima edição do “É Musica!”

Reunião define próxima edição do “É Musica!”




Na próxima segunda-feira, dia 24 de maio, a Secretaria de Cultura de Novo Hamburgo (SECULT) realizará uma reunião com os músicos inscritos no projeto “É Música!”. O encontro acontece às 19 horas, no Teatro Paschoal Carlos Magno (Centro Municipal de Cultura), e servirá para tratar de assuntos pertinentes à apresentação de domingo, dia 29. Todos os músicos inscritos estão convidados. A presença dos selecionados para a 2ª edição do projeto é fundamental para a organização do evento.

No dia 29 de maio, o “É Música!” contará com as bandas E Vice-versa, Vedic Vision, Marcelo Silva, Seu Roberto, Grupo Consultoria e Laranja Mecânica, que mostram seu trabalho a partir das 14 horas, na Praça do Imigrante. Na parte da manhã, a partir das 10 horas, inicia o brique musical, onde é possível encontrar artigos como instrumentos usados, discos de vinil, cds, entre outros itens para troca e venda.

As bandas para as próximas três edições do “É Música!” já estão definidas, mas as inscrições tanto para o brique quanto para os shows continuam abertas. Para isso, basta preencher a ficha de inscrição disponível no site da Prefeitura, www.novohamburgo.rs.gov.br, e encaminhá-la para o e-mail culturanh@novohamburgo.rs.gov.br, ou ainda, solicitá-la na SECULT (Centro Municipal de Cultura, Rua Eng. Ignácio C. Plangg, 66, Centro). Mais informações pelo telefone (51) 3593-2013.

NOTICIAS DA CÂMARA DE NOVO HAMBURGO

CRIANÇAS PEDEM CONSERTO DE PONTE NA VILA IGUAÇU


Pequenos participam do projeto Construindo Saberes



A convite de Alex Rönnau (PT), crianças, pais e educadores do projeto

social Construindo Saberes, da Vila Iguaçu, participaram da sessão desta

quinta-feira, 20. O objetivo foi pedir ao poder público o conserto da

ponte da rua Heron Domingues.



Pedidos

A coordenadora do projeto, Jozilda Lima, disse que ficou emocionada por

estar na Câmara Municipal ao lado de cidadãos tão pequenos – mas que já

reivindicam seus direitos. "A ponte está muito estragada. Já nem tem

corrimão de um dos lados", salientou.



Eduarda Souza, 5 anos, leu uma das cartas que escreveu, com os colegas, ao

prefeito. "Nós queremos que seja feita a nova ponte. Diariamente, passamos

por ela para ir à pracinha. Mas ela é perigosa, está cheia de buracos. Já

aconteceram acidentes", afirmou. Bruna dos Santos, 5 anos, reforçou o

pedido. João Vitor Correira, 4, contou ter medo de cair dentro do arroio.



Roselaine Prass, mãe de uma das crianças participantes do Construindo

Saberes, também frisou que é preciso melhorar a estrutura. Evaldo Machado

de Souza, da Associação de Moradores do Bairro Canudos, esteve presente e

apoiou a iniciativa. "As pessoas correm riscos diariamente ao passar por

ali."



Apoio dos vereadores

Sergio Hanich (PMDB) e Luiz Carlos Schenlrte (PMDB) disseram que os

vereadores farão todo o possível para que a demanda seja atendida. Alex

salientou que uma ponte nas proximidades está, neste momento, interditada.

"Todas as pontes da área estão com problemas", alertou. O vereador

acredita que, até o final do ano, a estrutura será reconstruída, pois a

obra está prevista no orçamento.



Melhorias na Vila Iguaçu

Segundo a assistente da coordenação, Nicole Lipp, os pais que listaram o

que gostariam de melhorar no local onde moram. Então, as crianças

escolheram por qual desses objetivos gostariam de trabalhar primeiro. A

ponte foi a mais votada. Também está na lista de metas dos pequenos a

limpeza pública.



Sobre o projeto

Apoiam o projeto a Feevale, o Centro Social Marista e a prefeitura.

Participam cerca de 70 crianças, com idades entre 2 anos e 11 meses e 5

anos e 11 meses e em situação de vulnerabilidade. Na sede, eles participam

de atividades lúdicas. "A ideia é preservar a infância", explicou Nicole.



O irmão Claudio Rockenbach, do Centro Social Marista de Canudos, também

falou aos presentes, e ponderou que a educação se faz em conjunto, pela

família e pela sociedade. "Nós somos os condutores do processo."



*



- Obras paradas no Hospital dependem de nova licitação

Ruy Noronha explica situação aos vereadores



O Procurador-geral do Município, dr. Ruy Noronha, reuniu-se na

terça-feira, 20, à tarde, no gabinete da presidência, com os vereadores e

direção da Câmara. Até agora, o perito contratado pela Prefeitura não

entregou o parecer que apontará ou não irregularidades na obra de

ampliação do Hospital Municipal. Ruy Noronha foi categórico: "Independente

do parecer do perito, a retomada das obras só poderá ser feita através de

nova licitação." Os vereadores fizeram vários questionamentos e Noronha

detalhou o andamento do processo. Questionado pelos vereadores sobre a

possibilidade de um acordo entre as partes, Noronha afirmou que a

Prefeitura está impedida por lei de fazer qualquer acordo com a

empreiteira", seja a Fagundes ou qualquer outra.



Jesus Maciel, presidente da Câmara, aguarda a conclusão do perito,

prometida para final deste mês, para tomar uma decisão junto ao pretor da

4ª Vara Cível de NH, Mozart Gomes da Silva. Ele e os demais vereadores

deverão formar uma comissão, juntamente com o procurador-geral do

Município, para falar com o pretor e buscar o apoio do Judiciário, na

tentativa de que a questão se resolva no menor tempo possível. A nova ala

do Hospital terá 60 leitos e capacidade de atender 400 pessoas/mês.



ENTENDA O CASO

As obras de ampliação do Hospital Municipal estão paradas desde fevereiro

de 2009. Para verificar essa situação, os vereadores visitaram o local no

início de maio. Foram acompanhados pelo prefeito Tarcísio e pela direção

da Fundação de Saúde Pública. A iniciativa da visita às obras de ampliação

do Hospital partiu da Comissão de Saúde da Câmara, presidida pelo vereador

Raul Cassel e integrada pelos vereadores Ito Luciano e Gerson Peteffi.



Há dúvidas quanto ao valor total da obra, que é de R$ 4 milhões e 300 mil.

A Prefeitura questiona se os pagamentos efetuados correspondem exatamente

ao que foi realizado. Tarcísio Zimmermann explicou que em maio de 2008, o

controle interno da Prefeitura apontou diferenças significativas entre o

que foi orçado pela empreiteira Fagundes e o preço de mercado. De posse

desse documento, o então presidente do Diretório Municipal do PT, José

Luiz Lauermann, fez uma representação junto ao Tribunal de Contas e ao

Ministério Público. Ruy Noronha declarou que até agora o Tribunal de

Contas não se manifestou e que o Ministério Público não encontrou

irregularidades na licitação. Em março de 2009 venceu o prazo do contrato

com a empreiteira, que não foi renovado. A empresa ajuizou ação contra a

Prefeitura, para receber valores contestados por esta. O Executivo

recorreu porque a obra está inacabada. Entrou com uma ação contra a

empreiteira, cuja definição depende de parecer de um perito judicial. No

momento, aguarda-se o relatório do perito. O custo da peritagem é de R$ 47

mil, sendo que a metade desse valor foi depositado em janeiro último.

Segundo Tarcísio, tão logo o perito se manifeste, a Prefeitura vai licitar

a continuidade das obras, pois o contrato com a empresa Fagundes não está

mais em vigência.



*



- Aprovadas mudanças no Plano Diretor

Projeto corrige, atualiza e esclarece pontos da Lei 1.216/2004



Nesta quinta-feira, 20, foi aprovado em segundo turno o projeto de lei

complementar 8/2010, de autoria do Executivo, que altera artigos da Plano

Diretor Urbanístico Ambiental (PDUA – Lei 1.216/2004).



Diversas reuniões do Conselho Municipal da Cidade, de comissões e com

representantes do poder público e da comunidade, foram feitas para a

elaboração da proposta. As mudanças, contudo, não são amplas – são, a

maioria, correções, esclarecimentos e atualizações da redação anterior.

Segundo a justificativa do projeto, mudanças mais amplas devem ser

debatidas e efetuadas em um futuro próximo.



Concidade

Entre as novidades, está a instituição do Conselho da Cidade de Novo

Hamburgo (Concidade), de caráter consultivo e deliberativo, que tem como

meta articular políticas de desenvolvimento urbano.



*



- R$ 1 milhão para melhorias em Lomba Grande

Maior parte do recurso virá do governo federal



O projeto de lei 53/2010, do Executivo, que prevê as benfeitorias para as

ruas e estradas de Lomba Grande, foi aprovado em segundo turno por

unanimidade na tarde desta quinta-feira, 20. A proposta abre crédito

especial de mais de R$ 1 milhão para compra de máquinas como

retroescavadeiras, escavadeira hidráulica e caminhões (basculante e

furgão).



Grande parte desse recurso (R$ 911.750,00) chega ao Município por meio de

transferência do governo federal. O restante é contrapartida da

prefeitura. Lomba Grande representa 70% da área territorial de Novo

Hamburgo e possui mais de 200 quilômetros de estradas. É um espaço de

importante produção rural e de turismo.



Importância

O diretor de Desenvolvimento Rural, Carlos Gutbier, respondeu a perguntas

dos vereadores sobre a contrapartida do Município, e ressaltou a

importância da valorização daquele bairro.



*



- ONG Comida Urgente busca sócios colaboradores

Entidade oferece almoço a pessoas de baixíssima renda



A presidente da ONG Associação Comida Urgente, Renata Adriana Chaves,

participou da sessão desta quinta-feira, 20, para divulgar as ações da

entidade. O objetivo era sensibilizar a população e os empresários, para

que ajudem por meio de doações.



A Comida Urgente abriu suas portas em 2002, explicou Renata, e oferece

almoço, de segunda a sexta-feira, a pessoas de baixíssima renda. Hoje, são

duas unidades: uma no Kephas, bairro São José, e outra em Canudos. Ela

apontou que deve ser reaberta, ainda este ano, a unidade do bairro Santo

Afonso.



A ONG é mantida com a subvenção da prefeitura e por sócios colaboradores.

A arrecadação mensal gira em torno de R$ 1.800,00. Renata aponta que, por

semana, são utilizados cerca de 60 quilos de arroz, 45 quilos de feijão e

45 quilos de carne. Também é servida salada. "Não trabalhamos com

reaproveitamento, a nutricionista não permite."



Os interessados em receber as refeições passam por triagens nos centros de

referência e assistência social (CRAS). A preferência é por idosos e

crianças. Além de uma nutricionista da prefeitura, trabalham nos locais

duas cozinheiras e um administrador. Pessoas beneficiadas também atuam

como voluntárias.



Doações

Na próxima quarta-feira, 26, o Dia do Desafio, a ONG irá colocar caixas

para coleta de doações de alimentos em diversos pontos, como o Hospital

Municipal. Para ser sócio colaborador, é preciso assinar um termo de

adesão. A quantia a ser repassada é livre. "E quem quiser fazer outras

doações, basta ligar e nós vamos buscar."



Contato:

Telefone: 3527-5829

E-mail: comida_urgente@pop.com.br.



Endereços:

Unidade Kephas: Rua Erni Trierweiler, 440 (no mesmo espaço da Associação

de Moradores do Kephas)

Unidade Canudos: Rua Athanásio Becker, 220 (na igreja católica)



*



- 15 de julho poderá ser o Dia do Proerd

Projeto de Carmen Ries foi aprovado em primeiro turno



Valorizar o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência –

Proerd. Este é o objetivo de Carmen Ries (PT), ao apresentar o projeto de

lei 40/2010, que institui o Dia Municipal do Proerd, a ser comemorado

anualmente em 15 de julho. A proposta foi aprovada por unanimidade na

sessão desta quinta-feira, 20.



Proerd

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) tem

como base o D.A.R.E. Drug Abuse Resistance Education, criado na cidade de

Los Angeles, nos Estados Unidos, em 1983. Hoje, está presente nos 50

estados americanos e em 58 países, inclusive no Brasil. Aqui, chegou em

1992 por meio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, com o apoio

da Embaixada Americana. Em Novo Hamburgo, existe desde 2000 e terá formado

mais de 40 mil jovens até o final de 2010.



O Proerd é aplicado a crianças das quartas séries do Ensino Fundamental. É

pedagogicamente estruturado em 10 lições, com a duração de 45 a 60 minutos

cada, ministradas por um policial militar fardado. Oferece, em linguagem

acessível, uma variedade de atividades interativas, projetadas para

estimular a resolução dos principais problemas da fase em que os

estudantes se encontram.



*



- Jesus: moção de apoio ao projeto Ficha Limpa

Proposta do presidente da Casa foi aprovada nesta quinta-feira



O presidente da Casa, Jesus Maciel (PTB), apresentou uma moção de apoio à

aprovação, pela Câmara Federal, do projeto de lei 518/09, conhecido como

"Ficha Limpa". A proposta do vereador foi aprovada por unanimidade na

sessão desta quinta-feira, 20. Outros vereadores também assinaram o texto.



"A matéria é de fundamental importância para o estado brasileiro, pois

resgata a dignidade política de parlamentares idôneos e a credibilidade

dos nossos representantes, através do expurgo, de nossas casas

legislativas, de maus políticos", explicou o presidente. Ele lembrou que o

proejto nasceu da iniciativa popular, e recebeu cerca de 2 milhões de

assinaturas.



Saiba mais sobre o Ficha Limpa

O projeto foi aprovado na quarta-feira, 19, pelo Senado. Agora falta

apenas a sanção presidencial. A proposta altera a Lei das Inelegibilidades

(64/90), pois barra candidaturas de políticos condenados em decisão

colegiada pela prática de crimes como corrupção, abuso de poder e compra

de voto, entre outros. Também obriga a Justiça Eleitoral e o Ministério

Público a dar prioridade aos processos envolvendo políticos.

DIRETO DO RIO DE JANEIRO - Nelson Tangerini





Nelson Tangerini





VENEZUELA E CUBA


UNIDOS PELO AUTORITARISMO.

OS AUTORITÁRIOS DE PLANTÃO

ESTÃO DE PRONTIDÃO

PARA DE DEFENDÊ-LO.
 
 
 
 
 
 

Atelier Livre de Novo Hamburgo comemora 24 anos de atividade

Atelier Livre de Novo Hamburgo comemora 24 anos de atividade



Para comemorar seus 24 anos de atividades, o Atelier Livre Municipal, da Secretaria de Educação e Desporto (SMED) de Novo Hamburgo, está promovendo uma série de ações no mês de maio. Nesta segunda-feira, dia 24 de maio, será inaugurada a Pinacoteca da escola de arte. A solenidade ocorre às 19h30, no próprio atelier, que fica no 4º andar do Centro Municipal de Cultura (Rua Eng. Ignácio Plangg, 66, Centro). A ideia do novo espaço é divulgar o trabalho dos artistas em conjunto com as atividades realizadas pela escola de arte. A primeira exposição é do próprio patrono da pinacoteca, o artista Carlos Alberto de Oliveira. O local também pode ser acessado pela comunidade regional, perante agendamento prévio, pelo telefone (51) 3581-3906.

Já na quarta-feira, dia 26 de maio, às 9 horas, ocorre a inauguração da Biblioteca, um espaço destinado aos estudantes do Atelier Livre e também dos estudantes hamburguenses. No acervo, localizado também no 4º andar do Centro Municipal de Cultura, estarão reunidos livros e arquivos especializados na área das artes.

Para finalizar a programação, no sábado, dia 29 de maio, a partir das 10 horas, ocorrerão diversas intervenção artísticas na Praça 20 de Setembro e na Rua Eng. Ignácio C. Plangg. Estão programados também, apresentações de música, teatro e dança, além de exposições e o concerto com a Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo.



O quê: Inauguração da Pinacoteca do Atelier Livre Municipal

Quando: Segunda-feira, dia 24 de maio, às 19h30

Onde: 4º andar do Centro Municipal de Cultura (Rua Eng. Ignácio Plangg, 66 - Centro)



O quê: Inauguração da Biblioteca do Atelier Livre Municipal

Quando: Quarta-feira, dia 26 de maio, às 19h30

Onde: 4º andar do Centro Municipal de Cultura (Rua Eng. Ignácio Plangg, 66 - Centro)



O quê: Festa de aniversário do Atelier Livre Municipal

Quando: Sábado, dia 29 de maio, a partir das 10 horas

Onde: Praça 20 de Setembro e Rua Eng. Ignácio Plangg

POETA SILAS CORREA LEITE

Livro 'DEUS DE CAIM" - Estágios Escuros de Vivências Romanceadas com Estilo e Furor




Ricardo Guilherme Dicke, Prêmio Walmap, Magnífica Literatura Arrojada em seu Esplendor Literário











As batalhas nunca se ganham. Nem



sequer são travadas. O campo de



batalha só revela ao homem a sua



própria loucura e desespero, e a vitória



não é mais do que uma ilusão de



filósofos e loucos.



Wiliam Faulkner, O Som e a Fúria

-----------------------------------------------------------------------------------------------
O cavernoso romance (novel?...) "DEUS DE CAIM" do surpreendentemente estupendo escritor Ricardo Guilherme Dicke, agora muito apropriadamente relançado em alto nível pela LetraSelvagem, na coleção Gente Pobre, sob a organização do escritor-editor Nicodemos Sena, bem faukneriano e contemporâneo ainda, destila verbos, venenos, e inventaria brumas da relação ser/sociedade, vida/morte, amor/dor, fantasia/frustração, carne/espírito, dilemas/sentido e percepção, moendas (interiores)/engenhos (de almas atribuladas), tormentas pertinentes/insanidades comportamentais arrazoadas, Deus e o diabo no húmus entre Pasmoso e a profunda cauda narrativa que flui com densa liquidez expressionista/existencialista, e os cárceres das tentativas. A prosa do espaço, a dialética do exterior e do interior "as geografias solenes dos limites humanos"(Paul Éluard) e a porção carbono-C rusoé de cada ser. E Nelly Novaes Coelho (crítica literária, USP) já no início do livro ricamente editado já muito bem levanta panos e tintas:



"O homem interrogante; aquele que sonda o vazio existencial (...); em Dicke predomina a sondagem dos escuros do homem (...); Deus de Caim escava fundo um dos interditos que alicerça a civilização cristã ocidental (...); tempo de caos; romance labiríntico (...)".



Toda arte de alto nível é cheia de pontos de interrogações como se propositalmente desinterligados. A arte de escrever nos leva a afirmação da vida em nós. Lágrimas não ficam para sementes, senão na arte? É melhor ser triste do que arrogante. Quatrocentas páginas de puro deleite que, explorando o fluxo narrativo (em júbilo?) do autor, vai de casa a casa, de ambientes a embustes, de fachadas a desfrutes, do historial ao fabuloso, entre o espanhol ao francês, nacos de poesia propositalmente semeadas, levantando lebres, apontando sítios letrais e escavando horrores quase que impossíveis de serem silenciados. Escrever é teatro de ocupação?



Artista plástico e filósofo, de pai alemão, Ricardo Guilherme Dicke pintou sua literatura de tintas brilhantes, novíssimas para a época em que foi inventada, um épico com cargas humanas, demasiado humana, como diz, fragmento de ensaio a respeito do livro (Ronaldo Cagiano):



"Nos 21 capítulos da obra a história da família Amarante vai se desdobrando numa colcha de retalhos de situações conflituosas e metaforizam a própria historia do Brasil (...)" (In, Carlos Herculano Lopes, Caderno Pensar, Estado de Minas, 06/02/10).



Aliás, Hilda Hist o considerava "um gigante". Caim, Abel, Lázaro; personagens desbiblificados entre sombreados com querelas, acontecências, traições, taras; a vida nua e crua revelando sinais de pânicos e disfarçando conflitos, neuras. A par disso, bem pintados, filosofados, livros bons acabam joias preciosas. O medo nos delimita? Existe mais insanidade do que sensatez na vida, nas cargas dos ombros dos homens, no mundo. Somos todos espécies transfiguradas de paisagens com passagens de agonias, sonhadores ao extremo, não moscas-de-frutas. O Deus de Caim soma tantos pontos de interrogações até sobre palavras não ditas; dadas a entender.



"Romance capaz de abalar a nossa ficção" - (Guimarães Rosa). O âmago das crueldades destrinchadas em núcleos cênicos e traços existenciais carregados de ferramentas de crueldade e características psicológicas. Os arquétipos da fantasia e de uma loucura surda, enviesada, tudo em DEUS DE CAIM, a partir do mote de um irmão atentando contra o outro. A realidade é mais embaixo.



A consciência, a inconsciência, o que afinal resta dos refinamentos de uma ótima ótica para ver/sentir/; escrever com domínio da pena. Dicke naturalmente arrasa quarteirões, expõe as vísceras de momentos retratados, mas, ainda assim, com a ótica apurada de um pintor, desqualifica e expressa o horror (de viver?); teatro de ocupação reinando o tempo todo, num vareio de linguagem. Você só acredita porque está lendo. Como é que pode? No mundo da fantasia os monstros engordam parágrafos; na verdade, sangue/suor da dura e inominável vida real. Real?



Contundente, impoluto, altamente criativo, perspicaz, denso, e ao mesmo tempo de uma fineza extraordinária. É difícil ler Dicke e ficar indiferente. Não há neutralidade na sua leção. A atônita realidade captada em parágrafos que vão embora... Realidades sentenciadas com estilo e alto pendor estético, num talento literário surpreendente, agora reconhecido. Quem sairá do labirinto do livro sem se impressionar com as virtudes?



A história fala de nós, segundo Horácio, em sua sabedoria latina. Às vezes temos demônios e anjos à flor da pele. Nas dissonâncias há mais pureza do que no estojo linear das ideias. A arte de buscar o incompreensível nos leva à afirmação da vida. É o paradoxo de sobreviver além da sentição, e campear o lado pensador do humanus. A meditação não é escrachante quando aponta o humano vagando em suas erranças existenciais e sublógicas. Pode isso?



.................................................................................................................................................



"(...) Lembremos que toda pessoa tem o direito à vida, não é? Mas de onde lhe advém esse direito? Da Bíblia. E tirá-la, é claro, equivale a tirar um direito fundamental que constitui, desde o tempo de Moisés, violação à lei (...). O problema é este - chegar-se a um plano utópico em que não haja necessidade de leis e necessariamente todos os preconceitos se tornarão cinza inútil, relegada aos museus da morte e das coisas extintas. Imagine o que é não existir nem poeira desses preconceitos de agora que tanto nos martirizam, imagine uma cidade futura e ideal, em que todas as aspirações e inibições que jazem em nós sufocados, reprimidos e inexprimidos, aliadas à técnica elevada à perfeição, o que não seria! Por enquanto só algo mui longínquo disto se delineia em algumas obras de artes. Aliás, toda obra de arte é utópica" (Pg 135).



Você lê se palpitando no entressombreado do livro Deus de Caim e as cinzas aqui e ali soturnas das horas, relações e desmontes de significâncias, e reserva para a sua surpresa seduzida, um lugar para uma nova releitura ainda mais significante a seguir, e quiçá compreenda melhor, inteiro, se isso for possível, como a obra que vale o peso, a fama, a própria paixão de ler e de escrever. Obra única, feito um Cem Anos de Solidão, O Perfume, Baudolino, Invenção de Onira, A Espera do Nunca Mais, Vidas Secas, Grandes Sertões: Veredas. A narração é a redenção?



"Lidando com uma simbologia a que ele dá um sopro vital, fora do comum, Dicke não deixa coisa alguma de fora (...). O homem de fora está cercado de outra mundologia, as realidades violentas e subversivas da narração de Dicke envolvem com rapidez. Sexo e morte são evidentes (...). (Antonio Olinto, da Academia Brasileira de Letras). O ser humano precisa sentir sua exata sensação de estar e ser no mundo. Dicke tira pertencimentos das trompas da cólera, do desamor, da vida fugaz em sua saciadade de aproximação com estados calamitosos. Nada é impossível para ele. Desde Caim e Abel, a história nos fez acorrentados a culpas e sentimentos de medo e opressão.



A irrazão humana. A emoção humana tão desnaturada. Surpreende-nos Dicke em cada parágrafo, mesmo quando a narração ou enfoque vara páginas de limbos. A invisível esquizofrenia costumizada da apática sociedade decadente e falsificada para consumo. O biscoito da vida não é da sorte, não é de vida plena. Lágrimas não são guloseimas. Sentir dói. Em que lugar ficamos livres de tantos nós, senão nas asas da literatura? Bruce Hood dizia: "Nascemos com o cérebro desenhado para encontrar sentido no mundo. Esse desenho às vezes nos leva a acreditar em coisas que vão além de qualquer explicação natural."



Uma obra clássica como Deus de Caim não se explica, mas se justifica pela excelência do autor. Em esmerada edição agora pela LetraSelvagem, Ricardo Guilherme Dicke é resgatado no auge do que a sua historicidade criativa congrega e vem-nos assim reeditado em sua maior obra-prima. Os porões da alma clarificados. Os subterrâneos da vida distinguidos com sua pena distinta, singular. Os sótãos de cabeças e sentenças nominados. É incrível a "lógica" funcional do escritor extremamente crítico, irônico, criativo e, claro, agora mais do que nunca, cult.



Literatura pura, de primeiríssima qualidade. Não há babel, bezerro de ouro ou cepo de Abrahão que esconda o sortilégio e o trágico fruto de Caim que vem enlutando a história da humanidade desde os primórdios. Escrever é pagar um preço? Escrever não é apenas cutucar onça com vara curta, é soltar todos os bichos. E Dicke faz isso muitíssimo bem, assustadoramente muito bem, liberta os seus (os nossos?), abre as comportas de seus próprios diques criativos interiores. Ah os escuros recônditos das almas embrutecidas com a fúria de ter que comparar, sobreviver, parecer que é o que não é.



E o Deus de Caim - que paira sobre todos nós - acode para uma leitura a altura, exige atenção pontuada, ao mesmo tempo olhar de remanso, para deguste e assim se poder sacar o esconderijo das ideias que ventila, ramifica, aponta e crava com o crivo de uma criação única. E quem sai ganhando é o leitor que se envolve dele, surpreso com a qualidade que custa assentar. Não é fácil. A vergonha, o incesto, a mentira, a dissimulação, o que pode parecer bizarro ou sexista. Quer mais humano do que tudo isso?



O estado decrépito do ser enclausurado em suas mesmices, masmorras e memórias cênicas, filosofando sobre conjecturas ou o que poderia ser e não foi, muito além das fronteiras das almas e seus estágios vivenciais estarrecedores. Ou seja, a humanagente no seu viveiro de contrastes. Vejamos a pintura literária:



"(Considerações, entretexto) O vermelho é a paixão e a força telúrica do Sol Matrogrossense, o azul são as paixões da noite e o negro a melancolia do sangue remotamente flamengo. O amarelo é a ânsia, o ouro, o desejo e as outras coisas nunca alcançadas. As formas que lembram labirintos e meandros ora são vegetações, ora caminhos, ora nervos em expansão, ora o ideal de um laboratório em que busco as equações de um mistério, de um nepentes ou de um descobrimento perfeito. Quero que quem os veja sinta uma contração pulsar e repulsar. E ao mesmo tempo, indague o que é o mundo - com múltiplos e infinitos signos estranhos - o que é o mundo, estas linhas, estas cores, esta massa, este movimento, este ser. Rilke disse que uma obra de arte é de uma solidão infinita. Quero pois que quanto mais solitário melhor. Cada qual encontre um pouco de seu eco que se perd e. É a natureza que recrio - e se fosse Deus - assim a recriaria - e é a relembrança dos países que não fui, no tempo das harmonias. É minha alma e a sua capacidade de entender alguma coisa que em mim não se perde para sempre, como as outras coisas que se perdem para jamais. É a poesia que não fui. As cores que eu amo e minha intenção de buscar entender o efêmero (...)". Pg 251.



A extravagante literatura caudalosa (e por isso mesmo ocasionada de parágrafos em narrativas angustiantes) de Dicke; uma pintura extravagante de situações sociais em ermos e fugas, estados espúrios, de decomposições da efêmera vida social e sócio-familiar, quase árido, ou, como diz João Ximenes Braga (In, Dicke: o vôo da eternidade): "Dicke realiza uma estranha alquimia de política com metafísica na temática, e de realismo social como barroco no estilo (...) E ainda há intervenções de personagens místicos que o aproximam do realismo mágico (...)". Pois Deus de Caim é uma soma disso tudo, e surpreende nos entremeios, na narrativa, nos belíssimos enfoques que o autor destaca e desenvolve com a paleta da escrita que mistura tintas de situações e aparências entre cores de convergências sociais apontando embustes; tirando etiquetas do armário, uma espécie as sim de romance-ensaio se reportando a conflitos, traumas e sequelas da natureza humana em decadência.



Um dos maiores romances escritos no Brasil, e mesmo tendo sido inicialmente lançado e premiado há cerca de quarenta anos atrás (Prêmio Walmap 1967), permanece muito atual, como toda obra de arte que se supera superando o tempo real, indo além de sua época como consagração de vanguarda e reconhecimento de talento e estilo próprio. Ricardo Guilherme Dicke, assim, escreveu um épico num estilo raro, único, onde concilia fluência e domínio absoluto da linguagem e da criação em seu esplendor, a verdadeira arte romancesca. Bravo!



___________



Silas Correa Leite



E-mail: poesilas@terra.com.br



www.portas-lapsos.zip.net

quinta-feira, 20 de maio de 2010

PAPO DE CULTURA - Benedito Franco

Benedito Franco



Agora o Lula tentará acordar para que os EEUU, França, Israel, Rússia, e outros mais, enviem seus urânios para a Turquia purificar...



Consolo: O Japão não receberá nenhuma bomba atômica do Iran... e por isso, os dirigentes iranianos não serão julgados em Nuremberg... e nem levados para Guantánamo...





128 – Profissões... Butantã



Fim de ano no Seminário, os seminaristas éramos nomeados para algumas profissões durante o ano seguinte.

Todos os anos indicavam-me para desenhista. Os desenhistas escreviam faixas, desenhavam programas de festas, alguns desenhos ou pinturas na capela ou para as peças de teatro.

Três os sacristãos: o primeiro era o Luciano, Dalton o segundo – Luciano hoje é pianista e maestro e o Dalton é Padre Redentorista, tendo sido, inclusive, Provincial. Comecei pelo terceiro, e segundo no ano seguinte.

Fazia parte do pessoal que podia pegar os animais para o museu de história natural do Seminário. Os animais peçonhentos, venenosos, não colocados no museu, eram mandados para o Instituto Butantã em São Paulo. Principalmente durante as férias na Casa de Campo, íamos pegando as cobras e colocando em caixas enviadas pelo Butantã e no final, em um pátio interno, soltávamos as cobras e alguns sapos para elas comerem. Os meninos mais novos debruçavam-se no parapeito da varanda e se admiravam de eu estar ali no meio daqueles bichos pavorosos para alguns.

Falava-se que as caixas com as cobras eram entregues na estação ferroviária da Central do Brasil – hoje doada a uma multinacional - e seguiam no primeiro trem que passasse.

No setor onde o Butantã guardava as cobras – as embalsamadas – o fogo destruiu a maior coleção científica de cobras do mundo, iniciada há 120 anos. Cerca de 85 mil exemplares eram guardados no prédio. O acervo de aracnídeos, com 450 mil aranhas e escorpiões, também se perdeu. Junto com os mais de 500 mil espécimes de animais, o acervo digitalizado do Instituto Butantã pode ter se perdido no incêndio, que atingiu um galpão do centro de pesquisas, na capital paulista, na manhã de sábado último – 15/05/2010.

Durante pelo menos cinco anos, de 1953 a 1957, colegas e eu pegamos muitas cobras, que enviadas ao Butantã, talvez tenham sido embalsamadas, guardadas e talvez queimadas nesse triste incêndio ou salvas pelos bombeiros e cientistas. Neste caso, minha satisfação seria enorme, mas se queimadas, a tristeza também seria enorme – nos dois casos, a alegria e a tristeza seriam não só minhas, mas de toda a humanidade.



Benedito Franco



Você é um doador de sangue, de medula ou de órgãos?... Pode ser... acredite!

Alunos da Universidade Feevale são finalistas do 18º Prêmio Unirádio

Alunos da Universidade Feevale são finalistas do 18º Prêmio Unirádio



Quatro alunos da disciplina de Radiojornalismo II, orientados pelo professor Marcos Santuario, do curso de Jornalismo, da Universidade Feevale estão entre os finalistas do 18º Prêmio Unirádio FM Cultura 2009. Na categoria Radiorevista, concorrem as alunas Fabiana Both e Ana Carol Siebel, com o trabalho "Cinema Gaúcho". Já os alunos Anderson Mattos e Fernando Gusen concorrem com o trabalho "Moradores de Rua", na categoria Reportagem.


Conforme Santuario, novamente a Universidade Feevale é finalista do Prêmio Unirádio, o mais importante premio do radiojornalismo para estudantes no Rio Grande do Sul. "Já tivemos trabalhos premiados em todas as edições do evento, desde 2002, quanto começamos a participar do concurso. Os alunos sentem a valorização de seus trabalhos, os professores percebem a resposta dos alunos e o reconhecimento do mercado para a produção acadêmica", ressaltou o professor. A cerimônia de entrega da premiação será realizada no dia 8 de junho, às 17h, na TVE, em Porto Alegre.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

PROJOVEM

Prefeitura seleciona profissionais para trabalhar no Projovem Trabalhador



A Prefeitura de Novo Hamburgo está selecionando profissionais para trabalhar no programa Projovem Trabalhador, que capacitará jovens sem emprego do Município. São seis vagas para desenvolver atividades de Coordenador e Assistente Pedagógico, de Inserção ou de Monitoramento. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira, 21 de maio, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo (SEDETUR), no 2º andar do Centro Administrativo Leopoldo Petry (Rua Guia Lopes, 4201).

Para as vagas de coordenação é necessário ter Ensino Superior completo. Já para concorrer às vagas de assistente os interessados precisam ter o Ensino Médio completo. Os selecionados terão contrato de um ano, podendo ser renovado por mais um ano.

O edital do processo de seleção está disponível no site da Prefeitura, www.novohamburgo.rs.gov.br, na seção downloads. Mais informações pelo telefone (51) 3594-9940.



Confira os cargos disponíveis



REQUISITOS

Coordenador Pedagógico - Formação Superior em Pedagogia/Orientação ou Supervisão Escolar, ou Pós-graduação em Orientação ou Supervisão Escolar. 1 VAGA - 40 horas semanais - R$ 2.306,72

Coordenador de Inserção - Formação superior com conhecimento e experiência em formas alternativas legais de geração de renda.1 VAGA - 40 horas semanais - R$ 2.882,28

Coordenador de Monitoramento - Ensino superior completo ou incompleto, com experiência relacionada ao público alvo 1 VAGA - 40 horas semanais - R$ 1.922,98

Assistente pedagógico / Ensino médio completo1 VAGA - 40 horas semanais - R$ 923,37

Assistente de Inserção/Ensino médio completo 1 VAGA - 40 horas semanais - R$ 923,37

Assistente de Monitoramento/Ensino médio completo 1 VAGA - 40 horas semanais- R$ 923,37

NOTICIAS DA CÂMARA DE NOVO HAMBURGO

Vereadores: diversas ruas precisam de patrolamento e britas


Dificuldade de acesso foi tema de pedidos de providências



Os empecilhos encontrados por muitos hamburguenses na hora de transitar

pela cidade chamou a atenção de vereadores no início desta semana. Alex

Rönnau (PT) solicitou à prefeitura a colocação de britas no Beco

Bandeirantes, na Vila Iguaçu. “Isso ajudará a resolver o problema de

alagamento e facilitará o acesso ao local”, explicou.



Carmen Ries (PT) pediu patrolamento e colocação de britas na rua Monteiro

Lobato, no bairro Diehl. “Os moradores queixam-se das más condições da

via, pois ela é de chão batido e apresenta vários buracos. Pessoas

relataram que, nos dias de chuva, muitas vezes andam de pés descalços,

para depois colocar os sapatos”, disse a vereadora.



Sergio Hanich (PMDB) busca a colocação de britas no Beco Proledo, também

na Vila Iguaçu. “Com a chegada do inverno, quando as chuvas são mais

constantes, o barro e água acumulam-se, dificultando a passagem dos

pedestres.”



O patrolamento e a colocação de britas em todas as ruas do Loteamento Vila

Nova Esperança, no São José, foi o tema do pedido de providências feito

por Antonio Lucas (PDT). “Elas encontram-se com muitos buracos, sem

condições de tráfego de veículos.”



Buracos no asfalto

Até ruas asfaltadas apresentam problemas. Gerson Peteffi (PSDB) pediu o

fechamento de buracos nas ruas Voluntários da Pátria e Confraternização,

no Pátria Nova. “Se não forem fechados logo, o risco de deterioração da

pavimentação será ainda maior, pois nesses locais o movimento é intenso,

tanto de pedestres como de veículos”, salientou.



O presidente da Casa, Jesus Maciel (PTB), apontou a necessidade da

realização de operações tapa-buracos nas ruas Joaquim Pedro Soares, em

frente ao banco Sicredi, no Centro, e na São Luiz Gonzaga, esquina com a

Bento Gonçalves, no Guarani.



*



- Ito: telefone público e redutores de velocidade

Vereador busca solução para problemas no bairro Canudos



A falta de telefone público nas proximidades da Rua Oslo, em Canudos,

incomoda os moradores da área. Eles precisam andar longas distâncias para

fazer suas ligações. Por isso, entraram em contato com Ito Luciano (PMDB),

que pediu à prefeitura a instalação de um aparelho perto do nº 61.



Ito está atento também a outros problemas enfrentados por quem vive ou tem

que passar pelo bairro. Ele solicitou a instalação de redutores de

velocidade nas ruas Oscar Horn, esquina com a Odon Cavalcanti, e na João

Luciano da Rosa, esquina com o Beco dos Bandeirantes. “Perto dali há um

colégio e uma creche, o movimento é intenso o dia todo. Além disso, o

leito é estreito, e os passeios públicos nem sempre existem. A comunidade

solicitou providências por inúmeras vezes, pois ocorrem diversos

acidentes”, apontou o vereador.



*



- Melhorias em praças na pauta do Legislativo

Moradores dos bairros Rondônia e Canudos pediram soluções



Moradores do Rondônia e de Canudos procuraram os vereadores em busca de

melhorias para algumas praças localizadas nesses bairros. Ricardo Ritter –

Ica (PDT) solicitou à prefeitura limpeza no espaço de lazer localizado na

rua Cândido Marechal da Silva Rondon, esquina com a Maranhão. Volnei

Campagoni (PCdoB) fez um pedido semelhante para a Praça Centenário. “Ela é

muito utilizada. Mas, atualmente, não apresenta condições adequadas.”



Limpeza e conservação na área verde no final da rua Heitor Villa Lobos foi

um dos temas abordados por Sergio Hanich (PMDB). “Os usuários correm

perigos por causa da vegetação alta, do lixo e dos entulhos depositados no

local, que ajudam na proliferação de insetos e ratos”, disse.



*



- Mais um passo para obras na Porto Satiro

Jesus e Serjão enviaram pedido de providências à prefeitura



Mais um passo foi dado rumo à solução dos problemas enfrentados por quem

vive na Estrada Porto Satiro, em Lomba Grande. Depois de levar ao local os

secretários de Meio Ambiente, Ubiratan Hack, Obras e Serviços Públicos,

Lino De Negri, e Desenvolvimento Agrário, Lealdo Antônio Tavares, o

presidente e o vice-presidente da Câmara, Jesus Maciel (PTB) e Sergio

Hanich (PMDB), enviaram um pedido de providências à prefeitura.



“É importante que sejam feitas melhorias no local, como a implantação de

galeria ou a colocação de canos, além do levantamento da pista de

rolamento, possibilitando a passagem de pedestres e veículos. Hoje, a via

fica encoberta pela água da chuva. Trata-se de medida urgente, que trará

benefícios aos cidadãos, principalmente às crianças que, para ir à escola,

precisam passar pela estrada”, explicaram os vereadores. Agora, as

secretarias deverão se articular para realizar os trabalhos.



*



- Alunos do Colégio Santa Catarina participam de sessão

Joven estudam a divisão dos poderem nas aulas de Geografia



Na terça-feira, 18, 43 alunos do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Santa

Catarina, situado no bairro Hamburgo Velho, participaram da sessão

plenária. Nas aulas de Geografia, eles estão estudando a Constituição

brasileira e a divisão de poderes – por isso, foram conhecer melhor o

funcionamento do Legislativo hamburguense. Os jovens estavam acompanhados

da professora Schirley Fleck.



A Câmara Municipal de Novo Hamburgo recebe periodicamente alunos e

professores que querem ver de perto o trabalho dos vereadores. As sessões

são abertas a todos os cidadãos.



*



- Vladi: redutor de velocidade e iluminação

Vereador fala sobre ações que melhoram a segurança



Em seu pronunciamento na sessão de terça-feira, 18, Vladi Lourenço (PP)

falou sobre pequenas ações que colaboram para melhorar a segurança

pública. Ele disse que, em breve, deve ser instalado um redutor de

velocidade na rua Potiguara, em Canudos. “É uma via muito íngrime, perto

de escola e supermercado. Por isso, trabalhei para que isso fosse feito.”

O vereador também afirmou estar em busca de melhor iluminação para a rua

Nobel, esquina com a Ícaro, no mesmo bairro.



Placas

Vladi ainda lembrou que é necessário colocar ou trocar diversas placas com

os nomes dos logradouros. “Muitas estão caindo, e outras são de difícil

leitura. Elas deveriam ser mais resistentes, e as letras, maiores.”



*



- Lucas comemora inauguração de telecentro

Pedetista também pede fiscalização em áreas invadidas



Antonio Lucas (PDT), em seu pronunciamento na sessão de terça-feira, 18,

contou que, no proximo sábado, 22, será inaugurado um telecentro na Escola

Municipal de Ensino Fundamental Eugênio Nelson Ritzel, localizada na Vila

Kephas. “Será aberto a toda a comunidade. A internet é muito útil a quem

busca um emprego ou quem quer mais informações e conhecimento”, frisou.



O vereador também pediu à Secretaria de Habitação e à Defesa Civil

vistoria e fiscalização nas proximidades daquela instituição. “Há muitas

invasões, e pessoas podem estar construindo em áreas impróprias, colocando

suas vidas em risco. Em muitas outras cidades, já aconteceram

deslizamentos”, alertou.

Universidade Feevale oferece curso sobre massagem Shantala

Universidade Feevale oferece curso sobre massagem Shantala



Técnica indiana que provoca a troca emocional e energética entre mães e filhos, é tema de curso realizado no Campus II



A Universidade Feevale oferece de 26 a 29 de maio, o curso "Massagem Shantala", baseado na massagem indiana milenar, que atrai cada vez mais interessados devido seu cunho terapêutico e educacional. A atividade, que será realizada no Campus II (RS-239, 2755, Novo Hamburgo) é dirigida a profissionais e alunos de Fisioterapia, Educação Física, Fonoudiologia, Quiropraxia, Enfermagem e Psicologia. A inscrição pode ser feita pelo site www.feevale.br/extensao ; na Secretaria de Extensão do Campus I; ou no Atendimento Feevale, no Campus II.



As aulas ocorrem nas quartas, quintas e sextas-feiras, das 19h às 22h15min. As ministrantes da atividade são Alessandra Couto Cardoso Reis, professora da Feevale, mestre em Desenvolvimento da Criança na Variante de Desenvolvimento Motor; e Milena Sieben Rodrigues, fisioterapeuta graduada pela Feevale. As aulas são teóricas e práticas.



A Shantala é uma massagem indicada para bebês, fortemente influenciada pelas tradições do Yoga e da Medicina Ayurvédica. É uma série de movimentos de carinhos que provocam a troca emocional e energética entre mãe e filho. A massagem possui vários benefícios, entre eles o relaxamento, redução de tensões, melhoria da frequência cardíaca, melhoria do aparelho locomotor, alívio das insônias, equilíbrio energético e melhora da sensação de segurança e autoestima. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3586-8822.

Prefeito anuncia empresas que integrarão estande de Novo Hamburgo em feiras

Prefeito anuncia empresas que integrarão estande de Novo Hamburgo em feiras



O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo, Carlos Finck, se reúne com empresários do Município para divulgar as 17 indústrias que integrarão o estande “Novo Hamburgo – Capital Nacional do Calçado” no 19º Salão Internacional do Couro e do Calçado – SICC e na 42ª Feira Internacional da Moda em Calçados – Francal. O encontro acontece na quinta-feira, dia 20 de maio, às 11 horas, no gabinete do prefeito, 9º andar do Centro Administrativo Leopoldo Petry (Rua Guia Lopes, 4201).

Dos 26 fabricantes de calçados ou artefatos de couro de Novo Hamburgo que se inscreveram para participar do estante coletivo, 17 foram selecionados pelas entidades parceiras Feevale, Sebrae, Senac e Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo. Cada uma dessas empresas terá um espaço de nove metros quadrados para expor seus produtos na SICC, que acontecerá de 1 a 3 de junho, em Gramado, e na Francal 2010, entre os dias 5 e 8 de julho, em São Paulo.

A iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo (SEDETUR), busca oferecer às empresas da cidade a participação gratuita em feiras do setor, potencializando a imagem de Novo Hamburgo em eventos de grande expressão.



O quê: Divulgação das empresas que irão compor o estande coletivo de Novo Hamburgo na SICC e Francal

Quando: quinta-feira, dia 20 de maio, às 11 horas

Onde: Gabinete do prefeito, 9º andar do Centro Administrativo Leopoldo Petry (Rua Guia Lopes, 4201).

terça-feira, 18 de maio de 2010

Por que sair do Facebook

Por que sair do Facebook

Posted using ShareThis

Universidade Feevale é o Brasil no Mundial Universitário de Futebol

Universidade Feevale é o Brasil no Mundial Universitário de Futebol


Equipe masculina de futebol da Universidade Feevale (RS) viaja nesta terça-feira, dia 18, para o México, onde representa o Brasil na II Copa Universia de Futebol

O time de futebol masculino da Universidade Feevale - campeão brasileiro universitário de futebol 2009 - será o Brasil na II Copa Universia de Futebol Universitário, entre os dias 23 e 30 de maio, em Guadalajara (México). O torneio é uma realização do Universia - rede universitária Ibero-Americana. Em 2010, o evento terá a participação de equipes de doze países da América Latina, Espanha e Portugal. O grupo viaja às 14h23min, desta terça-feira, dia 18.


Os adversários dos gaúchos da Feevale, de Novo Hamburgo, já estão definidos. O Brasil está no Grupo 1 da competição, ao lado do Chile e da Espanha. Completam as outras chaves: Argentina, Porto Rico e Venezuela (Grupo 2); México, Portugal e Peru (Grupo 3); Colômbia, Uruguai e a equipe da Universidad de Guadalajara, anfitriã do torneio (Grupo 4).
A delegação do Brasil contará com 16 atletas. Além deles, viajam o técnico Jonas Ronaldo de Mello; o fisioterapeuta e professor do curso de Fisioterapia da Feevale, Jeferson Luciano Barossi; o representante da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), Tarso Ricardo Olinto; e o presidente da Federação Universitária Gaúcha de Esporte (FUGE), professor João Guilherme de Souza Queiroga .
Segundo Mello, a expectativa é grande. "A equipe está muito motivada. O time da Universidade Feevale é bicampeão Estadual e atual campeão Brasileiro Universitário. Se conquistarmos a Universia, será o primeiro título internacional da equipe", explica o técnico. Atualmente, o time está se preparando forte para a disputa. A equipe está aprimorando a parte física na academia do Campus I, realizando dois treinamentos semanais, além de participar de jogos amistosos. "Nosso pensamento é a vitória nestas partidas e, consequentemente, a classificação para as quartas de final," explica Mello.
A delegação brasileira é composta pelos atletas: Adilson Luiz Fernandes de Azambuja (meia), Cristiano Luis Kehl (zagueiro), Diego Albrecht (zagueiro), Felipe Alberto Kehl (atacante), Gerson Luiz Gusmão (meia), Ismael Sitinski (lateral), Iuri Marques Patuzzi (volante), João Carlos Pereira Soares (meia), Michel de Souza (goleiro), Michel Wolff Bordin (volante), Pedro Tassotti Cossetin (lateral), Rodrigo Aldana Schoellkopf (goleiro) Rodrigo Korndoerfer Tornin (atacante), Luiz Acacio Correa (atacante), Marcio Dias Bica (zagueiro) e Marcus Vinícius Porciúncula de Souza (atacante).

Projovem Trabalhador destina 100 vagas para pessoas com deficiência

Projovem Trabalhador destina 100 vagas para pessoas com deficiência




O programa Projovem Trabalhador, parceria entre o Ministério do Trabalho e a Prefeitura de Novo Hamburgo, também oferecerá cursos de qualificação profissional para pessoas com deficiência física. A capacitação, iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo (SEDETUR), destinará 100 das mil vagas oferecidas para jovens com necessidades especiais. O objetivo é possibilitar a qualificação destas pessoas para inserção no mercado de trabalho e geração de renda.



Para participar, os jovens devem ter de 18 a 29 anos, não estar trabalhando com carteira assinada, nem estar cursando ou ter concluído o Ensino Superior e ter renda familiar de no máximo um salário mínimo (R$ 510,00) por pessoa. De acordo com a compatibilidade, os jovens com deficiência podem cursar aulas de Administração, Alimentação, Arte e Cultura, Beleza e Estética, Construção e Reparos, Educação, Gráfica, Madeira e Móveis, Metalmecânica, Saúde, Serviços Domiciliares, Serviços Pessoais, Turismo e Hospitalidade, Vestuário ou Suporte Técnico em Informática.



Para o coordenador de Políticas Públicas para as Pessoas com Deficiência do Município, Darwin Kremer, o programa Projovem representa uma importante ferramenta para a inclusão. “O mercado de trabalho é um dos eixos básicos para a inclusão. Estas vagas qualificarão aquelas pessoas que realmente buscam espaço profissional”, explica.



As aulas terão início em junho, com a duração de seis meses. Os alunos receberão transporte, lanche gratuito e auxílio mensal de R$ 100,00. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira, dia 21 de maio, no site

www.novohamburgo.rs.gov.br/projovem ou em outros locais da cidade, especialmente na sede da Associação dos Lesados Medulares do Rio Grande do Sul (LEME), que fica na rua Saldanha Marinho, 291 Novo Hamburgo.

DIRETO DO RIO DE JANEIRO - Nelson Tangerini




Nelson Tangerini


ENFIM... Adriano VAI AO MUNDIAL




Paulo Antonio de Freitas Lobo .'.

     


"E UMA COISA ESTAMOS CERTOS: A FLA-IMPRENSA NÃO CONSEGUIU PÔR ADRIANO NA SELEÇÃO. PARA AGRADAR A TORCIDA DO MAIS QUERIDO DA MÍDIA, DUNGA CONVOCOU UM RESERVA DO FLAMENGO: KLEBERSON. QUE DEMAGOGIA!"


NT.

ABÍLIO PACHECO

18 de maio


CONCURSO LITERÁRIO

Prêmio Literacidade - Concurso

Eis o regulamento do primeiro concurso literário que organizamos neste ano. As primeiras inscrições já começaram a chegar. Outros concursos virão. Outros melhores virão. Se possível, agradecemos a ajuda na divulgação. .



Prêmio LiteraCidade – 2010/1 Poemas, contos e crônicas – tema livre



Os professores Abilio Pacheco e Deurilene Sousa – organizadores da Antologia Literária Cidade – promovem este prêmio literário nacional com o intuito de incentivar novos talentos literários, valorizar produtores literários já existentes e trazer a lume para o público da Região Norte estes nomes, de modo a valorizar, incentivar e promover a leitura.



1. Diretrizes 1.1 - Podem participar autores residentes em todo o território nacional devendo enviar textos inéditos em três vias sob pseudônimo, conforme o gênero: Poemas: até 03 poemas de, no máximo, duas páginas; Contos: até 02 contos de, no máximo, quatro páginas; Crônicas: até 03 crônicas de, no máximo, três páginas;



2. Do Envio Enviar os textos sob pseudônimo num envelope maior e num envelope menor lacrado a identificação do autor: nome completo, nome literário, pseudônimo empregado, título(s) do(s) texto(s), endereço completo (não esquecer o cep), RG, data de nascimento, telefone para contato (inclusive DDD), email (mesmo que de um amigo) e breves dados biográficos (no máximo 7 linhas). Declaração de concordância com o regulamento e de cessão dos direitos autorais do texto, se premiado, para compor o livro objeto deste concurso.



2.1 – Do lado externo do envelope pequeno escrever pseudônimo e título(s) do(s) texto(s).



3. Das inscrições:



3.1 – A inscrição no concurso é de R$ 20,00 por categoria, o que corresponde à aquisição antecipada de um exemplar da publicação objeto deste concurso (já inclusa a taxa de correio). Para inscrição nas três categorias, o participante efetuará a inscrição no valor de R$ 50,00 equivalente a aquisição de três exemplares da publicação citada.



3.2 – O valor das inscrições poderá ser depositado no Banco do Brasil ag 3702-8 conta corrente 17278-2 Titular: Abilio Pacheco de Souza, ou através de cheque remetido dentro do envelope. 3.3 – Inscrições unicamente via correios até o dia 15 de junho de 2010 (valendo o carimbo dos correios) Endereço: Caixa Postal 5098 - CEP 66645-972 – Belém-PA.



4. Premiação A premiação consistirá na publicação dos textos na Antologia Literária Cidade. No mínimo 10 poemas, 5 contos e 5 crônicas e, no máximo, 30 poemas, 10 contos e 10 crônicas (a critério da comissão julgadora), serão publicados num mesmo volume da Antologia Literária Cidade sozinhos ou junto a outros trabalhos inscritos da modo tradicional. Os autores dos textos premiados receberão a título de premiação 10 exemplares, sem mais custos.



4.1 – Não haverá prêmio de edição com convite para edição cooperativada nem aceitaremos (por uma questão de coerência) a publicação dos textos não premiados neste certame no volume da antologia objeto deste concurso ou nos volumes seguintes.



4.2 – Não haverá premiação distinguindo classificação ordinária (primeiro, segundo, terceiro...) nem menções.



4.3 – O mesmo autor poderá ter textos premiados em apenas duas das três categorias, de modo a contemplar uma quantidade maior de premiados.



5 – Demais Informações:



5.1 – A comissão julgadora será formada por pessoas com reconhecida competência na área e seus nomes serão divulgados por ocasião do resultado do concurso.



5.2 – O resultado será divulgado no blog: premioliteracidade.wordpress.com



5.3 – Informações pelo email: premioliteracidade@bol.com.br ou antologiacidade@bol.com.br.



5.4 – Os casos omissões serão resolvidos oportunamente pela comissão organizadora ou pela comissão julgadora, ou por ambas, conforme o caso. .





Belém, 15 de Abril de 2010.

_____________________________________________________________________

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Saúde Mental de Novo Hamburgo ganhará residentes da UFRGS

Ismael Dias
Prefeito Tarcísio Zimmermann, no ato da assinatura do termo, que possibilitará que quatro residentes atuem no CAPSi.




O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, assinou na tarde de segunda-feira, dia 17 de maio, um termo de compromisso com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A parceria possibilitará que estudantes da universidade façam residência em Saúde Mental no Município. Para Tarcísio, a parceria demonstra o empenho e a qualificação do serviço em Novo Hamburgo. “Esse convênio representa um processo permanente de atualização e avanço para novas perspectivas de trabalho”, declarou o prefeito. Para a secretária da Saúde, Clarita de Souza, a parceria representa o compromisso coletivo pela saúde mental no Município.

O ato, que ocorreu no gabinete do prefeito, no Centro Administrativo Leopoldo Petry, contou com a participação de representantes da Coordenação do Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde Mental Coletiva e da direção da Faculdade de Educação, ambos da UFRGS, além de estudantes beneficiados e de coordenadores de Centro de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade.

Com a assinatura do termo de compromisso, quatro estudantes da universidade, vinculados à Residência Integrada em Saúde Mental Coletiva da Faculdade de Educação da UFRGS, realizarão o estágio de vivência no Centro de Atenção Psicossocial Infantil, o CAPSi, pertencente a rede de serviços de saúde de Novo Hamburgo. Os residentes recebem o acompanhamento de uma equipe docente-assistencial composta por tutores e preceptores.



Luta Antimanicomial

Nesta terça-feira, dia 18 de maio, a partir das 13 horas, usuários dos serviços de saúde mental de Novo Hamburgo e profissionais desta área participam da Caminhada pela Luta Antimanicomial. A concentração será no CAPs Centro, que fica na Rua Bento Gonçalves, 2670, no Centro, em frente a Praça 20 de Setembro. De lá, os participantes seguem até a Rua Marcílio Dias e depois para a Avenida Pedro Adams Filho em direção à Praça do Imigrante, onde ocorrerá um momento de reflexão sobre o assunto. No local também estarão representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), que abordarão temas sobre a violência e abuso sexual infantil.

Logo em seguida, os participantes retornam até o Centro Municipal de Cultura, local onde ocorrerá uma assembleia com os usuários dos serviços de saúde mental, para discutir propostas pelos seus direitos.



O quê: Caminhada pela Luta Antimanicomial

Quando: Terça-feira, dia 18 de maio, a partir das 13 horas

Onde: Concentração no CAPs Centro (Rua Bento Gonçalves, 2670 - Centro)

PAPO DE CULTURA - Benedito Franco

Latrocracia: O projeto do aumento dos aposentados foi picaretado, cortado, atrapalhado, subornado, mutretado... ado... ado... ado... roubado! Vai haver ladrão assim lá na Cochinchina!... Cochinchina não!! É pior! É em Brasília, BR!!!

Benedito Franco



Os aposentados todos vamos votar na Dilma... Acreditem!...rs rs rs rs rs rs



Campanha contra droga: Faça igual ao Dunga, não use craque!



041 - Paulo Afonso



Depois de visitarmos Recife e Olinda – e como diria minha sogra Dona Rosa, a gente sai de lá com um agradável gosto de jornal velho na boca - meu pai e eu, partimos para o interior de Pernambuco, rumo a Paulo Afonso - cachoeira e usina.

Calor intenso tornava a viagem cansativa. A terra seca, esturricada, o asfalto evaporando e brilhante, a paisagem às vezes meio monótona, parecia-me, aumentavam ainda mais a temperatura e as distâncias. Cidades longe da estrada e os postos de gasolina raros e simplórios.

Uma das câmaras de ar furou. Na borracharia, encontrada sem luz elétrica, o remendo feito a ferro de passar roupa, a brasa, demorou bastante.

A companhia de meu pai - a tranqüilidade e a calma personificadas - a força moral e a presença davam segurança necessária à boa viagem.



O RiSTORANTi



A noite espreitando, fome e sede apertando, na periferia de um lugarejo, vimos uma tabuleta, meio sumida na relva, rabiscada: "RiSTORANTi". Pequeno barracão, bem rústico, de pau a pique e sem reboco, talvez quinze a dezoito metros quadrados, o tão esperado restaurante, sem mesas e nem cadeiras, mas lá dentro também escrito: "RiSTORANTi". Pobreza total. Nada além de pequeno balcão tosco de madeira e ninguém no momento. Após alguns minutos, chegou um caipira. Indaguei-lhe o que havia para comer e se não iria demorar a feitura.

- É rápido - só iscoiê!

- Escolher o quê? Retruquei - sem muita esperança de algo.

- Moço, oia pra cima...

Realmente, uma quantidade imensa de passarinhos depenados e secos ao sol, dependurados em barbantes, forrando o teto. Escolhemos alguns - fritos rapidamente e comidos em menos tempo ainda - bom tempero, até gostoso, diga-se de passagem. Enganou pouco a fome, menos ainda a sede, pois geladeira inexistia e o refrigerante quente, talvez tenha servido de “lombrigueiro”, de tão ruim. Ele riu quando lhe falei isso - sorriso gostoso e sincero de um sertanejo.

- Como arrumou tantos passarinhos?

- É moço... ave de ribação.

Atravessamos o lugarejo, Ibimirim, e, na saída da cidade, se é que poderíamos chamar o lugar de cidade, encontramos uma casa grande, movimentada, bem iluminada com lampiões a querosene, os de camisinha, tipo bar, restaurante e venda variada, congeminados em um só salão. Paramos, entramos e pedimos algo para comer. No cardápio, falado, as iguarias: macaxeira e jerimum com carne seca cozidos. Sem saber o que era, pedi uma porção; veio aquela pratada de abóbora, mandioca e carne seca bem temperados e bem cozidos, cheirando muito - aquele cheiro gostoso de coisa gostosa. Coisa gostosa mesmo - a fome e o cansaço ajudaram o paladar e tornaram-na mais saborosa ainda. Abóbora, mandioca e carne seca, deleite grande nunca visto em minha vida. Refrigerante frio - geladeira a querosene.

Ao sair, noite feita, escuridão total, perguntei ao motorista de uma Rural, se Paulo Afonso estava longe.



...dizoito légua...



- Moço, segue esta reta, qui dessa casa de "donzelas", inté o fim dela, é dizoito légua... e pede Padim Pade Cirço pra ti judá.

Como a fome e o cansaço tiraram-me um pouco o pensar, assustei-me com as donzelas:

- Mas, quantos quilômetros?

- Ah, bichinho... quilômeto eu num seio, purque aqui, quando a gente compra, a gente disliga o velocime do carro... só entendemo de légua. Segue a reta na sua frente, adispois, quando ela terminá, vai à isquerda qui vai dá lá.

Seguimos... a reta sem fim, de chão batido e bem usado, com sulcos profundos dificultando o andar e a velocidade do meu Vemag - terminava nunca. Na noite escura, subia, descia... avistava-se uma luz lá no infinito e, cansados dos muitos descer e subir, meia hora depois, fazia-se em duas - era um caminhão ou um carro.

Meia noite passada, beiramos um lugarejo, após avistá-lo por quase uma hora antes - Jatobá - não o lugar onde queríamos chegar. Andamos mais uma hora, em boa estrada de terra - indo à esquerda, como me ensinou o moço - até poder atravessar o São Francisco e atingirmos finalmente a pequena cidade, acho que Glória, onde se localizavam a usina, a barragem e a cachoeira.

Não dormimos. Desmaiamos.



Barragem e Rio São Francisco



O Rio São Francisco tomou esse nome em 1501, dado pelo português Gaspar Lemos - foi ele quem chefiou a primeira expedição de portugueses ao Brasil e descobriu que o terreno pisado por Cabral não era uma ilha... e saiu dando nomes de santos por onde passava: Cabo São Roque, Cabo de Santo Agostinho, Rio São Miguel, Baía de Todos os Santos, Ilha de São Sebastião e Porto de São Vicente.

A Cachoeira de Paulo Afonso, localizada no Rio São Francisco, a 342 km da foz no Oceano Atlântico, divisa dos Estados da Bahia e Alagoas, formada por sete saltos, três dos quais com 80 metros de altura. O nome deve-se ao bandeirante Paulo de Viveiros Afonso - explorou a região no séc. XVIII.



A visita – tudo é plural



Acordamos mais ou menos cedo e fomos à usina para conhecê-la. O guarda da portaria informou-nos que, às segundas-feiras, as visitas eram canceladas - dia de descanso, uma vez que aos domingos trabalhava-se muito.

- Ô moço, nós viemos de Minas, a terra do JK, e desde menino meu pai, aqui presente, falava para os filhos, e eu ouvia com atenção, sobre a cachoeira de Paulo Afonso e a usina; agora a gente chega aqui e o senhor não vai dar um jeito de a gente visitá-la?

- É moço... pelo JK, que eu gosto muito, vô falá com o chefe.

No início dos anos setenta, onde chegávamos e falávamos que éramos mineiros, JK era lembrado com muito carinho e admiração, e nos tratavam com uma certa benemerência. Que diferença de nossos atuais políticos - lembrados apenas pelas mutretas!... E bota mutretas, gorjetas, maletas... e até cuecas nisso!

O Chefe de Relações Públicas atendeu-nos e nos liberou a visita - aliás, nos guiou.

Passando por um túnel, debaixo da água, chegamos ao escritório, cercado por um paredão altíssimo - uma ilha profunda! Descendo por um elevador, a oitenta metros dentro da rocha, chegamos à Casa de Força - um salão imenso, cujas paredes eram a própria rocha, com colunas de alvenaria - uma das coisas mais bonitas que já vi; assombrávamos com as turbinas rodando e o barulho das máquinas, das águas e o tremer do concreto e das rochas - barulho de coisa gigantesca e com a sensação de solidez.

Que maravilha!

Pensando que havia acabado, o guia levou-nos ao bondinho, que, do alto, transportou-nos até uma ilhota, debaixo e bem perto do cair das águas de um lado, e do outro, o início do cânion do Velho Chico - mais uma vez, maravilhas!

Gente... em Paulo Afonso tudo é plural!

Sabem aquela fantasia de criança, quando o pai nos conta algo e nos faz ir ao mundo do fantasmagórico e do absurdo? É Paulo Afonso! Um turbilhão de fantásticos!

Papai sentiu-se realizado, por ele e por mim. Senti o seu sentir - o sentir de um homem maduro e sábio, de bem com a vida.

Valeu o cansaço da viagem... E como valeu!



Benedito Franco



Você é um doador de sangue, de medula ou de órgãos?... Pode ser... acredite!

MARCELO SGUASSABIA

Marcelo Sguassábia

"SALVE-SE QUEM PUDER".




Texto novo no Consoantes Reticentes.

Aguardo sua visita!



http://eptv.globo.com/blog/consoantesreticentes

Projovem Trabalhador promoverá qualificação de mil jovens em Novo Hamburgo

Projovem Trabalhador promoverá qualificação de mil jovens em Novo Hamburgo



Os jovens que estão atualmente sem emprego em Novo Hamburgo agora podem se qualificar profissionalmente por meio do programa Projovem Trabalhador. A iniciativa é da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia, Trabalho e Turismo (SEDETUR), e busca capacitar mil jovens hamburguenses, entre 18 e 29 anos, para inserção no mercado de trabalho e geração de renda. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira, dia 21 de maio, no site www.novohamburgo.rs.gov.br/projovem.

O Projovem Trabalhador é uma parceria com o Ministério do Trabalho e oferece capacitação em 17 áreas diferentes (confira lista abaixo). As aulas terão início em junho, com a duração de seis meses. Das 350 horas de curso, 40 serão sobre Informática, 60 abordarão assuntos relacionados à Cidadania, Ética, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho, e as demais serão de formação especifica de cada área. Os alunos receberão transporte, lanche gratuito e auxílio mensal de R$ 100,00. O secretário da SEDETUR, Carlos Finck, destaca que o Município está preocupado em inserir os jovens no mercado de trabalho com qualificação. “Além da oportunidade de capacitação, eles receberão incentivo como alimentação e auxilio financeiro”, destaca.



Como participar:

Para participar, os jovens devem ter de 18 a 29 anos, não estar trabalhando com carteira assinada, nem estar cursando ou ter concluído o Ensino Superior e ter renda familiar de no máximo um salário mínimo (R$ 510,00) por pessoa. Das mil vagas disponíveis, 100 são para pessoas com deficiência.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.novohamburgo.rs.gov.br/projovem ou no Receptivo Turístico, na Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) em Lomba Grande, no Sindicato dos Comerciários, no Sindicato dos Metalúrgicos, na Associação dos Lesados Medulares do Rio Grande do Sul (LEME) ou nos Telecentros de Novo Hamburgo localizados na Agência Municipal de Empregos (AME), Biblioteca Municipal Machado de Assis, na ONG Ação Encontro, no bairro Santo Afonso e na Escola Francisco Xavier Kunst, em Canudos.



Confira as áreas de atuação oferecidas pelo Projovem Trabalhador

Os alunos poderão cursar um dos seguintes arcos: Administração, Alimentação, Arte e Cultura, Beleza e Estética, Construção e Reparos, Educação, Gráfica, Madeira e Móveis, Metalmecânica, Saúde, Serviços Domiciliares, Serviços Pessoais, Turismo e Hospitalidade, Vestuário e Suporte Técnico em Informática.

Iniciam obras da Unidade de Saúde da Família no bairro Boa Saúde

Iniciam obras da Unidade de Saúde da Família no bairro Boa Saúde




O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, participou neste sábado, dia 15 de maio, da festa que deu início às obras da segunda Unidade de Saúde da Família (USF) do Município, no bairro Boa Saúde. Além dela, outras duas serão construídas, uma no bairro Canudos (já em andamento) e outra no bairro Rondônia. Acompanhado de secretários da Administração, líderes comunitários e moradores, o prefeito destacou o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Saúde (SMS), que vem aperfeiçoando o atendimento do sistema público de saúde da cidade.

A USF será a segunda unidade de atendimento à população do bairro e nela trabalharão três Equipes de Saúde da Família (ESF) com alcance na prevenção de até 12 mil pessoas. Durante a solenidade, Tarcísio destacou que no País existem hoje 40 mil Equipes de Saúde da Família trabalhando na prevenção de doenças e, Novo Hamburgo, em 2010, caminha para ter suas primeiras equipes. “A construção da USF Boa Saúde e da Morada dos Eucaliptos, junto com outras ações da Prefeitura na área da Saúde, inauguram uma nova possibilidade para o povo de Novo Hamburgo. Com estas obras construiremos a cada dia uma cidade melhor”, ressalta.

Para a secretária de Saúde de Novo Hamburgo, Clarita de Souza, a obra vem de encontro ao sonho dos moradores. Segundo ela, quando a obra estiver pronta, a USF será um espaço de acolhimento para atender as necessidades da população. “Além das Unidades, logo vamos iniciar a construção da Unidade de Pronto-atendimento (UPA) do bairro Canudos e, assim, Novo Hamburgo será o primeiro município do Rio Grande do Sul a contar com esta unidade que atende casos de urgência e emergência”, afirma.



Obras devem ser concluídas em cinco meses

A construção da nova USF no bairro Boa Saúde deve ficar pronta em cinco meses, mesmo prazo para a construção das outras duas unidades. A Prefeitura investirá, no total, R$ 480.326,39 nas três obras. Outros R$ 538.560,00 são do governo federal e R$ 182.611,38 do Estado, totalizando um investimento de R$ 1.201.497,77. Cada uma das unidades terá 308,46 metros quadrados, divididos em 11 espaços: quatro consultórios, duas salas de odontologia, salas de nebulização, curativo, vacina, esterilização e higienização, além de sala administrativa e de acolhimento para receber a população. O projeto também contemplará um auditório com capacidade para 40 pessoas que será utilizado para ações de educação em saúde. As três unidades juntas beneficiarão cerca de 32 mil hamburguenses.